Início » Minas Gerais » Itabirinha


Itabirinha - Minas Gerais



Itabirinha faz parte do estado de Minas Gerais.

Itabirinha é uma palavra híbrida, derivada do tupi-guarani itabira (pedra empinada) com o sufixo diminutivo português -inha.

A região onde está hoje o município tem suas origens históricas ligadas à colonização de Mantena. Originalmente antigo distrito de Itabirinha, criado a partir do distrito de Barra do Ariranha, em 1948, tornou-se município em 30 de dezembro de 1962, com território desmembrado de Mantena. Localizado em terras montanhosas na bacia do rio São Mateus, seu ponto mais elevado está a 1.751 metros de altitude na serra do Pitengo. A mesma lei que criou o município o elevou de vila à categoria de cidade, alterando a denominação para Itabirinha de Mantena. Em 1997 através de um plebiscito a cidade passou a se chamar somente Itabirinha. A atual cidade de Itabirinha de Mantena teve sua origem em doações de terras feitas por Manoela Gaspar, Antônio Valério e Antônio Godinho, em meados do ano de 1939, tidos como primeiros habitantes da região. No princípio formou-se um pequeno arraial que recebeu o nome de Povoado da Boneca, devido a uma elevação, com formas humanas que até hoje domina a visão dos seus habitantes. Em 1940, o arraial recebe a visita de Frei Inocêncio que celebra a primeira missa, debaixo de uma árvore, local em que em 1942, Joaquim Balbino da Silva constrói a primeira igreja. Nascida em território contestado, tinha como principal fonte de renda a extração de madeira, que era levada para Governador Valadares por uma estrada de difícil acesso, única ligação, na época, do arraial com a civilização. Devido a contestação do território, com a vantagem de não serem pagos impostos nem à Minas Gerais e nem ao Espírito Santo e a grande extensão de matas, o arraial ganha importância suficiente para ser elevado a distrito; o que acontece em 12 de dezembro de 1953 pela Lei nº 1.039. Com a criação do distrito, passa a se chamar Itabirinha de Mantena. O topônimo teve a sua origem tirada de uma palavra indígenaItabira, que se traduz por "Pedra Aguda", em homenagem a uma pedreira que domina todo o centro da cidade, e mais o nome do município ao qual ficou anexado, (Mantena). Pelo decreto de Lei nº 2.764 de 30 de dezembro de 1962 é desmembrado do município de Mantena e elevado a igual categoria. Pela Lei Estadual nº 13.823, de 11 de Janeiro de 2001, alterou o Topônimo do município de Itabirinha de Mantena que passou a denominar-se Itabirinha.

História da cidade de A atual cidade de Itabirinha de Mantena teve sua origem em doações de terras feitas por Manoela Gaspar, Antônio Valério e Antônio Godinho, em meados do ano de 1939, tidos como primeiros habitantes da região.

No princípio formou-se um pequeno arraial que recebeu o nome de Povoado da Boneca, devido a uma elevação, com formas humanas que até hoje domina a visão dos seus habitantes.

Em 1940, o arraial recebe a visita de Frei Inocêncio que celebra a primeira missa, debaixo de uma árvore, local em que em 1942, Joaquim Balbino da Silva constrói a primeira igreja.

Nascida em território contestado, tinha como principal fonte de renda a extração de madeira, que era levada para Governador Valadares por uma estrada de difícil acesso, única ligação, na época, do arraial com a civilização.

Devido a contestação do território, com a vantagem de não serem pagos impostos nem à Minas Gerais e nem ao Espírito Santo e a grande extensão de matas, o arraial ganha importância suficiente para ser elevado a distrito; o que acontece em 12 de dezembro de 1953 pela Lei nº 1.039.

Com a criação do distrito, passa a se chamar Itabirinha de Mantena. O topônimo teve a sua origem tirada de uma palavra indígena Itabira, que se traduz por "Pedra Aguda", em homenagem a uma pedreira que domina todo o centro da cidade, e mais o nome do município ao qual ficou anexado, (Mantena).

Pelo decreto de Lei nº 2.764 de 30 de dezembro de 1962 é desmembrado do município de Mantena e elevado a igual categoria.

Pela Lei Estadual nº 13.823, de 11 de Janeiro de 2001, alterou o Topônimo do município de Itabirinha de Mantena que passou a denominar-se Itabirinha.

FORMAçãO ADMINISTRATIVA:

O distrito foi criado em 27/12/1948 pela Lei nº 336, e o município em 30 de dezembro de 1962 pela Lei nº 2.764.

Na ocasião, era composto dos distritos de Itabirinha de Mantena. Atualmente, compõem-no os de: Itabirinha e Boa União de Itabirinha, criado pela Lei nº 8.285 de 08/10/1982.

FORMAçãO JUDICIáRIA:

O município de Itabirinha está jurisdicionado à Comarca de Mantena, de 2ª Entrância, desde sua emancipação.

TURISMO E EVENTOS:

Entre as datas cívicas e religiosas, são comemoradas principalmente:

14 de setembro - Dia do Padroeiro "Senhor Bom Jesus" - Festa religiosa comemorada com Missa em ação de graças, Novena e Procissão;

8 de dezembro - Instalação do Município, comemorado com Baile.

Principais atrações turísticas:

Rodeios(sem data fixa) - Atrai pessoas da região, para participar com visão nos prêmios

Cachoeira do Teotônio - Atrai turistas da região, por causa de sua área verde e fica a uns 6 km da sede municipal;

Gruta dos Sete Salões - (principal atração turística), encontra-se na sede municipal.

Fonte: IBGE

Autor do Histórico: GILMAR MORAES DE FREITAS

Ajude a divulgar a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco ou envie seu texto para gente.


Itabirinha: Imagens da cidade e Região

Ainda não temos imagens dessa cidade, se você possui alguma envie pra gente!

Você conhece a cidade de Itabirinha? Então deixe seu comentário!


Comentários (1)

  1. Daniel Pimenta's avatarDaniel Pimenta

    Daniel Luis Pimenta · UNIVERSIDADE DA VIDA

    Quando nao sei, mas irei um dia viver em Itabirinha ... É certo que me encontro a uma enorme distancia geografica ( cerca de 7000 KM ) e talvez por esse motivo a pessoa por quem eu irei para aí, nao acredita nessa realidade !

    Ou melhor nao acredita no meu amor por ela, ou ainda mais ...

    Porque nunca viveu um grande amor, ignora aquilo que o amor nos pode levar a fazer !

    Apenas sinto receio pelo que descrevo essa pessoa rejeite e tema ser feliz, e por esse facto nunca possa sentir o amor que lhe desejo dedicar e que ela muito merece !

    (*) (arievilO amliZ & atnemiP leinaD)

    (* Eternamente Juntos !

    #1 – 30/03/2016 - 15:01

Postar um comentário

     (Opcional)




Estados





Compartilhe Esta Página: