Início » Goiás » Cavalcante


Cavalcante - Goiás



Cavalcante faz parte do estado de Goiás, localizado ao norte da Chapada dos Veadeiros, que abriga uma parte da comunidade Kalunga, dentro do Sítio Histório e Patrimônio Cultural Kalunga, principalmente no Povoado Engenho e no Vão do Moleque. A população avaliada em 2004 era de 9.660 habitantes. Entre suas atrações turísticas destacam-se várias cachoeiras, como as do Rio Prata, de Santa Bárbara, da Capivara, as da Veredas e a Ponte de Pedra. Apesar de não possuir ainda um acesso em seu território, Cavalcante também abriga cerca de 60% da área total do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros.

Sua origem remonta a 1736, quando o garimpeiro Julião Cavalcante e seus companheiros chegaram a região em busca de novas minas de ouro. A notícia da descoberta de imensa mina de ouro de grande profundidade à margem do córrego Lava Pés, na serra da Cavalhada, atraiu numerosos aventureiros dos mais distantes rincões, iniciando-se o povoado com o nome de Cavalcante, em homenagem ao fundador e colonizador.

História da cidade de Cavalcante

A primeira penetração no território de Cavalcante ocorreu em 1736, pelo garimpeiro Julião Cavalcante e seus companheiros, vindo em busca de novas minas de ouro.

A notícia da descoberta de imensa mina de ouro de grande profundidade à margem do córrego Lava Pés, na serra da Cavalhada, atraiu numerosos aventureiros dos mais distantes rincões, iniciando-se o povoado com o nome de Cavalcante, em homenagem ao fundador e colonizador.

Em 1740, foi fundado oficialmente o arraial de Cavalcante, pelo bandeirante Diogo Teles Cavalcante e Domingos Pires do Prado, em presença do Governador da Capitania de São Paulo, D. Luiz de Mascarenhas.

Em 1759, o arraial foi elevado a freguesia, por ordem do Governador da Capitania de Goiás, D. João Manoel de Melo.

Em 1794, com a decadência da cidade de São Félix, transferiu-se para Cavalcante a Fundição de ouro, extinta em 1806, por tornar-se deficitária.

Gentílico: cavalcantense

Formação Administrativa

Elevado à categoria de vila com a denominação de Cavalcante, pelo decreto de 11-11-1831. Constituído do distrito sede. Instalado em 30-03-1838.

Freguesia criada com a denominação de Cavalcante, pela lei provincial nº 14, de 0307-1835.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o município aparece constituído de 3 distritos: Cavalcante, Moinho e Nova Roma.

Nos quadros de Apuração do Recenseamento Geral de 01-IX-1920, o município aparece constituído de 4 distritos: Cavalcante, Moinho, Nova Roma e São Domingos do Café.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o município aparece constituído de 5 distritos: Cavalcante, Lajes, Nova Roma, São Domingos do Café e Veadeiros. Embora sobre o distrito de Moinho, não há documentos que provem o seu desaparecimento.

Pelo decreto-lei estadual nº 557, de 30-03-1938, o distrito de São Domingos do Café passou a denominar-se Cafelândia.

Pelo decreto-lei estadual nº 1233, de 31-10-1938, o distrito de Lajes foi extinto, vindo seu território a fazer parte do distrito sede do município de Cavalcante e Cafelândia.

No quadro fixado para vigorar no período de 1949/1953, o município é constituído de 4 distritos: Cavalcante, Cafelândia, Nova Roma e Veadeiros.

Pelo decreto-lei estadual nº 8305, de 31-12-1943, o distrito de Cafelândia passou a denominar-se Araí e o distrito de Nova Roma a denominar-se Guataçaba.

No quadro anexo para vigorar no período de 1944-1948, o município é constituído de 4 distritos: Cavalcante, Araí (ex-Cafelândia), Guataçaba (ex-Nova Roma) e Veadeiros.

Pela lei municipal nº 2, de 21-01-1949, transferiu-se a sede do distrito de Araí para o povoado de Lajes, mantendo esta denominação.

Pela lei estadual nº 355, de 30-11-1949, o distrito de Guataçaba voltou a denominar-se Nova Roma.

Em divisão territorial datada de 1-VII-1950, o município é constituído de 4 distritos: Cavalcante, Lajes ex-Araí, Nova Roma ex-Guataçaba e Veadeiros.

Pela Lei Estadual nº, de 24-07-1953, desmembra do município de Cavalcante os distritos de Veadeiros e Nova Roma para formar o novo município de Veadeiros, atualmente Município de Alto Paraíso de Goiás.

O município é constituído de dois distritos Cavalcante e Lajes.

Pela lei municipal nº 6, de 20-08-1955, o distrito de Lajes passou a denominar-se Colinas.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VII-1960.

Pela lei estadual nº 7042, de 26-06-1968, é criado o distrito de Teresina de Goiás e anexado ao município de Cavalcante.

Em divisão territorial datada de 1-I-1979, o município é constituído de 3 distritos: Cavalcante, Colinas e Teresina de Goiás.

Pela lei estadual nº 10403, de 30-12-1987, desmembra do município de Cavalcante o distrito de Colinas. Elevado à categoria de município com a denominação de Colinas do Sul.

Pela lei estadual nº 10449, de 14-01-1988, desmembra de Cavalcante o distrito de Teresina de Goiás. Elevado à categoria de município. Em divisão territorial datada de 1-VI-1995, o município é constituído do distritosede. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.

Fonte: IBGE

Ajude a divulgar a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco ou envie seu texto para gente.


Cavalcante: Imagens da cidade e Região

Ainda não temos imagens dessa cidade, se você possui alguma envie pra gente!

Você conhece a cidade de Cavalcante? Então deixe seu comentário!


Comentários (0)

Ainda não há comentários, seja o primeiro!

Postar um comentário

     (Opcional)




Estados





Compartilhe Esta Página: