Início » Minas Gerais » Itamarandiba


Itamarandiba - Minas Gerais



Itamarandiba faz parte do estado de Minas Gerais. Possui área de 2.736km² representando 0,4665% do Estado, O,296% da Região Sudeste e 0,0322% de todo território nacional. A cidade, em franco desenvolvimento, tem sede nas coordenadas Latitude:-17º 51′ 26" e Longitude:42º 51′ 32" e sua população é de cerca de 33 mil habitantes. O município que possui extensa e diversificada base territorial situa-se no Alto Vale do Jequitinhonha, sendo um dos principais municípios dessa região. O município estende-se sobre os dominios do bioma Mata Atlântica - a leste - e Cerrado. O relevo é marcado pelas grandes chapadas e pela Serra do Espinhaço - Reserva da Biosfera-UNESCO.

A origem do município remonta ao século XVII, com a empresa do bandeiranteFernão Dias, o " Governador das Esmeraldas" que na região aportou ainda no século XVII, no processo de expansão da América Portuguesa. Inicialmente conhecida como São João Batista, Itamarandiba foi elevada a distrito em 1840, emancipando-se, finalmente em 1862. No município ainda há inscrições pré-históricas situadas no Sítio Arqueológico de Campos das Flores, no distrito de Penha de França. A etimologia da palavra é de origem indigena e significa " pedra miuda que rola juntamente com as outras".

Na década de 1970, a partir de 1974, instalou-se no município de Itamarandiba a atual Aperam Bio Energia ex-Acesita Energética, que passou a iniciar o cultivo de eucalipto no município; logo depois a empresa estendeu suas atividades à áreas de outros municípios da região. Hoje Itamarandiba é um dos pólos de silvicultura no país. De acordo, com a Secretaria de Estado da Agricultura - Instituto Mineiro de Agropecuária-IMA, o município é um dos principais produtores de mudas de eucalipto do estado, com produção superior a 30 milhões de muda/ano. Já o IBGE aponta a elevada produção de carvão vegetal em Itamarandiba, o que o coloca entre os principais municípios brasileiros na produção deste subproduto. Além da eucaliptocultura, a agricultura familiar possui papel fundamental ao desenvolvimento do município. Assim a agropecuária, agricultura familiar, a silvicultura, o comércio e a prestação de serviços formam a base de sua economia.

História da cidade de ITAMARANDIBA

Indígenas, provavelmente bororos, foram os primitivos habitantes do atual Município de Itamarandiba, restando de sua presença apenas machados e cachimbos de pedra.

Controvertida é a origem da fundação da cidade, atribuída, segundo uns, a Fernão Dias Pais Leme e consolidada por paulistas e, segundo outros, nascida da necessidade de comunicação entre os habitantes da vila do Fanado, atual Minas Novas, com os de outras vilas. Acredita-se que, atraídos pela riqueza e fertilidade das terras, pioneiros aí se tenham fixado, dando origem ao povoado de São João Batista, favorecido por diversos cursos de água.

O núcleo estabeleceu na agricultura as bases da sua economia, dando início, mais tarde, a pequena atividade industrial, com o fabrico de tecidos e até botões feitos de madeira, casca de coité e caramujo, e cobertos de linha. Em 1780, já o ferro era fundido para produção de enxadas, machados, foices, pregos e cravos. As novas casas foram edificadas com alicerces de pedras e paredes de adobe ou tijolo. Construíram-se o grupo escolar e a cadeia pública. Em 1923, São João Batista recebeu o topônimo de Itamarandiba, vocábulo de origem indígena, derivado (segundo Saint-Hilaire) de ita-pedra, mirim-pequena e ndibá que se move juntamente com outras.

Formação Administrativa

O distrito foi criado pela Lei provincial nº 184, de 3 de abril de 1840; e o Município, com a denominação de São João Batista e território desmembrado do de Minas Novas, pela Lei provincial nº 1 136, de 24 de setembro de 1862, ocorrendo a instalação a 29 de março de 1865. A Lei estadual n° 1 780, de 21 de setembro de 1877, concedeu foros de cidade à vila de São João Batista, sendo a criação do distrito-sede do Município desse nome confirmada pela Lei estadual n° 2, de 14 de setembro de 1891. A Lei estadual n° 843, de 7 de setembro de 1923, mudou-lhe a designação e de seu distrito-sede para Itamarandiba. é composto de 5 distritos: Itamarandiba (sede), Aricanduva, Carbonita, Padre João Afonso. e Penha de França. é comarca desde 2 de julho de 1876, por força da Lei n° 2 209.

Fonte: IBGE

Ajude a divulgar a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco ou envie seu texto para gente.


Itamarandiba: Imagens da cidade e Região

Ainda não temos imagens dessa cidade, se você possui alguma envie pra gente!

Você conhece a cidade de Itamarandiba? Então deixe seu comentário!


Comentários (0)

Ainda não há comentários, seja o primeiro!

Postar um comentário

     (Opcional)




Estados





Compartilhe Esta Página: