Início » São Paulo » Amparo » Notícias


Últimas Notícias da cidade de Amparo - SP

Redes Sociais

  • Fonte: Futebol Interior em 19/11/2014 Esportes

    Nacional de Medellín 1 x 0 São Paulo - Tricolor joga mal, sofre pressão e um gol de diferença fica de "bom tamanho"
    O São Paulo precisa vencer por dois gols de diferença. Caso vença pelo mesmo placar do Nacional, a partida será decidida nos pênaltis. O Nacional contava com o apoio de sua apaixonada torcida e com o fator casa. O começo da partida não poderia ser ...

  • Wander Wildner, Paulo do Amparo, Grilowsky e Matheus Torreão - Cerveja Caseira 666

  • Brando Rizzo

    em 23/08/2014 Via Youtube
    Dia do Folclore no EMEF Gasparzinho em Amparo SP.

    O Dia do Folclore foi estabelecido pelo Congresso Nacional em 1965. O objetivo da data é resgatar o valor do folclore brasileiro e passar para as próximas ge...

  • RT @ocupadrew: @DREWPUTERO "de Amparo, São Paulo" NÃO CREIO, QL TEU SOBRENOME?
  • Jaja o bixoo pega aqui na Chopperia com a banda 0/- PopCoree (@ Paraty Chopperia in Amparo, São Paulo) https://t.co/F9JSrVu9Hc
  • Joyce Piffer representa Amparo no Miss São Paulo 2014
    O município de Amparo será representado por Joyce Piffer no MISS SÃO PAULO 2014. Boa sorte para a miss no concurso! Joyce Piffer - Miss Amparo 2014

    Joyce Piffer representa Amparo no Miss São Paulo 2014
  • Du Carvalho

    em 20/11/2014
    I'm at Paraty Chopperia in Amparo, São Paulo https://t.co/mmLb3Ok5z9
  • Sunset at Amparo, SP, Brazil.


  • Jorge Lima

    em 01/05/2012 Via Google++
    Oia eu ae.


  • 🙆🍻 (@ Paraty Chopperia in Amparo, São Paulo) https://t.co/VqnW9pRuRw
  • I'm at Vecchio Zilli Pizzeria in Amparo, São Paulo https://t.co/hOPknjdp2h
  • BARROS MUNHOZ E AMPARO

    Vídeo sobre a atuação do Deputado Barros Munhoz na cidade de Amparo, interior de São Paulo.

  • Fonte: esportes.estadao.com.br em 20/11/2014

    São-paulinos lamentam derrota na Colômbia e pedem apoio da torcida
    Time não foi bem contra o Atlético Nacional e precisa vencer por dois gols de diferença na volta do jogo semifinal da Sul-Americana A má exibição do São Paulo na derrota para ... o grupo foi uníssono em pedir o apoio da torcida para o confronto ...

  • Fonte: Folha OnLine em 22/11/2014

    'Poder público deveria ter projetos de apoio a espaços culturais', diz músico
    De certa forma, é uma homenagem a São Paulo. A cidade é flagrada em diversos momentos pelo ... O poder público deveria ter projetos de apoio a esses locais [culturais], que são poucos em relação às necessidades da capital paulista.

  • I'm at Beach Bar in Amparo, São Paulo http://t.co/OmIaUOSbTo
  • PSOL Amparo realiza debate sobre a Água No dia 22 de Novembro de 2014, o PSOL Amparo realizou sua primeira atividade pública em nossa cidade, tendo como tema a atual crise da água no estado de São Paulo. A atividade reuniu várias pessoas na Praça Pádua Salles. O evento contou com a presença de Thiago Lira, membro do COMDEMA (Conselho Municipal de Defesa do Meio Ambiente de Campinas – SP), e de Eduardo Vinagre, do PSOL de Campinas, que aprofundaram o debate nas questões políticas referentes as bacias PCJ nas regiões de Amparo e Campinas - bem como nos graves problemas da gestão do Governador Geraldo Alckmin e da situação calamitosa do Sistema Cantareira. Também foi levantada a situação da SABESP, que pagou quase R$ 6 bilhões a seus acionistas e, mesmo assim, solicitou auxílio financeiro ao Governo Federal no valor de R$ 4,5 bilhões. Isto revela que o problema não é a falta de planejamento para solucionar os problemas da população paulista, mas a opção por um planejamento orientado na direção do lucro a todo custo. Sobre a situação amparense, tivemos a participação de moradores da região de Duas Pontes - onde será construída a barragem - e de um membro do Conselho do Meio Ambiente de Amparo. Além disso vários outros questionamentos foram levantados pelos presentes, principalmente em relação à falta de participação popular nas decisões da questão hídrica. Os vereadores e o SAAE foram convidados para o debate mas não compareceram. O PSOL é um partido diferente, pois acredita que a verdadeira política não se faz através de instituições ou organizações governamentais, mas nas ruas, em contato direto com a população e durante o dia a dia. Por isso, convidamos a todas e todos os amparenses para estarem presentes conosco na "Audiência Pública das Obras das Barragens de Pedreira e Duas Pontes'' que irá ocorrer no dia 25/11/2014 das 10:00 horas até 12:30 horas, no auditório da Rádio Cultura Municipal de Amp...(Continuar Lendo)


    PORQUÊ DESSA CRISE DA ÁGUA?.
    PSOL Amparo realiza debate sobre a Água No dia 22 de Novembro de 2014, o PSOL Amparo realizou sua primeira atividade pública em nossa cidade, tendo como tema a atual crise da água no estado de São Paulo. A atividade reuniu várias pessoas na Praça Pádua Salles. O evento contou com a presença de Thiago Lira, membro do COMDEMA (Conselho Municipal de Defesa do Meio Ambiente de Campinas – SP), e de Eduardo Vinagre, do PSOL de Campinas, que aprofundaram o debate nas questões políticas referentes as bacias PCJ nas regiões de Amparo e Campinas - bem como nos graves problemas da gestão do Governador Geraldo Alckmin e da situação calamitosa do Sistema Cantareira. Também foi levantada a situação da SABESP, que pagou quase R$ 6 bilhões a seus acionistas e, mesmo assim, solicitou auxílio financeiro ao Governo Federal no valor de R$ 4,5 bilhões. Isto revela que o problema não é a falta de planejamento para solucionar os problemas da população paulista, mas a opção por um planejamento orientado na direção do lucro a todo custo. Sobre a situação amparense, tivemos a participação de moradores da região de Duas Pontes - onde será construída a barragem - e de um membro do Conselho do Meio Ambiente de Amparo. Além disso vários outros questionamentos foram levantados pelos presentes, principalmente em relação à falta de participação popular nas decisões da questão hídrica. Os vereadores e o SAAE foram convidados para o debate mas não compareceram. O PSOL é um partido diferente, pois acredita que a verdadeira política não se faz através de instituições ou organizações governamentais, mas nas ruas, em contato direto com a população e durante o dia a dia. Por isso, convidamos a todas e todos os amparenses para estarem presentes conosco na "Audiência Pública das Obras das Barragens de Pedreira e Duas Pontes'' que irá ocorrer no dia 25/11/2014 das 10:00 horas até 12:30 horas, no auditório da Rádio Cultura Municipal de Amp...(Continuar Lendo)
  • Antonio Merlo

    em 16/08/2014 Via Youtube
    Bike Night - Academia Pro Corpo - Amparo - SP

    Bike Night - Academia Pro Corpo - Amparo - SP.

  • Clau

    em 20/11/2014
    😍 @ Amparo, Sao Paulo, Brazil http://t.co/LSHyEp4ErB
  • Fonte: blogs.ne10.uol.com.br em 17/11/2014

    Arquivo da tag: paulo bruscky
    São coisas que você vê que nunca mais lhe surgem ... Entre os brasileiros selecionados, está o veterano Paulo Bruscky, do casting da Galeria Amparo 60. Ele e o jovem João Manuel Feliciano foram os únicos pernambucanos selecionados pelas curadoras ...

  • obrigado jesus por ter posto o pastor pedro Quadro na minha vida que deus continui te usando


    Leitores da biblia.
    VOCÊ QUE ESTA NA PROVA LEI ESTA MENSAGEM QUE DEUS QUER FALAR CONTIGO, MUITAS VEZES ESTAMOS NA CAVERNA E ACHAMOS QUE ESTA TUDO PERDIDO MAS NÃO DEUS SEMPRE ESTA NO CONTROLE Vejamos agora as dez lições que podemos extrair da caverna de Adulão: 1. Caverna é um lugar de reo...
  • Vagas p/ Auxiliar de farmácia - Amparo Maternal / ACSC - São Paulo/SP - http://t.co/WXv2OGdh7X
  • BOM DIA!!! BOA TARDE!!! BOA NOITE!!! BOA MADRUGADA!!! QUE A PAZ E O AMOR DE DEUS ESTEJAM SEMPRE COM TODOS NÓS!!! QUE A SUA SEMANA E O SEU MÊS DE AGOSTO SEJAM ABENÇOADOS, ILUMINADOS, MARAVILHOSOS, CHEIA DE MUITAS GRAÇAS, DE MUITA PAZ, DE MUITAS BÊNÇÃOS, DE MUITA LUZ, DE MUITO AMOR, DE MUITA HARMONIA, DE MUITA SAÚDE, ... SEJAM COMPLETOS, REPLETOS, PLENOS, TRANSBORDANTES, ... DE PAZ, BEM, AMOR, HARMONIA, SAÚDE, LUZ, COMPREENSÃO, PERDÃO, ALEGRIAS, FELICIDADES, ENCONTROS, AFETOS, CARINHOS, SINTONIAS, MAGIAS, ... ENFIM, SEJA TUDO DE BOM E MUITO MAIS PARA TODOS NÓS, FILHOS E FILHAS DE MARIA DE NAZARÉ!!! FIQUE COM DEUS E AS SUAS ETERNAS BÊNÇÃOS, SOB A PROTEÇÃO DO MANTO SAGRADO DE MARIA, MÃE DE DEUS E NOSSA MÃEZINHA, DE NOSSA SENHORA DO ROSÁRIO DE FÁTIMA, SOB A LUZ QUE NÃO SE APAGA DO DIVINO ESPÍRITO SANTO, SOB A PROTEÇÃO DO CORPO E O SANGUE DE NOSSO AMADO MESTRE JESUS CRISTO, SOB AS INTERCESSÕES DOS IMACULADOS E SAGRADOS CORAÇÕES DE MARIA DE NAZARÉ E DE NOSSO AMADO MESTRE JESUS, DE SANTO ANTÔNIO, DE LISBOA E PÁDUA, DE NOSSA SENHORA ROSA MÍSTICA, DE NOSSA SENHORA DO CARMO, DE NOSSA SENHORA DAS NEVES, DE SANTA CLARA DE ASSIS, DE SÃO PANTALEÃO, DE SÃO BENEDITO, DE SÃO ROQUE, DE NOSSA SENHORA RAINHA, DE SÃO RAIMUNDO NONATO, DE NOSSA SENHORA DAS DORES, DE SÃO CIPRIANO, DE NOSSA SENHORA SALETTE, DE NOSSA SENHORA DAS DORES, DE NOSSA SENHORA DAS MERCÊS, DE NOSSA SENHORA DAS DORES, DE SÃO COSME E SÃO DAMIÃO, DOS SANTOS ARCANJOS, SÃO MIGUEL, SÃO GABRIEL, SÃO RAFAEL, DE SANTA TERESINHA DO MENINO JESUS E DA ROSAS, DE SEU SANTO ANJO DE GUARDA, DE SÃO FRANCISCO DE ASSIS, DE NOSSA SENHORA DE NAZARÉ, DE NOSSA SENHORA APARECIDA, DE NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO, DE NOSSA SENHORA DO ROSÁRIO, DE NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO APARECIDA, DE NOSSA SENHORA DE NAZARÉ, DE SANTA TEREZA D'ÁVILA, DE SANTA EDWIGES, DE SÃO LUCAS, SANTO ANTONIO DE SANT'ANA GALVÃO, FREI GALVÃO, DE SÃO JUDAS TADEU, DE TODOS OS SANTOS E SANTAS, DE SÃO ZACARIAS E SAN...(Continuar Lendo)


    Antonio José AnJo compartilhou a foto de Nossa Senhora, cuida de mim.
    Rezemos a oração ao nosso Santo Anjo da Guarda: Santo Anjo do Senhor, meu zeloso guardador, sempre me rege, me guarda, me governa, me ilumina Amém. http://goo.gl/ua4KE
    Fotos da linha do tempo.
    Nossa Senhora, cuida de nós!
  • I'm at Casqueiro in Amparo, São Paulo https://t.co/IW87PoXrHr
  • Fonte: saopaulofc.net em 22/11/2014

    Com o emocionante apoio dos torcedores de Cuiabá, São Paulo busca resultado importante na Arena Pantanal
    O Tricolor conhece a Libertadores da América como poucos. Tricampeão do torneio, em 1992, 1993 e 2005, o São Paulo poderá assegurar neste final de semana a sua classificação na edição de 2015 da maior competição continental caso vença o clássico.

  • Fonte: Paraiba em 16/11/2014 Brasil

    Divergência sobre apoio ao golpe militar racha ato em São Paulo
    A manifestação contra a presidenta Dilma Rousseff neste sábado em São Paulo foi marcada por um racha. Cerca de 2,5 mil pessoas, segundo a Polícia Militar, reuniram-se no Masp para pedir a queda de Dilma, mas divergiram quanto ao método: parte pedia o ...

  • Fonte: Futebol Interior em 22/11/2014

    Santos x São Paulo - San-São chocho para uma reta final de Brasileirão
    Enquanto o São Paulo vem cansado da viagem para Medelin ... Se eles não descansarem, não teremos chances", ponderou o treinador. Apoio à ideia do técnico não falta. Logo depois da partida, Rogério Ceni também citou o desgaste dos companheiros ...

  • Onde Comprar - São Paulo - Parte 1
    Amparo Ponto Natural http://www.pontonaturalbrasil.com.br/lojas/amparo Rua Albino Alves, 72, Centro - Amparo SP  Tel: (19) 3807-7500 Araçatuba Mundo Verde http://www.mundoverde.com.br/categoria/nossas-lojas/?estado=SP Rua Floriano Peixoto, 320 Tel: (18) 330...

    Onde Comprar - São Paulo - Parte 1
  • Fonte: G1 em 22/11/2014

    Feira gastronômica segue até este domingo no Parque Villa Lobos
    O festival é um projeto da Secretaria de Turismo do Estado e conta com promoção da revista Prazeres da Mesa, além do apoio educacional do Senac São Paulo.

  • Vagas p/ Auxiliar de Lavanderia - Amparo Maternal / ACSC - São Paulo/SP - http://t.co/A2PpTz6c1m
  • Clayton Souza

    em 25/09/2014 Via Youtube
    Clayton e Quéren - AFPESP Amparo

    Clayton e Quéren no Jantar Dançante da Associação dos Funcionários Públicos do Estado de São Paulo em Amparo - SP. 24/09/2014.

  • M&M @ Amparo, Sao Paulo, Brazil http://t.co/lnXtjk8v7j
  • Vou Lá

    em 22/11/2014
    Laura Muller - Amparo - SP: O evento será promovido pela empresa Lu Brasil Semi Joias, da cidade de Amparo. ... http://t.co/5FTXYx2rby
  • juli

    em 21/11/2014
    ah bom dia @ Amparo, Sao Paulo, Brazil http://t.co/DiSQWaPDHw
  • Fonte: globoesporte.com em 20/11/2014

    Ceni vê São Paulo em encruzilhada e indica preferência pela Sul-Americana
    A três jogos do fim do Brasileirão, o São Paulo soma 66 pontos, quatro abaixo do líder Cruzeiro ... e Fluminense (casa). Confiamos no apoio do nosso torcedor no Morumbi. É hora de coloca 50, 60 mil torcedores lá Rogério Ceni Na Sul-Americana ...

  • Job de hoje em Amparo/SP ! Sessão de fotos pra uma novidade pra vocês by @susigodoy


  • Investigando o Leprosário de Amparo SP

    Investigando o Leprosário de Amparo SP
  • BARROS MUNHOZ AMPARO - CAMPANHA 2014

    Vídeo de campanha do deputado Barros Munhoz na cidade de Amparo, circuito das águas, no interior de São Paulo.




  • Sonia Campelo Gabriel compartilhou a foto de Pig Golpista.
    Fernando Siqueira, via Portal do Mundo do Trabalho em 26/5/2009 – Estragos produzidos na Petrobras, pelo governo FHC, visando desnacionalizá-la. 1993 — Como ministro da Fazenda, Fernando Henrique Cardoso fez um corte de 52% no orçamento da Petrobras, previsto para o ano de 1994, sem nenhuma fundamentação ou justificativa técnica. Ele teria inviabilizado a empresa se não tivesse estourado o escândalo do Orçamento, fazendo com que se esquecessem da Petrobras. Todavia, isso causou um atraso de cerca de 6 meses na programação da empresa, que teve de mobilizar as suas melhores equipes para rever e repriorizar os projetos integrantes daquele orçamento. 1994 — Ainda como ministro da Fazenda, com a ajuda do diretor do Departamento Nacional dos Combustíveis, Fernando Henrique manipulou a estrutura de preços dos derivados do petróleo, de forma que, nos seis últimos meses que antecederam o Plano Real, a Petrobras teve aumentos mensais, na sua parcela dos combustíveis, em valores 8% abaixo da inflação. Por outro lado, o cartel internacional das distribuidoras de derivados teve, nas suas parcelas, aumentos de 32% acima da inflação. Isto significou uma transferência anual, permanente, de cerca de US$3 bilhões do faturamento da Petrobras para o cartel dessas distribuidoras. A forma de fazer isso foi por meio dos dois aumentos mensais, que eram concedidos aos derivados, pelo fato da Petrobras comprar o petróleo em dólares, no exterior, e vender no mercado, em moeda nacional. Havia uma inflação alta e uma desvalorização diária da nossa moeda. Os dois aumentos repunham parte das perdas que a Petrobras sofria devido a essa desvalorização. Mais incrível: a Petrobras vendia os derivados para o cartel e este, além de pagá-la só 30 a 50 dias depois, ainda aplicava esses valores, e o valor dos tributos retidos para posterior repasse ao Tesouro, no mercado financeiro, obtendo daí vultosos ganhos financeiros, em face da inflação galopante então presente. Quando o Plano Real começou a ser implantado, com o objetivo de acabar com a inflação, o cartel reivindicou uma parcela maior nos aumentos, porque iria perder aquele duplo e absurdo lucro. 1995 — Em fevereiro, já como presidente, FHC proibiu a ida de funcionários de estatais ao Congresso para prestar informações aos parlamentares e ajudá-los a exercer seus mandatos com respaldo em informações corretas. Assim, os parlamentares ficaram reféns das manipulações da imprensa comprometida. As informações dadas aos parlamentares no governo de Itamar Franco, como dito acima, haviam impedido a revisão da Constituição Federal com um claro viés neoliberal. Fernando Henrique emitiu um decreto, nº 1.403/95, que instituía um órgão de inteligência, o Sial, Serviço de Informação e Apoio Legislativo, com o objetivo de espionar os funcionários de estatais que fossem a Brasília falar com parlamentares. Se descobertos, seriam demitidos. Assim, tendo tempo de trabalho para me aposentar, solicitei a aposentadoria e fui para Brasília por conta da Associação. Tendo recursos bem menores que a Petrobras (que, no governo Itamar Franco, enviava 15 empregados semanalmente ao Congresso), eu só podia levar mais um aposentado para ajudar no contato com os parlamentares. Um dos nossos dirigentes, Argemiro Pertence, mudou-se para Brasília, às suas expensas, para ajudar nesse trabalho. Também em 1995, FHC deflagrou o contrato e a construção do Gasoduto Bolívia-Brasil, que foi o pior contrato que a Petrobras assinou em sua história. FHC, como ministro da Fazenda do governo Itamar Franco, funcionou como lobista em favor do gasoduto. Como presidente, suspendeu 15 projetos de hidrelétricas em diversas fases, para tornar o gasoduto irreversível. Este fato, mais tarde, acarretaria o “apagão” no setor elétrico brasileiro. As empresas estrangeiras, comandadas pela Enron e Repsol, donas das reservas de gás na Bolívia, só tinham como mercado o Brasil. Mas a construção do gasoduto era economicamente inviável. A taxa de retorno era de 10% ao ano, enquanto o custo financeiro era de 12% ao ano. Por isso, pressionaram o governo a determinar que a Petrobras assumisse a construção. A empresa foi obrigada a destinar recursos da Bacia de Campos, onde a taxa de retorno era de 80%, para investir nesse empreendimento. O contrato foi ruim para o Brasil pelas seguintes razões: mudança da matriz energética para pior, mais suja; ficar dependente de insumo externo dominado por corporações internacionais, com o preço atrelado ao do petróleo e valorada em moeda forte. Foi ruim para a Bolívia, que só recebia 18% pela entrega de uma de suas últimas riquezas, a mais significativa. Evo Morales elevou essa participação para 80% (a média mundial de participação dos países exportadores é de 84%) e todas as empresas aceitaram de bom grado. E foi péssimo para a Petrobras que, além de tudo, foi obrigada a assinar uma cláusula de “Take or Pay”, ou seja, comprando ou não a quantidade contratada, ela pagaria por ela. Assim, por mais de dez anos, pagou por cerca de 10 milhões de metros cúbicos, sem conseguir vender o gás no mercado nacional. Ainda em 1995, o governo, faltando com o compromisso assinado com a categoria, levou os petroleiros à greve, com o firme propósito de fragilizar o sindicalismo brasileiro e a sua resistência às privatizações que pretendia fazer. Havia sido assinado um acordo de aumento de salário de 13%, que foi cancelado sob a alegação de que o presidente da Petrobras não o havia assinado. Mas o acordo foi assinado pelo então ministro das Minas e Energia, Delcídio Amaral, pelo representante do presidente da Petrobras e pelo ministro da Fazenda, Ciro Gomes. Além disso, o acordo foi assinado a partir de uma proposta apresentada pelo presidente da Petrobras. Enfim, foi deflagrada a greve, após muita provocação, inclusive do ministro do TST, Almir Pazzianoto, que disse que os petroleiros estavam sendo feitos de palhaços. FHC reprimiu a greve fortemente, com tropas do exército nas refinarias, para acirrar os ânimos. Mas deixou as distribuidoras multinacionais de gás e combustíveis sonegarem os produtos, pondo a culpa da escassez nos petroleiros. No fim, elas levaram 28% de aumento, enquanto os petroleiros perderam até o aumento de 13%, já pactuado e assinado. Durante a greve, uma viatura da Rede Globo de Televisão foi apreendida nas proximidades de uma refinaria, com explosivos, provavelmente pretendendo uma ação de sabotagem que objetivava incriminar os petroleiros. No balanço final da greve, que durou mais de 30 dias, o TST estabeleceu uma multa pesada que inviabilizou a luta dos sindicatos. Por ser o segundo maior e mais forte sindicato de trabalhadores brasileiros, esse desfecho arrasador inibiu todos os demais sindicatos do país a lutar por seus direitos. E muito menos por qualquer causa em defesa da Soberania Nacional. Era a estratégia de Fernando Henrique para obter caminho livre e sangrar gravemente o patrimônio brasileiro. 1995 — O mesmo Fernando Henrique comandou o processo de mudança constitucional para efetivar cinco alterações profundas na Constituição Federal de 1988, na sua Ordem Econômica, incluindo a quebra do monopólio estatal do petróleo, por meio de pressões, liberação de emendas, barganhas e chantagens com os parlamentares. Manteve o presidente da Petrobras, Joel Rennó, que, no governo Itamar Franco, chegou a fazer carta ao Congresso Nacional defendendo a manutenção do monopólio estatal do petróleo, mas que, no governo FHC, passou a defensor empedernido da sua quebra. As cinco mudanças constitucionais promovidas por FHC: 1. Mudou o conceito de empresa nacional. A Constituição de 1988 havia estabelecido uma distinção entre empresa brasileira de capital nacional e empresa brasileira de capital estrangeiro. As empresas de capital estrangeiro só poderiam explorar o subsolo brasileiro (minérios) com até 49% das ações das companhias mineradoras. A mudança enquadrou todas as empresas como brasileiras. A partir dessa mudança, as estrangeiras passaram a poder possuir 100% das ações. Ou seja, foi escancarado o subsolo brasileiro para as multinacionais, muito mais poderosas financeiramente do que as empresas nacionais. A Companhia Brasileira de Recursos Minerais havia estimado o patrimônio de minérios estratégicos brasileiros em US$13 trilhões. Apenas a companhia Vale do Rio Doce detinha direitos minerários de US$3 trilhões. FHC vendeu essa companhia por um valor inferior a um milésimo do valor real estimado. 2. Quebrou o monopólio da navegação de cabotagem, permitindo que navios estrangeiros navegassem pelos rios brasileiros, transportando os minérios sem qualquer controle. 3. Quebrou o monopólio das telecomunicações, para privatizar a Telebrás por um preço abaixo da metade do que havia gasto na sua melhoria nos últimos três anos, ao prepará-la para ser desnacionalizada. Recebeu pagamento em títulos podres e privatizou um sistema estratégico de transmissão de informações. Desmontou o Centro de Pesquisas da empresa e abortou vários projetos estratégicos em andamento, como capacitor ótico, fibra ótica e tevê digital. 4. Quebrou o monopólio do gás canalizado e entregou a distribuição a empresas estrangeiras. Um exemplo é a estratégica Companhia de Gás de São Paulo, a Comgás, que foi vendida a preço vil para a British Gas e para a Shell. Não deixou a Petrobras participar do leilão por meio da sua empresa distribuidora. Mais tarde, abriu parte do gasoduto Bolívia-Brasil para essa empresa e para a Enron, com ambas pagando menos da metade da tarifa paga pela Petrobras, uma tarifa baseada na construção do Gasoduto, enquanto que as outras pagam uma tarifa baseada na taxa de ampliação. 5. Quebrou o monopólio estatal do petróleo, por meio de uma emenda à Constituição de 1988, retirando o parágrafo primeiro, elaborado pelo diretor da Aepet, Guaracy Correa Porto, que estudava Direito e contou com a ajuda de seus professores na elaboração. O parágrafo extinto era uma salvaguarda que impedia que o governo cedesse o petróleo como garantia da dívida externa do Brasil. FHC substituiu esse parágrafo por outro, permitindo que as atividades de exploração, produção, transporte, refino e importação fossem feitas por empresas estatais ou privadas. Ou seja, o monopólio poderia ser executado por várias empresas, mormente pelo cartel internacional. 1996 — Fernando Henrique enviou o projeto de lei que, sob as mesmas manobras citadas, se transformou na Lei 9.478/97. Esta Lei contém artigos conflitantes entre si e com a Constituição Brasileira. Os artigos 3º, 4º e 21º, seguindo a Constituição, estabelecem que as jazidas de petróleo e o produto da sua lavra, em todo o território nacional (parte terrestre e marítima, incluído o mar territorial de 200 milhas e a zona economicamente exclusiva) pertencem à União Federal. Ocorre que, pelo seu artigo 26º — fruto da atuação do lobby, sobre uma brecha deixada pelo projeto de lei de FHC — efetivou a quebra do monopólio, ferindo os artigos acima citados, além do artigo 177 da Constituição Federal que, embora alterada, manteve o monopólio da União sobre o petróleo. Esse artigo 26º confere a propriedade do petróleo a quem o produzir. “O petróleo agora é vosso.” 1997 — Fernando Henrique criou a Agência Nacional do Petróleo e nomeou o genro, David Zylberstajn, que havia se notabilizado como Secretário de Minas e Energia do Estado de São Paulo, desnacionalizando várias empresas de energia por preços irrisórios, inclusive a Eletropaulo, vendida para a empresa americana AES que, para essa compra, lançou mão de um empréstimo do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e não pagou. Cabe salientar que, dos recursos do BNDES, 50% são originários do FAT — Fundo de Amparo ao Trabalhador — e foram emprestados a empresas estrangeiras para comprar empresas nacionais, que demitiram, em média, 30% dos trabalhadores. Ou seja, o FAT foi usado para desempregar os trabalhadores. Zylberstajn, no ato de sua posse, com o auditório cheio de empresas estrangeiras ou de seus representantes, bradou: “O petróleo agora é vosso”. Empossado, iniciou os leilões de áreas, já com alguma pesquisa feita pela Petrobras, com tal avidez entreguista que os blocos licitados tinham áreas 220 vezes maiores do que a dos blocos licitados no Golfo do México. Zylberstajn, inicialmente, mandou que a Petrobras escolhesse 10% das áreas sedimentares, de possível ocorrência de hidrocarbonetos, nas 29 províncias onde ela já havia pesquisado, para continuar explorando por mais três anos, quando, se não achasse petróleo, teria que devolvê-las à ANP. Depois de 6 meses de exaustivos estudos, a Petrobras escolheu as áreas que queria. Surpreendentemente, Zylberstajn, aproveitando que a atenção do país estava voltada para a Copa do Mundo de futebol, em realização na França, retomou 30% dessas áreas que a Petrobras havia escolhido, sob rigorosos critérios técnicos, pelos seus especialistas. Assim, a Petrobras passou a ter direito de explorar apenas 7% do total das rochas sedimentares brasileiras. Esse prazo de três anos se mostrou inviável e foi estendido para cinco anos. Nós publicamos informativos mostrando que as multinacionais tinham oito anos de prazo contra os três da Petrobras. 1998 — A Petrobras é impedida pelo governo FHC de obter empréstimos no exterior para tocar seus projetos — a juros de 6% a.a. —, e de emitir debêntures que visavam à obtenção de recursos para os seus investimentos. FHC cria o Repetro, por meio do Decreto 3.161/98, que libera as empresas estrangeiras do pagamento de impostos pelos seus produtos importados, mas sem, contudo, dar a contrapartida às empresas nacionais. Isto, somado à abertura do mercado nacional iniciada por Fernando Collor, liquidou as 5 mil empresas fornecedoras de equipamentos para a Petrobras, gerando brutais desemprego e perda de tecnologias para o País. Essas empresas haviam sido criadas por meio do repasse de tecnologia que a Petrobras gerava ou absorvia. A presença do fornecedor nacional facilitava em muito a operação da empresa. Ainda em 1998, seis empresas multinacionais (duas delas comandaram a privatização da YPF Argentina — Merryl Linch e Gaffney Cline) passaram a ocupar o 12º andar do prédio da Petrobras (Edise) para examinar minuciosamente todos os dados da Companhia, sob o argumento de que se tratava de uma avaliação dos dados técnicos e econômicos necessários à venda de ações da Empresa, em poder do governo. Durante dois anos, essas empresas receberam todas as informações que quiseram dos gerentes da Petrobras, inclusive as mais confidenciais e estratégicas, de todas as áreas. Reviraram as entranhas da Companhia, de uma forma jamais realizada em qualquer empresa que aliene suas ações. 1999 — Muda-se o estatuto da Petrobras com três finalidades: 1 - permitir que estrangeiros possam ser presidentes da empresa (Philippe Reichstul); 2 - permitir a venda de ações para estrangeiros; 3 - retirar os diretores da empresa do Conselho de Administração, colocando em seu lugar representantes do Sistema Financeiro Internacional, como Jorge Gerdau Johannpeter (comandante do lobby para a quebra do monopólio), Roberto Heiss, Paulo Haddad e outros; Reichstul inicia o mandato cancelando atabalhoadamente (propositalmente?) o contrato da empresa Marítima — fornecimento de seis plataformas para perfuração exploratória — um mês antes dela incorrer numa grave inadimplência. O cancelamento salvou a Marítima de pesadas multas e ainda deu a ela argumentos para processar a Petrobras, pedindo R$2 bilhões de indenização pelo incrível cancelamento. Ganhou em primeira instância. Reichstul viaja aos EUA com o ex-jogador Pelé e, juntos, fazem propaganda do lançamento e venda de ações da Petrobras em Wall Street; o governo vende, então, 20% do capital total da Petrobras, que estavam em seu poder. Posteriormente, mais 16% foram vendidos pelo irrisório valor total de US$5 bilhões. Como a “Ação Direta de Inconstitucionalidade” da Aepet contra o artigo 26, já mencionado, assinada pelo governador Roberto Requião (Paraná), foi derrubada, e a Petrobras é dona das reservas, em detrimento da União, esses acionistas incorporaram ao seu patrimônio um acervo de 10 bilhões de barris — 36% de 30 bilhões de barris nas mãos da Petrobras (incluindo 16 bilhões do pré-sal, já cubados) — os quais, pela Constituição pertencem à União. Como, agora, estamos no limiar do pico de produção mundial, o barril de petróleo, em queda temporária, vai ultrapassar os US$100, esse patrimônio transferido, gratuitamente, valerá mais de US$1 trilhão. Considerando que já existiam no mercado cerca de 20% das ações em mãos de testas de ferro, o governo, hoje, detém 54% das ações com direito a voto, mas apenas 40% do capital total da Petrobras (antes das mudanças, o governo detinha 87% do capital total da Companhia). O poder dos novos e felizardos acionistas de Wall Street os levam a exigir da Petrobras a quitação dos débitos que a Companhia tem com o Fundo de Pensão (Petros), de preferência pelo menor preço possível. Reichstul usa R$8 bilhões em títulos de longuíssimo prazo do governo (NTN tipo B, recebidos na privatização das subsidiárias da Companhia — prazos de 23 e 32 anos) e quita a dívida, financeiramente, mas não atuarialmente, pelo valor de face dos títulos. A Petrobras contabiliza a saída dos títulos por R$1,8 bilhão e o Fundo de Pensão os recebe por R$8 bilhões. Reichstul dobra o salário dos gerentes da Petrobras, amplia o número deles, e lhes dá poderes ilimitados para contratar empresas e pessoas. Ganha com isso o apoio para fazer todas as falcatruas que planejava. Desmonta a competente equipe de planejamento da Petrobras e contrata, sem concorrência, a Arthur De Little, empresa americana, presidida pelo seu amigo Paulo Absten, para comandar o planejamento estratégico da Companhia. Isto resulta numa série de desastres consecutivos. Entre eles, a compra de ativos obsoletos na Argentina, na Bolívia e em outros países. Os gerentes — cooptados — se fartam de contratar empresas e pessoas, sem controle. A terceirização atinge o estrondoso absurdo de 120 mil contratados, com nepotismo e corrupção, enquanto os empregados efetivos caem de 60 mil para cerca de 30 mil, seguindo a estratégia aplicada na Argentina, de enxugar para desnacionalizar. Abre-se acesso às entranhas da empresa para pessoas alocadas por empreiteiras e concorrentes estrangeiras. Reichstul tenta mudar o nome da empresa para Petrobrax, para facilitar a pronúncia dos futuros compradores estrangeiros. Causa uma reação de indignação nacional e recua. Mas segue a sua meta desnacionalizante e divide a empresa em 40 unidades de negócio, seguindo a proposta do Credit Suisse First Boston, apresentada ao Governo Collor, para a desnacionalização da Companhia. Pulveriza as equipes técnicas, desmantelando a tecnologia da empresa e preparando para, por meio do artigo 64 da Lei 9.478/97, transformar cada unidade de negócio em subsidiária e privatizá-las, como iniciou fazendo com a Refinaria do Rio Grande do Sul, a Refap. Essa privatização foi feita pela troca de ativos com a Repsol Argentina (pertencente ao Banco Santander, braço do Royal Scotland Bank Co.), onde a Petrobras deu ativos no valor de US$500 milhões — que avaliamos em US$2 bilhões — e recebeu ativos no valor de US$500 milhões, os quais, dois dias depois, com a crise da Argentina, passaram a valer US$170 milhões. A avaliação dos ativos foi feita pelo Banco Morgan Stanley, do qual Francisco Gros era diretor, acumulando, desde o início da gestão Reichstul, o cargo de membro do Conselho de Administração da Petrobras. Gros, segundo sua biografia publicada pela Fundação Getulio Vargas, veio para o Brasil, como diretor do Morgan Stanley, para assessorar as multinacionais no processo de privatização. Por meio de sindicalistas do Rio Grande do Sul, entramos com uma ação judicial na qual ganhamos a liminar, cassada, mas que interrompeu esse processo de desnacionalização. A gestão Reichstul levou a empresa a um nível de acidentes sem precedentes na sua história: 62 acidentes graves — em dois anos — contra a série histórica de 17 acidentes em 23 anos (1975 a 1998), segundo relatório publicado pelo Conselho Regional de Engenharia do Estado do Paraná. Nós pedimos investigação de sabotagem aos vários órgãos de segurança: Polícia Federal, Marinha, Procuradoria Federal. Não investigaram, mas os acidentes cessaram. 2001 — Reichstul, desgastado, dá lugar a Francisco Gros, que, ao assumir a presidência da Petrobras, num discurso em Houston, EUA, declara que, na sua gestão, “a Petrobras passará de estatal para empresa privada, totalmente desnacionalizada”. Gros compra 51% da Pecom Argentina, por US$1,1 bilhão, embora a dita empresa tenha declarado, publicamente, um déficit de US$1,5 bilhão; cria um sistema para mascarar acidentes, nos quais os acidentados não os possam reportar; tenta implantar um plano de Benefício Definido no fundo de pensão — Petros. Faz, ainda, um contrato de construção de duas plataformas com a Halliburton, com uma negociação obscura, sem concorrentes, que resulta, além de um emprego maciço de mão de obra estrangeira, em dois atrasos superiores a um ano e meio. Esses atrasos fizeram com que, pela primeira vez na história da empresa, houvesse uma queda de produção, fato ocorrido em novembro de 2004. Apesar desses atrasos, a Halliburton não pagou multa e ainda ganhou cerca de US$500 milhões adicionais da Petrobras, em tribunal americano. Com a eleição de Lula para a Presidência da República, antes da sua posse, houve uma renegociação em massa dos contratos de serviço em andamento, com novos prazos, superiores a quatro anos, de forma a criar uma blindagem ao novo governo, impedindo as reanálises, renegociações ou revogações dos contratos feitos sem concorrência, incluindo empresas ligadas aos amigos de alguns gerentes do governo FHC.” Fernando Siqueira, presidente da Associação dos Engenheiros da Petrobras em 26/5/2009. http://pocos10.com.br/?p=15838
    PIG Golpista!!!.
    ...(Continuar Lendo)
  • Alex Mendes

    em 02/01/2013 Via Google++
    Feliz ano novo


  • 1°" UMADASP" 2006 ASSEMBLEIA DE DEUS BELÉM AMPARO SP

    1° Congresso geral , inicio da "UMADASP" União da mocidade das Assembleia de Deus de Amparo SP. Lider Pr. Josimar, Vice Rafael Chaves, Regentes : Rafael Corr...

  • Fonte: Brasilturis Jornal em 22/11/2014

    Pronatec Turismo abre vagas para cursos em São Paulo
    O programa é do Ministério do Turismo e recebe, em São Paulo, o apoio da São Paulo Turismo (SPTuris, empresa municipal de turismo e eventos). Para o curso gratuito de camareira são oferecidas 35 vagas que podem ser preenchidas por aqueles que tiverem ...

  • Concerto Italiano | Semana da Família

    A programação da nossa Semana da Família começou com um lindo Concerto Italiano, no último domingo, dia 10 de agosto. A apresentação musical contou com a par...

  • Onde Comprar - São Paulo - Parte 1
    Amparo Ponto Natural http://www.pontonaturalbrasil.com.br/lojas/amparo Rua Albino Alves, 72, Centro - Amparo SP Tel: (19) 3807-7500 Araçatuba Mundo Verde http://www.mundoverde.com.br/categoria/nossas-lojas/?estado=SP Rua Floriano Peixoto, 320 Tel: (18) 3305...

    Onde Comprar - São Paulo - Parte 1
  • Brando Rizzo

    em 05/09/2014 Via Youtube
    Floresta Atlético Clube - Reabre suas piscinas em Amparo SP.

    Ao longo de seus 94 anos de existência, o Floresta Atlético Clube tornou-se um dos mais tradicionais da cidade e região, dispondo de uma ótima infraestrutura...

  • .


    Um Breve Estudo dos Chakras na Umbanda: ● Sua relação com os 7 Sentidos da Vida e com os Orixás; ● Regências dos Orixás sobre os órgãos do corpo físico. Tratamento energético. Introdução O que são chakras. Quando se formam. Os chakras são centros de energia ou canais receptores e transmissores da Energia Vital (prana, fluido universal, tchi etc.). São centros vitais para a saúde física, mental, emocional e espiritual do ser humano. A palavra chakra vem do sânscrito e significa roda. A um olhar clarividente, os chakras se apresentam como rodas de energia que ficam girando, localizadas em determinadas partes do corpo humano ou animal. Lembram "funis" receptores da Energia Vital e se estendem do corpo físico para fora. Os chakras se formam no Plano Elemental da Vida (3º. estágio da evolução humana) e se desenvolvem ao longo da nossa vida; ficando mais visíveis, desenvolvidos e funcionais na fase adulta do ser humano. Um bebê não tem todos os chakras bem definidos. Isso só irá acontecer na fase da infância. Já um idoso vai perdendo aos poucos a vitalidade dos seus chakras. E com a morte física, os chakras tendem a diluir-se, misturando-se com a Energia do Uiverso, voltando ao ponto de origem (“Na Natureza nada se cria, nada se perde; tudo se transforma”...). Os chakras funcionam interligados. No corpo físico, ligam-se a determinadas glândulas endócrinas, regulando o funcionamento dos órgãos corporais. Dividem-se em 7 Chakras Maiores e 21 Menores. Além desses, há muitos outros no corpo humano, alguns minúsculos. São chamados de “superiores” (maiores ou principais) os chakras que ficam nas regiões superiores do corpo: o Coronário (topo da cabeça), o Frontal (no meio da testa) e o Laríngeo (garganta). E de “inferiores” (menores ou secundários) são chamados os que ficam na parte inferior do corpo: o Esplênico (lado esquerdo do corpo, acima do baço), o Umbilical (ventre, altura do umbigo) e o Básico (área dos órgãos sexuais). Já o chakra Cardíaco (do coração) fica exatamente no meio, fazendo a ligação “terra/céu”, “homem/Deus”, “matéria/espírito”. Mas todos os chakras são igualmente importantes para a manutenção e a evolução da vida humana, eis que executam um trabalho conjunto de absorção e de transmissão das Energias Divinas. A Energia que entra em cada chakra é irradiada para os demais. Conforme se desenvolva espiritualmente, a pessoa irá gerar mudanças no funcionamento dos seus chakras. O desenvolvimento dos chakras superiores se estende aos inferiores, despertando a intuição e podendo desenvolver a clarividência e a clariaudição. Mudando a frequência vibratória dessa pessoa, os seus vícios tendem a cessar; e as amizades, relacionamentos, empregos e atividades vazios de conteúdo também irão desaparecendo. Os chakras contêm informações importantes sobre o nosso estado físico, emocional, mental e espiritual. Os Guias Espirituais, ao aplicar passes, atuam diretamente nas áreas de cada chakra, identificando os que estejam em desarmonia (a partir de alterações na cor que estão irradiando), para então limpá-los, reequilibrá-los e restabelecer a saúde energética e, por consequência, a saúde mental, emocional e física do consulente. Não se trata de “adivinhação”, mas de um trabalho técnico especializado. Quando em equilíbrio, os chakras trabalham alinhados, apresentam uma cor forte e brilhante e funcionam no sentido dos ponteiros do relógio. Quando em desequilíbrio, tendem a mover-se em sentido contrário ao habitual e podem reter negatividades que irão repercutir na estrutura inclusive física da pessoa. Há uma relação direta entre a natureza dos nossos pensamentos e emoções e o funcionamento dos chakras. Pensamentos negativos geram bloqueios e desequilíbrios nos chakras e na aura; já os positivos estimulam os centros de energia, trazendo saúde, energia e vitalidade à pessoa. Questão de sintonia. Pensamentos e emoções geram e atraem energias afins, desta e de outras dimensões. Quando equilibrados, atraem energias positivas, equilibradas. Já os pensamentos e emoções desequilibrados atraem energias igualmente desequilibradas (chamadas “negativas”). As energias atraídas sempre afetam o funcionamento dos chakras, alterando sua função, nível energético e movimento cíclico. Como visto, essas alterações serão positivas ou não, dependendo da nossa vibração pessoal. Os 7 Chakras Maiores Cada chakra tem um tipo de vibração e os respectivos nome, som cor, símbolo e frequência energética. A cor associada ao chakra refere-se à cor característica da sua vibração harmônica e corresponde ao tipo de Energia que nele é trabalhada. As cores dos 7 chakras maiores são associadas às do arco-íris. Os 7 chakras maiores são estes: 1º.)Chakra da cabeça ou da coroa – Coronário- Cor de vibração: violeta; 2º.)Chakra da testa, da sobrancelha ou terceiro olho – Frontal- Cor de vibração: índigo (=azul escuro ou cobalto); 3º.)Chakra do pescoço ou da graganta- Laríngeo- Cor de vibração: azul claro; 4º.)Chakra do coração – Cardíaco- Cor de vibração: verde; 5º.)Chakra do plexo solar ou gástrico ou do baixo ventre - Esplênico- Cor de vibração: amarelo; 6º.)Chakra do umbigo ou sacral- Umbilical- cor de vibração: laranja; 7º.)Chakra raiz ou da base – Básico- Cor de vibração: vermelho. Os 7 Chakras Maiores- Os 7 Sentidos da Vida- Os Orixás e Seus Fatores Na Umbanda se faz uma relação entre os chakras e os Orixás, a partir do Sentido da Vida correspondente a cada chakra. Cada chakra maior está relacionado a uma das 7 Vibrações Originais de Deus, também a uma das 7 Irradiações dos Tronos de Deus e a um dos 7 Sentidos da Vida: Fé, Amor, Conhecimento, Justiça, Lei, Evolução e Geração. A relação é esta: ●Chakra da Coroa (alto da cabeça)►Sentido da Fé. Regência do Orixá Oxalá. De forma complementar, nele também atua nossa Mãe Logunan (Oyá-Tempo). Absorve e transmite, sob a forma de Fatores, as Energias Divinas que alimentam o Sentido da Fé, inclusive despertando nos seres a autoconfiança, a autoestima etc. A Fé é base necessária para se viver e fazer qualquer coisa. Sem a Fé, nada se faz; ●Frontal (entre as sobrancelhas)►Sentido do Conhecimento. Regência do Orixá Oxóssi. De forma complementar, nele atua Mãe Obá. Absorve e irradia Fatores que alimentam o Sentido do Conhecimento (a busca da Expansão pelo aprendizado, em todos os aspectos, e sua aplicação positiva em proveito próprio e do próximo); ●Cardíaco (altura do coração)►Sentido do Amor. Regência do Orixá Oxum. O par complementar atuante é Pai Oxumarê. Absorve e irradia Fatores que promovem o estímulo do Amor Incondicional e a cura emocional (desperta os sentimentos amorosos e harmonizadores, a conciliação, o perdão, a compaixão, a fraternidade etc.); ●Da Garganta (laringe)►Sentido da Ordem (Lei Divina). Regência do Orixá Ogum. O par complementar é Mãe Yansã. Absorve e irradia Fatores Divinos que promovem a Ordenação, inclusive a partir da palavra. Ordenação, segurança, posicionamento perante o meio em que se vive; ●Esplênico (na altura do baço)►Sentido da Evolução. Regência do Orixá Obaluayê. Par complementar atuante: Mãe Nanã. Absorve e transmite Fatores Divinos que promovem a Transmutação de estados e condições vibratórias em desequilíbrio, de modo a torná-los positivos, favorecendo a evolução dos seres e dos meios em que vivem (transmutação, cura espiritual, emocional e física; retificação de rumos; evolução do ser em todos os aspectos); ●Umbilical (no ventre, região do umbigo)►Sentido da Justiça ou do Equilíbrio Regência do Orixá Xangô. Par complementar: Mãe Egunitá. Absorve e transmite Fatores Divinos que promovem o Equilíbrio energético dos seres, despertando-lhes o senso de Justiça e equidade, a razão equilibrada; ●Básico (área dos órgãos sexuais)► Sentido da Geração. Regência do Orixá Yemanjá. Par complementar: Pai Omolu. Absorve e transmite Fatores Divinos Geradores de Vida (sustentação e preservação da vida; criatividade; geração de idéias que propiciam novos caminhos ou possibilidades; geração de “saúde” em todos os sentidos; multiplicação e renovação celular perfeita e saudável). Os Fatores de Deus- Quando equilibrados, os chakras absorvem os Fatores de Deus, que carregam as Energias Divinas Originais indispensáveis à nossa existência e evolução. Em poucas palavras, cada Fator corresponde à menor partícula da Energia Divina Original, sendo capaz de realizar uma atuação específica. Cada Vibração Divina tem seu Fator específico. E cada Fator realiza aquilo que está contido na correspondente Qualidade Divina (Fé, Amor, Conhecimento, Justiça, Lei, Evolução e Geração). Por exemplos: ●Os Fatores de Pai Oxalá carregam a Energia da Fé, de forma pura e sutil, que é captada pelo chakra da Coroa. Esses Fatores são capazes de dar sustentação magnética (magnetizar) a tudo quanto existe, inclusive aos outros Sentidos da Vida. Estimulam a Fé nos seres humanos e o sentimento de autoconfiança, autoestima etc.; dão forma astral aos nossos projetos mais elevados, para que eles depois se concretizem no plano físico. Em contrapartida, sua atuação elimina o excesso de ansiedade, a insegurança, o medo etc. ●Já os Fatores de Mamãe Oxum nos alimentam com as Energias do Amor Divino, que nos faz olhar para nós mesmos e para o próximo com amor, compaixão, benevolência, fraternidade etc. O Apóstolo Paulo dizia que o Amor cura tudo (“Só o amor cobre a multidão dos pecados”). Quem vive amargurado, remoendo dores antigas, sabe o quanto o “desamor” nos prejudica. O perdão, que nasce do Amor, lava e liberta nossa alma e nos traz a cura emocional e física, promovendo a multiplicação celular harmoniosa em nosso corpo. Até os seres mais rebeldes e negativos são transformados por um gesto de amor verdadeiro. O chakra do Coração está no meio, centralizando e harmonizando as Energias dos demais chakras; a cor de vibração deste chakra é o verde, a cor da cura espiritual. Não é por acaso... Em princípio, portanto, cada chakra absorve e também irradia os Fatores do seu Orixá Regente. Logo, circulam em nós as 7 Energias Divinas Originais, alimentando de forma contínua a nossa Essência Divina, pelo trabalho harmonioso dos 7 chakras principais. Essas Energias são absorvidas pelo chakras e depois irradiadas para toda a nossa estrutura espiritual, mental, emocional e física, que são corpos interligados. Disso resulta a nossa sustentação nos 7 Sentidos da Vida, desde o aspecto espiritual até ao físico-orgânico. NÃO podemos ficar um instante sequer sem receber e absorver tais Energias. Mas para absorvê-las corretamente é preciso que haja equilíbrio em nossos chakras. A Atuação dos Orixás em cada Chakra Além do amparo do Orixá Regente de cada chakra, recebemos também as Energias dos demais Orixás, como um complemento de forças para nossa evolução. Porque Deus nos ampara de forma integral e completa, em todos os Sentidos da Vida. Daí dizer-se: “somos filhos de todos os Orixás”. Em cada chakra atuam o Orixá Regente e mais seis Orixás. Vale dizer: em todos e em cada um dos 7 chakras principais nós recebemos as 7 Vibrações Originais de Deus, pois só este conjunto de Energias garante nossa vida e evolução de forma integral e saudável. Mas o Regente de cada chakra NÃO muda. O que pode variar, em cada encarnação, é a posição dos outros seis Orixás em torno do Regente, dependendo das nossas necessidades de aprendizado naquela encarnação. Daí a importância de se estudar os chakras. Aprender quais órgãos do nosso corpo eles regem; como realinhá-los e reequilibrá-los, para absorvermos de forma satisfatória as Energias Divinas indispensáveis à nossa saúde e equilíbrio geral. Isso pode ser feito de várias formas, inclusive a partir de orações e oferendas ao Orixá Regente do Sentido da Vida relacionado àquele chakra. Relação entre os Orixás, os 7 chakras e os nossos órgãos físicos Recapitulando: Os 7 chakras maiores estão relacionados aos 7 Sentidos da Vida e a órgãos do corpo humano, sob a Regência de determinado Orixá. Vejamos quais os órgãos governados pelos 7 chakras e como invocar a bênção do Orixá Regente de cada chakra, buscando auxílio energético para tratar problemas nesses órgãos, bem como as questões emocionais envolvidas (pois o desequilíbrio emocional pode gerar doenças físicas). É claro que esse tratamento energético NÃO exclui e nem substitui o tratamento médico específico. Mas funciona como um complemento importante, já que iremos cuidar de Energias Divinas que nos amparam desde a nossa geração em Deus. Fé e bom senso podem e precisam andar juntas... CORONÁRIO- Sentido da Fé- Regência: Orixá Universal OXALÁ. Pai Oxalá é o Trono Masculino da Fé. Ele irradia a Fé o tempo todo e ampara os seres que vivem de forma equilibrada este Sentido da Vida. Seu Fator Magnetizador dá sustentação a todas as coisas (magnetismo=vibração=vida). A Irradiação da Fé desperta em nós o sentimento da fé no aspecto de espiritualidade/religiosidade, mas também a autoconfiança, a autoestima, a capacidade de perdoar a si mesmo e aos outros, a aceitação daquilo que no momento não podemos mudar, a paz e a tranquilidade íntimas etc.; afastando a ansiedade, a insegurança, os medos excessivos e os sentimentos e emoções negativos afins. Tendo Fé, confiamos na Vida e em nós mesmos, não tememos o futuro, não nos colocamos “nas mãos dos outros”. Pai Oxalá congrega os seres em torno de um ideal, no campo específico da Fé e também nos demais setores da vida humana. A Sua Luz Cristalina dá a estrutura e a forma astrais necessárias para a concretização desses ideais em nossa realidade. Tudo se forma primeiro no Astral, com a Luz de Oxalá, e depois se projeta aqui, pois tudo tem a Essência Divina como sustentação. Por isso também é que dizemos que Oxalá é o Senhor das formas. Para concretizar um objetivo saudável e positivo, precisamos nos dedicar a isto e pedir que Pai Oxalá nos abençoe com a Luz Cristalina, para que esse projeto ganhe forma no Astral e depois se concretize em nossa vida. Pode ser no campo da saúde, da família, dos relacionamentos, do trabalho etc., pois a Vibração Divina da Fé (representada por Oxalá) atua sobre todos os Sentidos da Vida. Sobre o chakra Coronário Localização: Topo da cabeça. Abre-se para o alto, no sentido vertical. Na Umbanda, é o que chamamos de “a coroa do médium”. Importância deste chakra: É o primeiro chakra a receber os estímulos do Espírito, pelas Irradiações da Fé- que é fundamental para tudo que se deseje alcançar. Abre-se em forma de funil para o Universo, representando a ligação entre o ser humano e o Divino, a espiritualização do ser. É considerado o centro energético mais importante do corpo humano. Faz a união entre a Energia Vital e os demais chakras: a Energia Vital entra por ele e se espalha aos demais chakras. É representado por uma coroa, capacete ou flor de lótus que se abre para o céu, simbolizando o despertar da espiritualidade e da consciência humana. Bom funcionamento deste chakra- Faz perceber que a Luz Divina está em nós e que somos parte do Todo. Desperta a Fé e favorece a cura da ansiedade, de fobias inexplicáveis, da depressão, de transtornos nos pensamentos, de dores de cabeça crônicas, de insônia etc. Tendo-o em equilíbrio, não só nos tornamos receptores da Energia Vital, mas também passamos a irradiá-la aos outros seres e ao planeta. Isso nos permite atingir níveis superiores de meditação. Quando o Coronário se desenvolve simultaneamente com o chakra Frontal, a pessoa tem grande capacidade de raciocínio e de intuição. Mau funcionamento deste chakra- A pessoa se anula para a vida, perde o contato com a realidade e não consegue idealizar mais nada. Sua vida pode ser dominada pelo medo, trazendo-lhe desarmonia interior, infelicidade e desilusão, que se difundirão aos demais chakras, desequilibrando-os e às vezes gerando doenças de foro mental, fobias, dores de cabeça ou enxaquecas de difícil tratamento. Daí a importância da meditação (orações, relaxamento etc.), para afastarmos a ansiedade, o medo, os sentimentos de rejeição, de insegurança e de incerteza. Abrir o coração, buscando uma sintonia elevada e o desenvolvimento do ser Divino que habita em todos nós. Glândula relacionada: PINEAL (ou epífise)- Esta glândula é pequena como uma ervilha e tem a forma de pinha – daí o seu nome. Tem a mesma estrutura básica dos nossos órgãos visuais, sendo considerada como “um terceiro olho”. Até bem pouco tempo acreditava-se que era um órgão atrofiado e de funções indefinidas. Mas os cientistas descobriram muitas funções importantes nesta glândula: ●semelhante a uma antena, a pineal capta radiações eletromagnéticas da lua (que regula ciclos menstruais, por exemplo) e as radiações eletromagnéticas do sol; ●desperta a produção de substâncias neurotransmissoras que estimulam a atividade física e mental; ●ativa a produção de hormônios sexuais no início da puberdade, dando início ao ciclo da reprodução humana. ●Está presente também nos animais, captando os campos eletromagnéticos da Terra e orientando as migrações das andorinhas e das tartarugas, por exemplos. Outras funções importantes relacionadas à glândula pineal foram descobertas em pesquisas realizadas pelo DR. SÉRGIO FELIPE DE OLIVEIRA, que é Psiquiatra, Mestre em Ciências pela USP, Diretor-Clínico do Instituto “Pineal Mind” (SP) e também Diretor-Presidente da Associação Médico-Espírita de São Paulo. Diz o Dr. Sérgio: “A pineal é capaz de captar campos eletromagnéticos não apenas desta dimensão onde vivemos - que é a terceira-, mas também de outras dimensões do Universo, acessando campos espirituais e sutis”. ●Em outras palavras: a pineal capta vibrações que estão além da realidade física e, portanto, está associada aos fenômenos mediúnicos (clarividência, telepatia etc.), já que a mediunidade é justamente a capacidade de entrar em contato com energias de dimensões não-físicas. Isso acontece porque a glândula pineal tem cristais de apatita na sua estrutura. O Dr. SÉRGIO explica o seguinte: ●O cristal de apatita capta campos eletromagnéticos; e o Plano Espiritual age por meio desses campos. A interferência Divina sempre acontece obedecendo às leis da própria natureza; ●Os médiuns, pessoas capazes de entrar em contato com outras dimensões, apresentam maior quantidade de cristais de apatita na pineal. Os iogues e místicos têm menor quantidade. E ninguém pode aumentar ou diminuir essa concentração de cristais, pois ela é uma característica biológica, assim como a cor dos olhos e dos cabelos; ●A glândula é um receptor poderoso. Mas quem decodifica as informações recebidas são outras áreas do cérebro, como o córtex frontal cerebral. Sem essa interação, as informações recebidas não são compreendidas. Por isso, os animais recebem tais informações, mas não as decodificam, já que as outras partes do cérebro deles não têm esse atributo. Cor de vibração do Coronário: Violeta- que é a frequência mais elevada, entre as sete cores do arco-íris. Partes do corpo regidas pelo Coronário: Cérebro, cerebelo. Tratamento energético― Fazer orações ao Pai Oxalá, pela obtenção do equilíbrio deste chakra e o favorecimento da cura desejada. Pedir as bênçãos de Oxalá para o fortalecimento da nossa Fé, autoconfiança e autoestima; pedir paz, calma, serenidade; pedir perdão para si (caso se arrependa de alguma conduta ou pensamento) e perdoar a quem nos tenha magoado, traído etc.; pedir o equilíbrio espiritual, mental, emocional e físico, pois isso favorecerá a cura. Firmar 1 vela violeta (chakra) e à direita dela 1 vela branca (ou dourada) para Oxalá. Colocar um copo com água na frente da vela de Oxalá, pedindo que seja imantada e consagrada, e beber quando as velas queimarem. O ideal é que se repita isso por 21 dias seguidos; tempo necessário para que o corpo físico assimile as Energias, mude seu padrão vibratório e a cura seja alcançada. Pode ocorrer a cura em tempo inferior, como em tempo maior. Mas a experiência indica que o mínimo desejável é fazer por 21 dias. Isto vale para todos os chakras. Essa é uma forma simples de se trabalhar. E a experiência tem mostrado que muitas vezes é melhor seguir o simples, pois tudo o que vem de Deus opera com naturalidade e simplicidade. Mas pode ser feito um triângulo de velas, também simples: ● 3 velas de Oxalá (brancas, ou douradas) fazendo o triângulo; ●vela violeta (chakra) no centro do triângulo; ●copo com água, para bênção e imantação, no centro do triângulo. Beber a água quando as velas queimarem. Repetir por 21 dias. Podemos adicionar outros elementos de Pai Oxalá: ervas, flores brancas, frutas de polpa branca etc. Tais elementos podem ser colocados como oferenda, para reverterem suas energias em nosso benefício. Neste caso, NÃO usamos depois as ervas e flores e NÃO ingerimos as frutas, pois todo o seu prana será extraído pelo Orixá e transformado em energias curadoras. Quando as velas queimarem, agradecemos, recolhemos o material e levamos ao lixo. Outra possibilidade é colocá-los com o pedido específico de que sejam abençoados e imantados para o nosso uso pessoal, visando à cura: em banhos e defumações (ervas e flores); ou para serem ingeridos (frutas). Fundamental não é a quantidade de elementos, mas a oração sincera no ato de pedir a bênção do Orixá. (Isto vale para todos os chakras e seus respectivos Regentes.) FRONTAL - Sentido do Conhecimento- Regência: Orixá Universal OXÓSSI. Pai Oxóssi é o Trono Masculino do Conhecimento. Irradia o Conhecimento e ampara os seres que agem de forma equilibrada neste Sentido da Vida (que procuram aprender e transmitem o conhecimento adquirido, que fazem bom uso do conhecimento). Pai Oxóssi é o Senhor do Reino Vegetal. É também um dos Orixás do Trono Medicinal ou da Cura. É o “Caçador Divino” que nos faz encontrar o caminho da abundância, da fartura e da prosperidade em todos os sentidos, a partir do espiritual. Isso nos abre também os caminhos da cura para os males físicos, emocionais e espirituais. Seu Fator principal é o Expansor, que atua em nosso mental e nos leva a buscar o aprendizado em todos os sentidos. O Sentido do Conhecimento nos integra no Todo, nos dá uma visão ampliada de todas as coisas e da nossa própria existência, sendo um caminho de cura, no aspecto mais amplo da palavra. Sobre o chakra Frontal Localização: Fica entre as sobrancelhas. Posição horizontal, ele se abre para frente e para trás. Importância deste chakra: O Frontal é expansor e atua equilibrando as nossas várias percepções, entre elas: visão, audição, tato e a rede de processos da inteligência que dizem respeito à palavra, à cultura, à arte e ao saber. É o berço da consciência, da intuição, das percepções extra-sensoriais e da imaginação. Governa o nosso sistema nervoso central. No nível físico, é considerado o centro de energia mais importante do corpo. Este chakra nos ensina a valorizar o pensamento humano como forma de poder e de energia. Os pensamentos humanos são providos de vida e de energia própria. O poder da nossa intenção dá vida aos pensamentos. Precisamos aprender a manter pensamentos claros e positivos. Bom funcionamento deste chakra- Dá forte intuição, hipersensibilidade, clarividência e capacidade de percepção. Ajuda a pessoa a encarar a vida sob um novo prisma, dando mais atenção para as suas capacidades extra-sensoriais, para o funcionamento das energias no corpo e no Universo e para as percepções desta e de outras realidades existenciais. Mau funcionamento deste chakra- Causa perda de perspectiva, incapacidade de se focar num objetivo. Quando o desequilíbrio é acentuado, leva a pessoa ao excesso de racionalização, a analisar tudo em detalhes, tornando-se fria, arrogante e distante. Idéias de natureza espiritual serão rejeitadas. No íntimo, ela pode sentir-se atraída por temas ligados ao Divino, mas construiu barreiras baseadas “na lógica” para se proteger destas idéias e isto a impede de considerar a própria espiritualidade. Pessoas assim podem ter os sentidos relacionados ao chakra pouco desenvolvidos (audição, visão, fala, paladar, toque, intuição). Um bloqueio grave neste chakra geralmente causa bloqueios também no chakra Esplênico (gástrico ou do plexo solar), no chakra do Coração e no chakra da Coroa. Um tratamento energético numa pessoa que rejeita o lado espiritual da vida precisa ser feito também e simultaneamente nesses três chakras. Glândula relacionada: A Pituitária- que governa a atividade secretória do corpo e controla o funcionamento das restantes glândulas. Cor de vibração do Frontal: Índigo ou azul escuro. Partes do corpo regidas pelo Frontal: Olhos, ouvidos, nariz, sobrancelhas, face, sistema nervoso central, cerebelo. Tratamento energético― Fazer orações ao Pai Oxóssi pelo equilíbrio deste chakra e a cura pretendida. Pedir o equilíbrio do mental e clareza de pensamentos; disposição para estudar e aprender em todos os sentidos; foco e determinação nos objetivos; a limpeza de pensamentos negativos; o despertar da vontade de se autoconhecer e de aprender com a Vida e sobre o real significado desta existência; pedir o equilíbrio da mediunidade e seu desenvolvimento harmônico e produtivo (para os médiuns ativos e os em desenvolvimento). Firmar 1 vela azul escuro (chakra) e à direita dela 1 para o Orixá (verde). Na frente da vela de Pai Oxóssi, colocar um copo com água, para bênção e imantação, e beber quando as velas queimarem. Repetir por 21 dias. Também se pode fazer um triângulo: ● 3 velas verdes (Oxóssi) e no centro do triângulo 1 vela azul escuro (chakra); ●copo com água, para bênção e imantação, no meio do triângulo. Beber a água quando as velas queimarem. Repetir por 21 dias. A pessoa pode colocar seu nome no triângulo, dentro de um copo com sumo de ervas (frescas, de preferência). Outros elementos de Pai Oxóssi podem ser colocados: ervas, água mineral, vinho (branco, ou tinto doce), pembas (brancas e/ou verdes), cristal verde (Quartzo Verde, Esmeralda), flores, frutas. LARÍNGEO- Sentido da Ordem (Lei Divina)- Regência: Orixá Universal OGUM. Pai Ogum é o Trono Masculino da Lei. Irradia a Lei Divina, afasta o caos e abre caminhos, por meio do Fator Ordenador, além de amparar e sustentar os seres que vivem de forma equilibrada este Sentido da Vida. O Fator Ordenador de Pai Ogum nos ajuda a vencer nossas trevas e bloqueios interiores (as verdadeiras “demandas”, pois a maior luta que enfrentamos é com o nosso íntimo!) e também nos protege dos obstáculos externos, quando vivemos de acordo com os ditames da Lei Divina. Sobre o chakra da Garganta Localização: Zona da garganta e do pescoço. Tem o seu ponto de origem na vértebra cervical. Posição horizontal, ele se abre para frente e para trás, como um funil alongado. Importância deste chakra: É o chakra ordenador. Está ligado ao poder da palavra, à Vontade Divina (Lei) e à colocação do ser perante a sociedade. Regula a capacidade pessoal de comunicação e a capacidade de “ouvirmos a voz interior do Divino”. Através dele transmitimos nossas percepções do mundo e nossas emoções aos demais seres humanos. Está associado a todo o tipo de expressão humana: agressividade, choro, riso, ira etc. Rege todas as formas de expressão relacionadas com as artes (linguagem gestual ou mímica, música, canto, dança, teatro etc.). Bom funcionamento deste chakra- Favorece a comunicação e a expressão ativa das idéias: a pessoa tem facilidade de conversar, de argumentar e de participar de discussões salutares sobre novas idéias e novos conhecimentos. Não se deixa constranger pelas suas emoções, pensamentos, sentimentos ou sensações. Consegue expressar suas idéias, vontades e a sua criatividade. Sente-se inspirada, viva, feliz e capaz de ultrapassar com tenacidade todas as crises que possam surgir. Mau funcionamento deste chakra- Dificuldade de expressão. A pessoa se fecha, não consegue se livrar da angústia. Significa, acima de tudo, uma incapacidade de expressão dos sentimentos e emoções mais profundos. Sentindo-se incapaz de dizer NÃO aos outros, ao longo da vida a pessoa absorve frustração, insatisfação, sofrimento e agressividade. Pode tornar-se passiva, incapaz de aceitar novos desafios ou de expressar suas necessidades, e acabar atraindo indivíduos inescrupulosos e controladores. Ou tornar-se excessivamente intelectual, solitária e introvertida, por receio de demonstrar sua afetividade. Pessoas com esse tipo de bloqueio costumam julgar a si mesmas com muita frequência, são duras consigo mesmas. Bloqueios importantes neste chakra deixam a voz da pessoa mais agressiva, às vezes até com mudanças bruscas de timbre (passando de um tom grave para agudo, e vice-versa), provocando mais constrangimento e introversão. Persistindo o bloqueio, podem surgir outros sintomas físicos: dor de ouvido, problemas de audição, problemas vocais e na garganta, dores nas costas, problemas na parte superior dos pulmões, bronquite, laringite, faringite, asma etc. Ao querer expressar-se, a pessoa pode gaguejar, ou sentir um nó na garganta, ou dor na parte superior do tórax, tudo por sua resistência interior à comunicação como forma de expressão das suas necessidades. Muitas vezes possui uma natureza talentosa para a escrita, a poesia e as artes no geral, mas não consegue expressar-se verbalmente. Precisará fazer um esforço consciente para desenvolver sua autoestima e autoconfiança, confiar mais na própria intuição, além de treinar a voz (cantando, conversando mais com os outros). O medo de se expressar leva a pessoa a se esconder num mundo de fantasias, criando muros invisíveis de proteção contra julgamentos e críticas alheias. Para vencer isso, ela precisará ser mais expressiva no geral e mais honesta diante dos próprios sentimentos, idéias e necessidades. Precisará, em primeiro lugar, aceitar-se e aprender a expressar suas opiniões e comunicar de forma honesta e direta os seus pensamentos e sentimentos. Glândula relacionada: Tiróide- que regula a transformação e a digestão da comida, equilibrando os níveis de cálcio e iodo em nosso organismo e no sangue. Cor de vibração do Laríngeo: Azul céu. Partes do corpo regidas pelo Laríngeo: Garganta, ouvidos, pescoço, voz, maxilares, tubos branquiais, traquéia, parte superior dos pulmões, braços, esôfago. Tratamento energético― Pedir as bênçãos de Pai Ogum para a cura desejada. Pedir que Ogum venha despertar e fortalecer nossa determinação de agir, enfrentar obstáculos e encontrar soluções. Pedir coragem para enfrentar a dificuldade enquanto ela durar, caso mais nada se possa fazer naquele momento. Que Pai Ogum nos ajude a dar bom uso à palavra, pois ela tem o poder de realizar. Que nos ajude também a ouvir a nossa “voz interior”. Que nos ajude a ouvir os outros e saber selecionar o que nos convém, para não guardarmos e nem repetirmos palavras vazias ou carregadas de negatividade. Que Pai Ogum nos ajude a fazer isso, para obtermos o amparo da Lei Divina. Firmar 1 vela azul claro (chakra) e à direita dela 1 vela para Ogum (azul escuro, ou então vermelha). Na frente da vela do Orixá, colocar um copo com água, para bênção e imantação, e beber quando as velas queimarem. Repetir por 21 dias. Também se pode fazer um triângulo: ● 3 velas para Ogum (azul escuro, ou vermelha) e no meio 1 azul claro (chakra); ● copo com água, para bênção e imantação, no centro do triângulo. Beber a água quando as velas queimarem. Repetir por 21 dias. Podemos utilizar outros elementos de Pai Ogum: ervas (espada e lança de São Jorge etc.), frutas, pedras, água de rio, água mineral, vinho tinto, cerveja branca, pembas (branca, vermelha e/ou azul escuro). CARDÍACO- Sentido do Amor- Regência: Orixá Universal OXUM. Mãe Oxum é o Trono Feminino do Amor. Irradia o Amor Divino para toda a Criação, além de amparar os seres que vivem este Sentido da Vida de forma equilibrada. Oxum promove a atração e a união dos seres e elementos, pela atuação do Fator Agregador. Por isso, é considerada a Mãe da concepção (atrai, une e faz conceber). Falar sobre a Vibração do Amor Divino é tarefa para Iluminados... Aqui nos arriscamos a dizer que Ele é tudo quanto nos salva, é a chama que nos resgata, que nos acalenta, que nos alimenta, que nos integra ao meio e ao Todo, que cura todas as nossas dores, principalmente as mais profundas. Disse o poeta: “sem amor, eu nada seria...”. O Amor da Mamãe Oxum é tudo isso e muito mais: é o Amor de Deus por nós e por toda a Criação; é a Fraternidade; é a Compaixão; é a Fonte do Perdão que nos liberta; é a chave de atração da Prosperidade espiritual e material, enfim, de todas as coisas mais puras e belas que possa haver; é o Bálsamo; é o Mistério Divino que agrega partículas, elementos, seres, tudo, para a construção do Universo. É o Ouro de Deus! Que, pela Misericórdia Divina, saibamos atrair este Amor para as nossas vidas e curar todos os males que possamos estar enfrentando. Que assim seja! Sobre o chakra do Coração Localização: Zona do coração. Posição horizontal, ele se projeta para frente e para trás. Importância deste chakra: Está ligado aos sentimentos (afetividade) e ao sistema circulatório, é agregador. Rege o nosso desenvolvimento espiritual e o funcionamento das nossas emoções e sentimentos. Desperta as noções de amor, simpatia, compaixão, devoção, amor incondicional, paz, altruísmo, perdão, generosidade, necessidade de compartilhar, amor pela liberdade, desapego dos bens materiais, amor pela vida, amor pela natureza, amor pela beleza e pelas artes em geral. Também está ligado à nossa capacidade de enfrentar as adversidades da vida, sem nos prendermos a mágoas, ressentimentos, decepções etc. É um centro energético poderoso, porque faz a ligação entre a parte inferior e a parte superior do organismo. Está no meio do corpo, simbolizando a ligação harmônica entre o ser humano e Deus, entre a matéria e o Espírito. Em equilíbrio, ele nos dá “imunidade” contra todos os males. Bom funcionamento deste chakra- A pessoa fica aberta e receptiva à vida, é flexível, aceita a si mesma e aos outros de modo natural, com humildade, simplicidade e compaixão. Pessoas com este chakra aberto revelam qualidades de terapeutas, têm grande potencial de curarem a si mesmas e aos outros. Em harmonia, o Cardíaco favorece o equilíbrio dos demais chakras e gera os chamados "milagres" ou curas rápidas, auxiliando a pessoa a transformar radicalmente sua vida, de modo positivo e construtivo. O desenvolvimento conjunto do chakra do Coração e do Frontal nos traz grandes alegrias, nos leva a descobrir capacidades intuitivas e paranormais, a desenvolver uma inteligência superior e a estreitar nossos laços de união com os outros seres e o Criador. Mau funcionamento deste chakra- Traz angústia, medo, palpitações, e pode levar a um quadro de pânico. Quanto acentuado o desequilíbrio do chakra, a pessoa perde a autoestima, vive insatisfeita, deprimida, em desilusão constante, melancólica, inerte, não consegue mais separar razão e emoção. Cai na lamentação, sente-se “vítima” do mundo e daqueles que a rodeiam, não se sente valorizada, acredita que dá muito de si aos outros e recebe pouco ou nada em troca, sofre um vazio interior. Tem dificuldade em expressar seus sentimentos, teme ser rejeitada. Isso gera sentimentos de impotência, insegurança e dependência, pois a pessoa não sentirá força interior para conduzir mudanças em sua vida, preferindo fechar-se a se tornar mais flexível. Nas relações amorosas, dará tudo de si aos outros sem aceitar nada de volta, sinal evidente de desequilíbrio interior. Repetir este ciclo vicioso torna a pessoa pessimista em relação ao amor, perpetuando desilusões amorosas e esperando sempre o pior dos outros. Glândula relacionada: Timo- que regula e controla o sistema linfático e fica bem no centro do nosso peito, acima do coração. JOSÉ ALVAREZ MOSIG (www.ogrupo.org.br/9-artigos-timo) apresenta um estudo sobre a importância da glândula Timo. Abaixo, um resumo do texto: O Timo é um órgão do sistema imunológico encarregado de detectar e repelir a invasão de diferentes tipos de microorganismos (vírus, bactérias, fungos, protozoários, vermes, etc.). Situado no peito, atrás do osso esterno, o Timo produz os linfócitos-T, chamados assim por serem derivados do Timo (T, de timo-derivados). Além dos linfócitos-T, existem em nosso organismo outros tipos de linfócitos envolvidos na produção dos anticorpos que o Timo não produz- como os linfócitos-B. No entanto, os linfócitos-T, produzidos pelo Timo, constituem os elementos centrais no funcionamento do sistema imunológico. Sua ausência (ou a ausência do Timo) frequentemente resulta na morte do indivíduo. Prova a sua importância o quadro da AIDS, em que o vírus HIV destrói gradualmente parte dos linfócitos-T e determina a queda progressiva das defesas do organismo e a morte do indivíduo. O Timo já está presente desde o nosso nascimento e tem um papel fundamental do fim da gestação à infância. Ele começa a regredir na adolescência, de forma que no indivíduo idoso sobra apenas um pequeno resto atrofiado. No entanto, isso não acarreta nenhum problema para o organismo, pois os linfócitos-T já foram distribuídos pelo Timo por todo o corpo, onde irão exercer sua importante função durante toda a vida do indivíduo. De forma metafórica podemos dizer que, na vida adulta, o timo está “distribuído” por todo o organismo. Os linfócitos-T reconhecem e eventualmente destroem qualquer entidade molecularmente diferente das estruturas moleculares próprias do indivíduo. Essa capacidade é uma das características fundamentais das células do sistema imunológico. Mas no caso dos linfócitos-T, esta capacidade não é geneticamente determinada, mas é aprendida durante seu desenvolvimento no Timo. O Timo é, portanto, “o educador” que garante o respeito à identidade molecular do organismo. ►Este texto mostra que o chakra do Coração rege uma glândula que nos dá imunidade. Podemos entender que o Amor nos dá imunidade. Isto é de fundamental importância. Vale a pena nos dedicarmos a aprender a equilibrar nossos sentimentos e emoções. Não carregar ressentimentos, mágoas, tristezas, rancores, falta de perdão, ódio etc., que abatem nossa “imunidade” espiritual e física. ●Segue um exercício para estimular o funcionamento do Timo, ensinado pelo terapeuta e espiritualista DÁRCIO CAVALLINI, no seu livro “SOS Espiritual”, e que nos ajuda a recuperar a capacidade de vivenciar o amor na sua plenitude: ►De olhos fechados, bater levemente no centro do peito, com a mão ou a ponta dos dedos. Imaginar que estamos expandindo nossa aura e o nosso campo de proteção energética. Assim despertamos a capacidade de distribuir Amor e aumentamos nosso campo de proteção espiritual. Quando estamos na sintonia do Amor, ficamos inteiros, integrados em todos os nossos "eus". E nesta condição podemos tudo, não temos limite (Fonte: site do Instituto Bio Segredo). Cor de vibração do Cardíaco: Verde. Partes do corpo regidas: Coração, pulmões, sistema imunológico, peito, tórax, cavidade torácica, parte superior das costas, ombros, sangue, pele, mãos e sistema circulatório geral. Tratamento energético― Pedir as bênçãos da Mamãe Oxum para o equilíbrio deste chakra e a cura desejada. Rogar a Oxum que nos faça mais amorosos, compassivos e generosos; que nos ajude a perdoar a nós mesmos pelos nossos erros e perdoar aos outros; que nos ajude a desenvolver amor e gratidão pela nossa vida, para obtermos a cura de males espirituais, mentais, emocionais e físicos que estejam nos afetando. Firmar 1 vela verde (chakra) e à direita dela 1 para Oxum (cor-de-rosa, ou amarelo-ouro, ou dourada). Colocar um copo com água na frente da vela do Orixá, para bênção e imantação, e beber quando as velas queimarem. Repetir por 21 dias. Também é possível firmar um triângulo: ● 3 velas de Oxum (1 rosa, 1 amarelo-ouro e 1 dourada) e 1 vela verde (chakra) no meio; ●copo com água, para bênção e imantação, no centro do triângulo. Beber a água quando as velas queimarem. Repetir por 21 dias. Outros elementos de Oxum que podem ser utilizados: água de cachoeira, água mineral, pembas (branca, rosa, amarela e/ou dourada), ervas, flores, frutas, mel. Tudo precisa ser feito com uma oração sincera, visando ao equilíbrio do chakra do coração, para o pleno funcionamento dos sistemas imunológico e circulatório, o fortalecimento de todo o organismo e a cura da doença. Seguir a intuição quanto à cor das velas e aos elementos. ►Observação: A cor do Chakra do Coração é o VERDE- que na Umbanda relacionamos com a cura. Já as cores associadas a Oxum são: o cor-de-rosa (usado para atrair o Amor da Mãe Divina, num aspecto mais espiritual e profundo); o amarelo-ouro e o dourado (para atrair a prosperidade em sentido espiritual e também material). Logo, neste chakra estão as chaves da Cura e da Prosperidade, pelo exercício do Amor. ●Sugestões: Muitos dos problemas humanos estão relacionados a questões emocionais e/ou sentimentais. Seguem algumas sugestões de exercícios que nos ajudam a curar este Sentido da Vida: ►Durante o tratamento, pode-se repetir este pensamento de ANDRÉ LIMA: “Sempre que cometo um erro, eu aprendo o que posso; me perdoo; perdoo a quem me feriu e sigo em frente”. Repetir durante o dia, especialmente ao deitar-se. Os momentos anteriores ao sono são essenciais para a fixação de padrões positivos de pensamentos e a renovação de padrões negativos. (V. O site de ANDRÉ LIMA, Terapeuta em EFT- Técnica de Libertação Emocional-, para obter outras informações importantes.) ►Outra forma é a repetição do Nome “OXUM”, a Divina Regente do Cardíaco. Repetir séries de três em três, em voz alta, como um mantra, na intenção do equilíbrio deste chakra. ►WAGNER BORGES, no site “Somos Todos Um”, ensina um exercício para equilibrar o chakra do coração, intitulado “O Abraço de Jesus“, que transcrevo abaixo: “Se você gosta de Jesus, então faça um pequeno exercício de visualização e sensibilização dos chacras do coração e das mãos. De olhos fechados e pensamento elevado, imagine a figura de Jesus à sua frente. Não se prenda a nenhum convencionalismo sobre a forma d'Ele. Não importa como você O visualiza; importa mais o que você expressa. Visualize-o como queira: menino, mestre, amigo espiritual, ou ser de luz, tanto faz... Ah, vale muito mais o que você sente, em Espírito e Verdade. A forma é relativa, mas o Amor é a essência vital. Então, visualize que Ele vem ao seu encontro e lhe abraça, bem apertadinho. E você se entrega nesse amplexo, de coração a coração. E suas mãos se enchem de luz... E você pensa no bem de sua família e de seus amigos. E imagina que o mundo inteiro também está sendo abraçado por Ele. E você ri junto com Ele, igual criança, seguro (a) e contente, em Espírito e Verdade. E, no silêncio espiritual, você faz uma prece a favor do bem de todos os seres. E aí, é só deixar o Amor levar os seus pensamentos ao Eterno... E deixar que a Luz abençoe sua existência. OM JESUS OM. Paz e Luz.” ESPLÊNICO- Sentido da Evolução- Regência: Orixá Universal OBALUAYÊ. Pai Obaluayê é o Trono Masculino da Evolução. Irradia as Vibrações Divinas que realizam a Evolução dos seres, além de dar amparo e sustentação aos que vivem de forma equilibrada este Sentido da Vida. Seu Fator Transmutador nos faz passar de um estado para outro, dar um passo à frente, subir um degrau, para prosseguirmos em nossa jornada pela evolução. Transmutar é modificar para melhor, é também curar uma situação ou uma condição, seja de ordem espiritual, emocional ou física. Por isso, Pai Obaluayê é o Senhor das Passagens, o Curador Divino, sendo simbolizado pelo Cruzeiro com degraus. Sobre o chakra Esplênico Localização: Acima do baço (lado esquerdo do corpo), na região do gástrico ou do plexo solar. Posição horizontal, abre-se para frente e para a parte posterior do corpo, como um funil alongado. Importância deste chakra: Regula a distribuição e a circulação adequada dos recursos vitais e é transmutador. Permite-nos desenvolver nossa personalidade e reforçar nossa auto-estima. Considerado o "ponto de origem" do verdadeiro “Eu”, reflete valores como tenacidade e perseverança pessoal. A energia solar é absorvida por este chakra e nos revitaliza nos níveis físico, mental, emocional e espiritual. Por isso, ele é também chamado de chakra do plexo solar. Funciona ainda como purificador dos desejos do chakra Umbilical e do chakra Básico. Permite ao ser humano o fluir natural da energia criativa que emana tanto dos chakras inferiores como dos superiores. Bom funcionamento deste chakra- Leva-nos a desenvolver e atingir objetivos de vida sólidos. Está associado à autoconfiança, auto-expressão, afirmação pessoal, adaptação às mudanças da vida, ambição pessoal e à necessidade de atuar positivamente na sociedade, porque isso tudo são exemplos do “dar um passo à frente”. Quando o chakra Esplênico se abre de forma conjugada com os chakras da Coroa e do Frontal, a pessoa sente a Energia Vital atuando em tudo, sente o Divino em si mesma e nos outros. Então, os seus sonhos e objetivos existenciais tendem a concretizar-se e a sua vida passa a ter mais alegria, êxito, paz, saúde e felicidade. Mau funcionamento deste chakra- Provoca perda de apetite, rancor, raiva, ódio e medo. A pessoa perde o amor próprio, não acredita em mais nada. Em casos mais acentuados, gera uma visão negativa da vida, tendências para a pretensão, o egoísmo, a vontade de controlar a vida alheia, o desejo exagerado da conquista de bens materiais, de poder e domínio, a pessoa não saberá viver com simplicidade. Suas expectativas em relação à vida e aos outros serão exageradas e não poderão ser atendidas; gerando sentimentos de rejeição, frustração, perda da alegria de viver e da paz interior, um desequilíbrio emocional constante e gerador de ira, impulsividade e agressividade. A pessoa verá obstáculos em tudo à sua volta, e sem coragem e tenacidade para resolvê-los ou contorná-los. Para ocultar essas emoções e sentimentos, poderá querer mostrar-se ativa e ocupada, mas terá dificuldade em descansar e relaxar do estresse diário que a consome por dentro. Uma verdadeira “indigestão” emocional... Glândula relacionada: Baço Cor de vibração do Esplênico: Amarelo. Partes do corpo governadas pelo Esplênico: Abdomem, estômago, fígado, parte inferior das costas, sistema digestivo, sistema nervoso central, bílis e bexiga. Tratamento energético―Pedir as bênçãos de Pai Obaluayê para o equilíbrio do chakra e a cura desejada. Fazer uma oração simples e sincera, pedindo ao Divino Obaluayê que nos ajude a “dar um passo à frente”, a transmutar sentimentos, emoções e pensamentos desequilibrados, levando-nos ao caminho da cura espiritual, mental, emocional e física. Firmar 1 vela amarela (chakra) e à direita dela 1 vela para Obaluayê (violeta- a cor preferencial para este trabalho, porque é a cor da Transmutação. Na falta, substituir por 1 vela branca). Na frente da vela do Orixá, colocar um copo com água, para bênção e imantação, e beber quando as velas queimarem. Repetir por 21 dias. Ou fazer um triângulo: ●3 velas para Obaluayê (violeta) e no meio 1 vela do chakra (amarela); ●copo com água, para bênção e imantação, no centro do triângulo. Beber a água quando as velas queimarem. Repetir por 21 dias. Podemos utilizar outros elementos de Obaluayê: terra, água mineral, ervas, crisântemos brancos ou de cor lilás, pemba branca, frutas, palha da costa, grãos de café, pó de café, pipoca feita no azeite virgem ou em areia. UMBILICAL- Sentido da Justiça- Regência: Orixá Universal XANGÔ. Pai Xangô é o Trono Masculino da Justiça. Irradia as Vibrações da Justiça Divina para toda a Criação, além de amparar e sustentar os seres que vivem de forma equilibrada este Sentido da Vida. Seu Fator Equilibrador atua em nosso racional, controlando o excesso das emoções e nos ajudando a refletir, pensar e agir de forma equilibrada e justa. Isso nos dá também uma estabilidade, uma
    Arquivos de dispositivos móveis.
    ...(Continuar Lendo)
  • Lau

    em 21/11/2014
    @DREWPUTERO "de Amparo, São Paulo" NÃO CREIO, QL TEU SOBRENOME?
  • Cantor Gilmar Amparo, na Ass. de Deus Cravinhos-SP

    Todo o ser que tem folego de vida, louvem ao Senhor, porque a sua beniguidade é para sempre; glorias á Deus...amomissoesbrasil@gmail.com.

  • Amparo Matriz Cathedral - São Paulo - Brazil

    Continuing our exploration of Amparo I got to Matriz Cathedral.

    The cathedral is quite beautiful with its twin bell towers in a somewhat unusual color. The towers roofs are of a metal, maybe zinc or aluminum, I don´t know, but they shine and give a different touch to the cathedral as well.

    The cathedral was concluded in 1878 and was built behind the original chapel who had the image of Holly Mother of Amparo that came from Porto in Portugal.

    The church has some nice paintings of Benedito Calixto.

    During the 20´s the cathedral was reformed and the towers were erected, the plan is to make a dome, but it hasnt been done yet.

    I got quite lucky with the light on the church shadows below helping make it stand out framed by a perfect blue sky.

    Enjoy your sunday.

    I did a collection of São Paulo if you want to explore it a bit further:
    http://www.dreamstime.com/sao-paulo-colldet18893

    My Portfolio: http://www.dreamstime.com/Afagundes_info


  • Karina

    em 17/11/2014
    ZzzzZzzz... (@ Quimica Amparo - Ypê in Amparo, São Paulo) https://t.co/gH6Fum5P64

AVISO: O conteúdo de cada postagem é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem. Se você encontrou algum conteúdo ofencivo ou pornográfico, por favor entre em contato conosco. Você também pode enviar seu texto para gente.

Previsão do tempo na Região


Participe e comente sobre a cidade de Amparo


Comentários (0)

Ainda não há comentários, seja o primeiro!

Postar um comentário

     (Opcional)