Início » Minas Gerais » Dom Silvério


Dom Silvério - Minas Gerais



Dom Silvério faz parte do estado de Minas Gerais. A população avaliada em 2004 era de 4.791 habitantes.

Até 1938, antes da sua fundação, era conhecida como Saúde, e após sua emancipação , alterou seu nome numa homenagem a Dom Silvério Gomes Pimenta, o primeiro bispo negro da Igreja Católica que atuou na Arquidiocese de Mariana, Minas Gerais.

Cidade situada no vale do Rio de Peixe, cercada por montanhas, tem como principal acesso a rodovia MG-123, interligando a Ponte Nova, Rio Doce, Alvinópolis, Rio Piracicaba, João Monlevade e BR-381.

História da cidade de Dom Silvério

Por volta de 1.755, procedente da então Vila de Alvinópolis, transferiu-se para a região o Padre Domingos de Araújo. Veio com cerca de 400 escravos africanos para apossar-se de certa gleba no local hoje denominado "Circuito".

Assegura a tradição ter existido naqueles idos, uma tribo de índios, contra os quais o Padre Domingos de Araújo teria usado o argumento definitivo de alguns tiros de Bacamarte, submetendo-os e escravisando-os.

Com o braço escravo, organizou o Padre uma grande fazenda, á qual deu o nome de "Fazenda Circuito".

Alguns anos mais tarde, já aumentada a população do local, teria grassado uma epidemia, com febres de origem e natureza desconhecidas; o Padre reuniu então a escravatura em ofícios religiosos, suplicando a Nossa Senhora da Saúde que os socorresse, naquela emergência, finalizando as oraçãoes com a promessa, à Virgem, de lhe construirem uma capela. Dirigiu-se o Padre ao Rio de Janeiro e, de lá, truxe, nas costas de um escravo, a imagem de Nossa Senhora da Saúde, entronizando-a na capela que os demais servos haviam construído no intervalo da viagem e confiando à Santa invocada o patronato da região.

Cessada a epidemia, voltou a prosperar a Fazenda que no futuro se constituiria, com sua capela, em núcleo inicial do povoado de "Nossa Senhora da Saúde".

118 anos após a chegada do Padre Domingos de Araújo, ou seja, em 1873, o povoado era elevado à categoria de distrito. No local onde se ergueu a primeira capela, sob a invocação de Nossa Senhora da Saúde, existe, a Igreja Matriz.

Em 1938 o então distrito de Saúde, teve seu topônimo modificado para Dom Silvério, em homenagem a Dom Silvério Gomes Pimenta, uma das glórias do Episcopado brasileiro e segundo Arcebispo da Arquidiocese.

Formação Administrativa

O distrito de Saúde foi criado pela Lei Provincial Noº 2.941 de 1oº de dezembro de 1.873, confirmada a criação pela Lei Estadual Noº 2 de 14 de setembro de 1.891.

A Divisão Administrativa de 1.911 e os quadros de apuração do Recenseamento Geral de 1.920, apresentam o "Distrito de Saúde" como componente do municipio de Alvinópolis; tal situação é confirmada ainda em 1.923, pela Lei Estadual Noº 843 de 7 de setembro.

Ainda no quadro de Divisão Administrativa publicado no Boletim do Ministério do Trabalho, Indústria e Comércio, para o ano de 1.933, Saúde continua distrito do município de Alvinópolis, assim continuando nos quadros de 31 de dezembro de 1.936 e 1.937, bem como no anexo ao Decreto-Lei Estadual n°. 88, de 30 de março de 1.938.

Por força do Decreto-Lei Estadual n°. 148, de 17 de dezembro de 1.938, o distrito de Saúde teve seu topônimo modificado para Dom Silvério e, juntamente com o distrito de Sem-Peixe, desfalcado em parte de seu território, foi desmembrado do município de Alvinópolis para formar o novo Dom Silvério. Na divisão territorial vigorante em 1.939 a 1.943, estabelecida pelo Dec-lei n°. 148, Dom Silvério abrange três distritos:O da sede, Sem-Peixe e Rio Doce, este último desanexado do município de Ponte Nova.

Em virtude do Dec-lei estadual n°. 1.058, de 31 de dezembro de 1.943, Dom Silvério adquiriu, para seu Distrito Sede parte do distrito de Major Ezequiel, do município de Alvinópolis; perdeu o distrito de Rio Doce, transferido para o município de Ponte Nova e parte do território do distrito de Sem-Peixe, para o distrito de Ilhéus do Prata(São Domingos do Prata). Assim, na divisão territorial vigente em 1.944-1.948, fixada pelo citado Dec-lei n°. 1.058, Dom Silvério ficou constituido pelos distritos de Dom Silvério, sede, e Sem-Peixe.

Com a Lei Noº 12.030 de 21 de dezembro de 1995, o distrito de Sem-Peixe foi emancipado.

Gentílico: Silveriense

Fonte: IBGE

Autor do Histórico: MARCELO GOMES MARTINS

Código do Município

3122702

Gentílico

dom-silveriense

Prefeito

JOAO BOSCO COELHO

População
População estimada [2018]5.243 pessoas  
População no último censo [2010]5.196 pessoas  
Densidade demográfica [2010]26,65 hab/km²  
Trabalho e Rendimento
Salário médio mensal dos trabalhadores formais [2016]1,8 salários mínimos  
Pessoal ocupado [2016]1.090 pessoas  
População ocupada [2016]20,4 %  
Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo [2010]34,3 %  
Educação
Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade [2010]97,6 %  
IDEB – Anos iniciais do ensino fundamental [2015]7,4  
IDEB – Anos finais do ensino fundamental [2015]5,2  
Matrículas no ensino fundamental [2017]529 matrículas  
Matrículas no ensino médio [2017]207 matrículas  
Docentes no ensino fundamental [2015]44 docentes  
Docentes no ensino médio [2017]17 docentes  
Número de estabelecimentos de ensino fundamental [2017]3 escolas  
Número de estabelecimentos de ensino médio [2017]1 escolas  
Economia
PIB per capita [2016]14.855,69 R$  
Percentual das receitas oriundas de fontes externas [2015]92,7 %  
Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) [2010]0,709  
Total de receitas realizadas [2017]16.055,00 R$ (×1000)  
Total de despesas empenhadas [2017]14.835,00 R$ (×1000)  
Saúde
Mortalidade Infantil [2014]- óbitos por mil nascidos vivos  
Internações por diarreia [2016]1,5 internações por mil habitantes  
Estabelecimentos de Saúde SUS [2009]4 estabelecimentos  
Território e Ambiente
Área da unidade territorial [2017]194,972 km²  
Esgotamento sanitário adequado [2010]48,2 %  
Arborização de vias públicas [2010]81,9 %  
Urbanização de vias públicas [2010]70,7 %  
Notas & Fontes

Notas:

  1. População ocupada: [pessoal ocupado no município/população total do município] x 100

  2. Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo: [População residente em domicílios particulares permanentes com rendimento mensal de até 1/2 salário mínimo / População total residente em domicílios particulares permanentes] * 100

  3. Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade: [população residente no município de 6 a 14 anos de idade matriculada no ensino regular/total de população residente no município de 6 a 14 anos de idade] x 100

  4. Docentes no ensino médio: Os docentes referem-se aos indivíduos que estavam em efetiva regência de classe na data de referência do Censo Escolar., No total do Brasil, os docentes são contados uma única vez, independente se atuam em mais de uma região geográfica, unidade da federação, município ou localização/dependência administrativa., No total da Região Geográfica, os docentes são contados uma única vez em cada região, portanto o total não representa a soma das regiões, das unidades da federação, dos municípios ou das localizações/dependências administrativas, pois o mesmo docente pode atuar em mais de uma unidade de agregação., No total da Unidade da Federação, os docentes são contados uma única vez em cada Unidade da Federação (UF), portanto o total não representa a soma das 27 UFs, dos municípios ou das localizações/dependências administrativas, pois o mesmo docente pode atuar em mais de uma unidade de agregação., No total do Município, os docentes são contados uma única vez em cada Município, portanto o total não representa a soma dos 5.570 municípios ou das localizações/dependências administrativas, pois o mesmo docente pode atuar em mais de uma unidade de agregação., Não inclui os docentes de turmas de Atividade Complementar e de Atendimento Educacional Especializado (AEE)., Os docentes são contados somente uma vez em cada localização/dependência administrativa, independente de atuarem em mais de uma delas., Inclui os docentes que atuam no Ensino Médio Propedêutico, Curso Técnico Integrado (Ensino Médio Integrado) e Ensino Médio Normal/Magistério de Ensino Regular e/ou Especial.

  5. Internações por diarreia: [número de internações por diarreia/população residente] x 1000

  6. Esgotamento sanitário adequado: [população total residente nos domicílios particulares permanentes com esgotamento sanitário do tipo rede geral e fossa séptica / População total residente nos domicílios particulares permanentes] x 100

  7. Arborização de vias públicas: [domicílios urbanos em face de quadra com arborização/domicílios urbanos totais] x100

  8. Urbanização de vias públicas: [domicílios urbanos em face de quadra com boca de lobo e pavimentação e meio-fio e calçada/domicílios urbanos totais] x 100


Fontes:

  1. População estimada: IBGE, Diretoria de Pesquisas, Coordenação de População e Indicadores Sociais, Estimativas da população residente com data de referência 1o de julho de 2018

  2. População no último censo: IBGE, Censo Demográfico 2010

  3. Densidade demográfica: IBGE, Censo Demográfico 2010, Área territorial brasileira. Rio de Janeiro: IBGE, 2011

  4. Salário médio mensal dos trabalhadores formais: IBGE, Cadastro Central de Empresas 2016. Rio de Janeiro: IBGE, 2018

  5. Pessoal ocupado: IBGE, Cadastro Central de Empresas 2016. Rio de Janeiro: IBGE, 2018

  6. População ocupada: IBGE, Cadastro Central de Empresas (CEMPRE) 2016 (data de referência: 31/12/2016), IBGE, Estimativa da população 2016 (data de referência: 1/7/2016)

  7. Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo: IBGE, Censo Demográfico 2010

  8. Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade: IBGE, Censo Demográfico 2010

  9. IDEB – Anos iniciais do ensino fundamental: MEC/INEP - Censo Escolar 2016

  10. IDEB – Anos finais do ensino fundamental: MEC/INEP - Censo Escolar 2016

  11. Matrículas no ensino fundamental: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  12. Matrículas no ensino médio: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  13. Docentes no ensino médio: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  14. Número de estabelecimentos de ensino fundamental: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  15. Número de estabelecimentos de ensino médio: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  16. PIB per capita: IBGE, em parceria com os Órgãos Estaduais de Estatística, Secretarias Estaduais de Governo e Superintendência da Zona Franca de Manaus - SUFRAMA

  17. Percentual das receitas oriundas de fontes externas: Secretaria do Tesouro Nacional (STN) - Balanço do Setor Público Nacional (BSPN) 2015

  18. Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM): Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento - PNUD

  19. Total de receitas realizadas: Contas anuais. Receitas orçamentárias realizadas (Anexo I-C) 2017 e Despesas orçamentárias empenhadas (Anexo I-D) 2017. In: Brasil. Secretaria do Tesouro Nacional, Siconfi: Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público Brasileiro. Brasília, DF, [2018]. Disponível em: https://siconfi.tesouro.gov.br/siconfi/pages/public/consulta_finbra/finbra_list.jsf. Acesso em: set. 2018

  20. Total de despesas empenhadas: Contas anuais. Receitas orçamentárias realizadas (Anexo I-C) 2017 e Despesas orçamentárias empenhadas (Anexo I-D) 2017. In: Brasil. Secretaria do Tesouro Nacional, Siconfi: Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público Brasileiro. Brasília, DF, [2018]. Disponível em: https://siconfi.tesouro.gov.br/siconfi/pages/public/consulta_finbra/finbra_list.jsf. Acesso em: set. 2018

  21. Mortalidade Infantil: Ministério da Saúde, Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde - DATASUS 2014

  22. Internações por diarreia: Ministério da Saúde, DATASUS - Departamento de Informática do SUS, IBGE, Estimativas de população residente

  23. Estabelecimentos de Saúde SUS: IBGE, Assistência Médica Sanitária 2009

  24. Área da unidade territorial: Área territorial brasileira. Rio de Janeiro: IBGE, 2018

  25. Esgotamento sanitário adequado: Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, IBGE, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

  26. Arborização de vias públicas: IBGE, Censo Demográfico 2010

  27. Urbanização de vias públicas: IBGE, Censo Demográfico 2010

Ajude a divulgar a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco ou envie seu texto para gente.


Dom Silvério: Imagens da cidade e Região

imagem de Dom+Silv%C3%A9rio+Minas+Gerais n-1
imagem de Dom+Silv%C3%A9rio+Minas+Gerais n-2
imagem de Dom+Silv%C3%A9rio+Minas+Gerais n-3
imagem de Dom+Silv%C3%A9rio+Minas+Gerais n-4
imagem de Dom+Silv%C3%A9rio+Minas+Gerais n-5
imagem de Dom+Silv%C3%A9rio+Minas+Gerais n-6
imagem de Dom+Silv%C3%A9rio+Minas+Gerais n-7
imagem de Dom+Silv%C3%A9rio+Minas+Gerais n-8
imagem de Dom+Silv%C3%A9rio+Minas+Gerais n-9
imagem de Dom+Silv%C3%A9rio+Minas+Gerais n-10
imagem de Dom+Silv%C3%A9rio+Minas+Gerais n-11
imagem de Dom+Silv%C3%A9rio+Minas+Gerais n-12
imagem de Dom+Silv%C3%A9rio+Minas+Gerais n-13
imagem de Dom+Silv%C3%A9rio+Minas+Gerais n-14
imagem de Dom+Silv%C3%A9rio+Minas+Gerais n-15
imagem de Dom+Silv%C3%A9rio+Minas+Gerais n-16
imagem de Dom+Silv%C3%A9rio+Minas+Gerais n-17
imagem de Dom+Silv%C3%A9rio+Minas+Gerais n-18
imagem de Dom+Silv%C3%A9rio+Minas+Gerais n-19

Disponibilizamos uma vasta lista de hotéis de variados preços no município de Dom Silvério e arredores.


Você conhece a cidade de Dom Silvério? Então deixe seu comentário!


Comentários (1)

  1. Silvio starling's avatarSilvio starling

    O meu bisavô era de Dom Silveiro e estou procurando sua certidão de nascimento para ver de quem ele era filho.

    Seu nome: Modesto London STARLING.

    Me parece que ele era filho de Guilherme Starling,mas não temos certeza de quem era Guilherme e sua descendência.

    Se puderem ajudar seria ótimo.

    Estou propenso até a contratar alguém para fazer a pesquisa na Paróquia da cidade ou nas cidades vizinhas. Sou neto do Desembarcador Alonso Starling,filho do Modesto.

    Sou Almirante da Marinha do Brasil,já na reserva e vivo entre o Rio de Janeiro e Brasília. Meu tel e 61 99894216 da vivo..

    Anr

    Tecipadamente agradeço.

    Starling

    #1 – 13/02/2016 - 16:14

Postar um comentário

     (Opcional)




Estados





Compartilhe Esta Página: