Início » Minas Gerais » Fortuna de Minas


Fortuna de Minas - Minas Gerais



Fortuna de Minas faz parte do estado de Minas Gerais. A população avaliada em 2004 era de 2.515 habitantes. Conta a história que os vaqueiros da Fazenda Santo Antônio indo à procura de várias cabeças de gado que haviam se desgarrado, foram encontrá-las nas proximidades do Ribeirão Macacos (no local onde se situa a sede do Município), lambendo uma substância branca da qual não queriam se afastar. Era o sal-gema. Os vaqueiros ficaram surpresos com a robustez do gado e exclamaram: "Isto é uma FORTUNA!". Daí em diante, o nome foi passado de boca em boca e todos passaram a chamar o local de Fortuna, que veio a se chamar definitivamente Fortuna de Minas, de acordo com a lei que emancipou a cidade.

Fortuna de Minas

Habitantes Primitivos

Embora carentes de datas históricas, as informações obtidas de antigos moradores e de algumas anotações fornecidas pela prefeitura e pelo Cartório de Registro Civil da localidade dão conta de que foram alguns componentes da família do Visconde de Caeté, os desbravadores e os primeiros habitantes do município.

Donatário de uma sesmaria na região, onde mais tarde construiria a Fazenda Santo Antônio (ainda existente), o Visconde de Caeté, que visitava constantemente a localidade, destacou parentes seus, acompanhados de escravos e trabalhadores, para procederem à exploração da gleba que lhe se afigurava magnífica para a pecuária dada a existência de sal-gema ao longo das margens do Ribeirão Macacos e da ótima perspectiva para o cultivo, devido ao frescor das terras.

Com o passar dos anos os colonos foram se multiplicando e se espalhando pela região, tendo alguns deles descido a margem esquerda do Ribeirão Macacos, ficando as primeiras casinhas no local onde hoje se situa a cidade de Fortuna de Minas.

Nesta tarefa de implantação do arraisl destacaram-se as famílias Figueiredo e pequeno arraial criando vida, ajudando nos seus primeiros movimentos de intercâmbio comerciais, sociais e culturais por viajantes forasteiros e os famosos tropeiros que, vindos do norte e do oeste, demandavam os centros comerciais mais ativos da época como Sabará, Ouro Preto, Barbacena e outros. para abrigar os tropeiros e forasteiros foram construídos pelo povo os chamados ranchos, utilizados como pousada para todos que transitavam por aqueles sítios vendendo ou comprando as mais variadas mercadorias, ou que se encontravam de passagem em busca de outros lugares.

Origem do Topônimo

Conta a história que os vaqueiros da Fazenda Santo Antônio indo à procura de várias cabeças de gado que haviam se desgarrado foram encontrálas nas proximidades do Ribeirão Macacos (no local onde se situa a sede do Município) lambendo uma substância branca da qual não queriam se afastar. Era o sal-gema.

Os vaqueiros ficaram surpresos com a robustez do gado e exclamaram: "Isto é uma FORTUNA!". Daí em diante, o nome foi passado de boca em boca e todos passaram a chamar o local de Fortuna, que veio a se chamar definitivamente Fortuna de Minas, de acordo com a lei que emancipou a cidade.

Ocupação do Território

A ocupação se verificou por volta de 1842, quando foi feita a doação das terras onde se situa a cidade, para a construção da primeira Capela e do Cemitério.

Os motivos determinantes da referida ocupação se deram, inicialmente, devido às condições naturais da terra bastante fértil, das ótimas pastagens e da água em abundância que serviram de atração para a fixação dos moradores na localidade, posteriormente a implantação da Usina Paraíso em 1926, que produzia açúcar em quantidade suficiente para grande parte do mercado de Minas Gerais na época, foram decisivos para sua consolidação da Fábrica de tecidos no atual município de Cachoeira da Prata, devido à proximidade das duas localidades

Formação Administrativa

Distrito criado com a denominação de Fortuna, pela Lei Estadual nº 556, de 30-08-1911, subordinado ao município de Sete Lagoas.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o distrito de Fortuna, figura no município de Sete Lagoas.

Assim permanecendo em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936, 31-XII-1937.

Pela Lei nº 336, de 27-12-1948, o distrito de Fortuna é transferido do município de Sete Lagoas para o de Inhaúma.

Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o distrito de Fortuna, figura no município de Inhaúma.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VII-1960.

Elevado à categoria de município com denominação de Fortuna de Minas, pela Lei Estadual nº 2764, de 30-12-1962, desmembrado de Inhaúma. Sede no atual distrito de Fortuna de Minas (ex-Fortuna). Constituído do distrito sede. Instalado em 01-03-1963.

Em divisão territorial datada de 31-XII-1963, o município é constituído do distrito sede.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.

Alteração toponímica distrital

Fortuna para Fortuna de Minas, alterado pela Lei Estadual nº 2764, de 30-12-1962.

Transferência distrital

Pela Lei nº 336, de 27-12-1948, transfere o distrito de Fortuna do município de Sete Lagoas para o de Inhaúma.

Fonte: http://fortunademinas.mg.gov.br

Código do Município

3126406

Gentílico

fortunense

Prefeito

PATRICK CAMPOS DINIZ

População
População estimada [2018]2.927 pessoas  
População no último censo [2010]2.705 pessoas  
Densidade demográfica [2010]13,61 hab/km²  
Trabalho e Rendimento
Salário médio mensal dos trabalhadores formais [2016]1,6 salários mínimos  
Pessoal ocupado [2016]363 pessoas  
População ocupada [2016]12,5 %  
Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo [2010]34,5 %  
Educação
Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade [2010]98,6 %  
IDEB – Anos iniciais do ensino fundamental [2015]6.9  
IDEB – Anos finais do ensino fundamental [2015]5.6  
Matrículas no ensino fundamental [2017]387 matrículas  
Matrículas no ensino médio [2017]161 matrículas  
Docentes no ensino fundamental [2015]20 docentes  
Docentes no ensino médio [2017]14 docentes  
Número de estabelecimentos de ensino fundamental [2017]1 escolas  
Número de estabelecimentos de ensino médio [2017]1 escolas  
Economia
PIB per capita [2016]11.771,18 R$  
Percentual das receitas oriundas de fontes externas [2015]92,3 %  
Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) [2010]0.696  
Total de receitas realizadas [2017]14.950,00 R$ (×1000)  
Total de despesas empenhadas [2017]13.788,00 R$ (×1000)  
Saúde
Mortalidade Infantil [2014]28,57 óbitos por mil nascidos vivos  
Internações por diarreia [2016]-  
Estabelecimentos de Saúde SUS [2009]1 estabelecimentos  
Território e Ambiente
Área da unidade territorial [2017]198,709 km²  
Esgotamento sanitário adequado [2010]50 %  
Arborização de vias públicas [2010]71,1 %  
Urbanização de vias públicas [2010]0 %  
Notas & Fontes

Notas:

  1. População ocupada: [pessoal ocupado no município/população total do município] x 100

  2. Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo: [População residente em domicílios particulares permanentes com rendimento mensal de até 1/2 salário mínimo / População total residente em domicílios particulares permanentes] * 100

  3. Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade: [população residente no município de 6 a 14 anos de idade matriculada no ensino regular/total de população residente no município de 6 a 14 anos de idade] x 100

  4. Docentes no ensino médio: Os docentes referem-se aos indivíduos que estavam em efetiva regência de classe na data de referência do Censo Escolar., No total do Brasil, os docentes são contados uma única vez, independente se atuam em mais de uma região geográfica, unidade da federação, município ou localização/dependência administrativa., No total da Região Geográfica, os docentes são contados uma única vez em cada região, portanto o total não representa a soma das regiões, das unidades da federação, dos municípios ou das localizações/dependências administrativas, pois o mesmo docente pode atuar em mais de uma unidade de agregação., No total da Unidade da Federação, os docentes são contados uma única vez em cada Unidade da Federação (UF), portanto o total não representa a soma das 27 UFs, dos municípios ou das localizações/dependências administrativas, pois o mesmo docente pode atuar em mais de uma unidade de agregação., No total do Município, os docentes são contados uma única vez em cada Município, portanto o total não representa a soma dos 5.570 municípios ou das localizações/dependências administrativas, pois o mesmo docente pode atuar em mais de uma unidade de agregação., Não inclui os docentes de turmas de Atividade Complementar e de Atendimento Educacional Especializado (AEE)., Os docentes são contados somente uma vez em cada localização/dependência administrativa, independente de atuarem em mais de uma delas., Inclui os docentes que atuam no Ensino Médio Propedêutico, Curso Técnico Integrado (Ensino Médio Integrado) e Ensino Médio Normal/Magistério de Ensino Regular e/ou Especial.

  5. Esgotamento sanitário adequado: [população total residente nos domicílios particulares permanentes com esgotamento sanitário do tipo rede geral e fossa séptica / População total residente nos domicílios particulares permanentes] x 100

  6. Arborização de vias públicas: [domicílios urbanos em face de quadra com arborização/domicílios urbanos totais] x100

  7. Urbanização de vias públicas: [domicílios urbanos em face de quadra com boca de lobo e pavimentação e meio-fio e calçada/domicílios urbanos totais] x 100


Fontes:

  1. População estimada: IBGE, Diretoria de Pesquisas, Coordenação de População e Indicadores Sociais, Estimativas da população residente com data de referência 1o de julho de 2018

  2. População no último censo: IBGE, Censo Demográfico 2010

  3. Densidade demográfica: IBGE, Censo Demográfico 2010, Área territorial brasileira. Rio de Janeiro: IBGE, 2011

  4. Salário médio mensal dos trabalhadores formais: IBGE, Cadastro Central de Empresas 2016. Rio de Janeiro: IBGE, 2018

  5. Pessoal ocupado: IBGE, Cadastro Central de Empresas 2016. Rio de Janeiro: IBGE, 2018

  6. População ocupada: IBGE, Cadastro Central de Empresas (CEMPRE) 2016 (data de referência: 31/12/2016), IBGE, Estimativa da população 2016 (data de referência: 1/7/2016)

  7. Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo: IBGE, Censo Demográfico 2010

  8. Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade: IBGE, Censo Demográfico 2010

  9. IDEB – Anos iniciais do ensino fundamental: MEC/INEP - Censo Escolar 2016

  10. IDEB – Anos finais do ensino fundamental: MEC/INEP - Censo Escolar 2016

  11. Matrículas no ensino fundamental: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  12. Matrículas no ensino médio: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  13. Docentes no ensino médio: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  14. Número de estabelecimentos de ensino fundamental: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  15. Número de estabelecimentos de ensino médio: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  16. PIB per capita: IBGE, em parceria com os Órgãos Estaduais de Estatística, Secretarias Estaduais de Governo e Superintendência da Zona Franca de Manaus - SUFRAMA

  17. Percentual das receitas oriundas de fontes externas: Secretaria do Tesouro Nacional (STN) - Balanço do Setor Público Nacional (BSPN) 2015

  18. Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM): Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento - PNUD

  19. Total de receitas realizadas: Contas anuais. Receitas orçamentárias realizadas (Anexo I-C) 2017 e Despesas orçamentárias empenhadas (Anexo I-D) 2017. In: Brasil. Secretaria do Tesouro Nacional, Siconfi: Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público Brasileiro. Brasília, DF, [2018]. Disponível em: https://siconfi.tesouro.gov.br/siconfi/pages/public/consulta_finbra/finbra_list.jsf. Acesso em: set. 2018

  20. Total de despesas empenhadas: Contas anuais. Receitas orçamentárias realizadas (Anexo I-C) 2017 e Despesas orçamentárias empenhadas (Anexo I-D) 2017. In: Brasil. Secretaria do Tesouro Nacional, Siconfi: Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público Brasileiro. Brasília, DF, [2018]. Disponível em: https://siconfi.tesouro.gov.br/siconfi/pages/public/consulta_finbra/finbra_list.jsf. Acesso em: set. 2018

  21. Mortalidade Infantil: Ministério da Saúde, Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde - DATASUS 2014

  22. Estabelecimentos de Saúde SUS: IBGE, Assistência Médica Sanitária 2009

  23. Área da unidade territorial: Área territorial brasileira. Rio de Janeiro: IBGE, 2018

  24. Esgotamento sanitário adequado: Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, IBGE, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

  25. Arborização de vias públicas: IBGE, Censo Demográfico 2010

  26. Urbanização de vias públicas: IBGE, Censo Demográfico 2010

Ajude a divulgar a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco ou envie seu texto para gente.


Fortuna de Minas: Imagens da cidade e Região

imagem de Fortuna+de+Minas+Minas+Gerais n-1
imagem de Fortuna+de+Minas+Minas+Gerais n-2
imagem de Fortuna+de+Minas+Minas+Gerais n-3
imagem de Fortuna+de+Minas+Minas+Gerais n-4
imagem de Fortuna+de+Minas+Minas+Gerais n-5
imagem de Fortuna+de+Minas+Minas+Gerais n-6
imagem de Fortuna+de+Minas+Minas+Gerais n-7
imagem de Fortuna+de+Minas+Minas+Gerais n-8
imagem de Fortuna+de+Minas+Minas+Gerais n-9
imagem de Fortuna+de+Minas+Minas+Gerais n-10
imagem de Fortuna+de+Minas+Minas+Gerais n-11
imagem de Fortuna+de+Minas+Minas+Gerais n-12
imagem de Fortuna+de+Minas+Minas+Gerais n-13
imagem de Fortuna+de+Minas+Minas+Gerais n-14
imagem de Fortuna+de+Minas+Minas+Gerais n-15
imagem de Fortuna+de+Minas+Minas+Gerais n-16
imagem de Fortuna+de+Minas+Minas+Gerais n-17
imagem de Fortuna+de+Minas+Minas+Gerais n-18
imagem de Fortuna+de+Minas+Minas+Gerais n-19

Disponibilizamos uma vasta lista de hotéis de variados preços no município de Fortuna de Minas e arredores.


Você conhece a cidade de Fortuna de Minas? Então deixe seu comentário!


Comentários (0)

Ainda não há comentários, seja o primeiro!

Postar um comentário

     (Opcional)




Estados





Compartilhe Esta Página: