Início » São Paulo » Cajati


Cajati - São Paulo



Cajati faz parte do estado de São Paulo.

Cajati, em idioma Tupi significa "árvore de folhas compridas". O município foi fundado em 1930, pelo índio Botujuru e o português Matias de Pontes, com o intuito de explorar a mata em busca de ouro.

A história de Cajati tem sua origem na segunda década do século XIX, com a chegada, no porto de Cananeia, de alguns jovens portugueses, dentre eles, Matias de Pontes. Na sua busca por ouro, Matias e um índio chamado Botujuru, foram desbravando e explorando a mata adentro, por onde ninguém jamais havia passado. Para poder caminhar, precisava abrir muitas picadas, pois a mata era muito densa e sua vegetação cruzava sobre o rio estreito e profundo, impedindo, assim, a sua penetração. Daí surgiu a ideia de construírem uma canoa para navegarem sobre o rio, que mais tarde se chamaria Canha. Logo descobriram que esse rio mais parecia um ribeirão, pois desembocava em outro rio bem maior e mais fundo. Ao subirem o rio, encontraram uma bela praia, onde surgiu a ideia de montar um acampamento. Durante uma noite turbulenta sob um temporal, tiveram que abandonar o acampamento às pressas, dirigindo-se para o alto (esse lugar é atualmente a Praça Matriz de Jacupiranga).

História da cidade de Cajati

O distrito de Cajati foi criado em 30 de novembro de 1944, no povoado de Corrente,

território do município de Jacupiranga, por sua vez fundado em 1864.

A ocupação de suas terras teve início, portanto, no século XIX, com a chegada no

Porto de Cananéia, de alguns portugueses acompanhados pelo índio Botujuru, em busca de ouro. Dentre eles, estava Mathias de Pontes, que se instalou num local conhecido inicialmente por Cachoeirinha, aonde viria a se assentar a futura Cajati.

No entanto, foi no século XX que suas terras obtiveram maior evidência, quando se descobriu a possibilidade de exploração das jazidas locais, situadas, sobretudo, no Morro da Pedra Cata-Agulha.

O engenheiro de minas Theodor Knecht, do Instituto Geográfico e Geológico de São Paulo, desempenhou importante papel na confirmação do valor mineral do solo daquela região, rico em magnetita e apatita.

Na mesma época, a Moinho Santista, que fabricava somente tecido, pediu autorização ao Governo do Estado para iniciar a exploração do calcário. Em 1939, período em que se iniciaram as atividades de lavras de apatita, a Serrana S/A de Mineração construiu uma vila de operários no local onde haviam apenas casebres de trabalhadores dos bananais.

Mas foi a partir da Segunda Guerra Mundial que a exploração de minérios assumiu maior importância no crescimento de Cajati. Seu desenvolvimento, contudo, foi bastante lento devido à dificuldade de comunicação, comum às cidades daquela região. Assim, somente em 30 de dezembro de 1991, Cajati emancipou-se de Jacupiranga, tornando-se município autônomo.

Formação Administrativa

Distrito criado com a denominação de Cajati (ex-povoado de Corrente), pelo decreto-lei estadual nº 14334, de 30-11- 1944, subordinado ao município de Jacupiranga.

Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o distrito de Cajati figura no município de Cajati.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1991.

Elevado à categoria de município com a denominação de Cajati, pela lei nº 7644, de 30-12- 1991, desmembrado do município de Jacupiranga, Sede no antigo distrito de Cajati. Constituído do distrito sede. Instalado em 01-01-1993.

Em divisão territorial datada de 1995, o município é constituído do distrito sede.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2009.

Fonte: IBGE

Ajude a divulgar a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco ou envie seu texto para gente.



Síntese das Informações
Área da unidade territorial - 2015: 454,436: km²
Estabelecimentos de Saúde SUS: 7: estabelecimentos
Matrícula - Ensino fundamental - 2015: 4.347: matrículas
Matrícula - Ensino médio - 2015: 1.337: matrículas
Número de unidades locais: 687: unidades
Pessoal ocupado total: 5.977: pessoas
PIB per capita a preços correntes - 2014: 36.781,41: reais
População residente : 28.372: pessoas
População residente - Homens: 14.328: pessoas
População residente - Mulheres: 14.044: pessoas
População residente alfabetizada: 23.279: pessoas
População residente que frequentava creche ou escola : 8.779: pessoas
População residente, religião católica apostólica romana: 8.480: pessoas
População residente, religião espírita: 374: pessoas
População residente, religião evangélicas: 12.231: pessoas
Valor do rendimento nominal médio mensal dos domicílios particulares permanentes com rendimento domiciliar, por situação do domicílio - Rural: 1.154,85: reais
Valor do rendimento nominal médio mensal dos domicílios particulares permanentes com rendimento domiciliar, por situação do domicílio - Urbana: 1.775,25: reais
Valor do rendimento nominal mediano mensal per capita dos domicílios particulares permanentes - Rural: 300,00: reais
Valor do rendimento nominal mediano mensal per capita dos domicílios particulares permanentes - Urbana: 418,00: reais
Índice de Desenvolvimento Humano Municipal - 2010 (IDHM 2010): 0,694:

Fonte:IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

Cajati: Imagens da cidade e Região

As fotos fornecidas pelo Panoramio estão sobre direitos autorais de seus proprietários.

Você conhece a cidade de Cajati? Então deixe seu comentário!


Comentários (0)

Ainda não há comentários, seja o primeiro!

Postar um comentário

     (Opcional)






Compartilhe Esta Página: