Início » Rio Grande do Sul » Vila Flores


Vila Flores - Rio Grande do Sul



Vila Flores faz parte do estado do Rio Grande do Sul.

Vila Flores ficava a beira do caminho dos tropeiros que transportavam seu gado para Lagoa Vermelha, que tinham como ponto de referência um velho pinheiro que pegou fogo em uma queimada. Este local era conhecido como Pinheiro Seco. Só em 1920 passou a se chamar Vila Flores, em homenagem a Família Fiori, uma das primeiras a habitar a cidade.

Encontra-se a uma latitude 28º51′46" sul e a uma longitude 51º32′00" oeste, estando a uma altitude de 743 metros. A população avaliada em 2004 era de 3 310 habitantes.

História da cidade de Vila Flores

O Rio Grande do Sul, inicialmente denominado de Continente de São Pedro era habitado por indígenas. Com a crescente penetração de pessoas que tinham por objetivo a exploração de riquezas e a ocupação de terras surgiram as primeiras povoações.

A partir de 1830, todo o território desta região pertencia ao município de Santo Antônio da Patrulha, o qual era ligado a capital por uma estrada geral. Neste percurso os fazendeiros abriam picadas e caminhos , e consequentemente, pequenos núcleos de pessoas.

O excesso de pretendentes nas colônias Conde d Eu e Dona Izabel, obrigou a inspetoria geral de colonização a planejar a criação de novas colônias. Exemplo disso foi a Colônia de Alfredo Chaves instalada, em 1884, num local conhecido como Roça Reiuna.

O objetivo do governo era povoar as regiões que ainda não eram colonizadas e, com recursos do governo imperial, foi criada a Colônia de Alfredo Chaves sob direção do Engenheiro Dr. Júlio da Silva Oliveira — primeiro administrador chefe designado pelo Governo Imperial — que na chefia da Comissão Colonizadora iniciou a demarcação das terras e providenciou o estabelecimento dos primeiros imigrantes, auxiliado por um ajudante de ordem, quatro agrimensores, um escriturário e um colocador de imigrantes.

Segundo Longhi e Rigo, a posição geográfica da nova colônia e a riqueza do solo davam muita esperança e, apesar da distância e do isolamento, desenvolveram um progresso rápido e surpreendente.

Por volta de 1884 surge a capela de Santo Antônio de Pádua com a construção de algumas casas. A posição intermediária entre Alfredo Chaves e Capoeiras, permitiu que se tornasse um local de descanso para pouso e refeição dos carreteiros que ali passavam. Este local com o tempo passou a denominar-se Pinheiro Seco, devido ao fato de um pinheiro resistir as labaredas provocadas pelas queimadas para o plantio do milho.

Em 15-01-1898, a Colônia de Alfredo Chaves, atual Veranópolis, desmembrou-se de Lagoa Vermelha e é elevada a categoria de município, abrangendo monte Vêneto (Cotiporã), Bela Vista (Fagundes Varela), Pinheiro Seco (Vila Flores) e Capoeira (Nova Prata).

Em 1920 Pinheiro Seco passa denominar-se Vila Flores, em homenagem a família Fiori, uma das primeiras famílias que ali se estabeleceram, iniciando diversos negócios.

Formação Administrativa

Distrito criado com a denominação de Vila Flores, pela Lei Municipal n.º 240, de 30-09-1955, com território desmembrado do distrito de Fagundes Varela, subordinado ao município de Veranópolis.

Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o distrito de Vila Flores figura no município de Veranópolis.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VII-1983.

Elevado à categoria de município com a denominação de Vila Flores, pela Lei Estadual n.º 8.627, de 12-05-1988, desmembrado de Veranópolis. Sede no antigo distrito de Vila Flores. Constituído do distrito sede. Instalado em 01-01-1989.

Em divisão territorial datada de 1993, o município é constituído do distrito sede.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2009.

Fonte: Prefeitura Municipal

Ajude a divulgar a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco ou envie seu texto para gente.



Síntese das Informações
Área da unidade territorial - 2016: 107,819: km²
Estabelecimentos de Saúde SUS: 1: estabelecimentos
Matrícula - Ensino fundamental - 2015: 283: matrículas
Matrícula - Ensino médio - 2015: 93: matrículas
Número de unidades locais: 226: unidades
Pessoal ocupado total: 1.368: pessoas
PIB per capita a preços correntes - 2014: 48.579,73: reais
População residente : 3.207: pessoas
População residente - Homens: 1.617: pessoas
População residente - Mulheres: 1.590: pessoas
População residente alfabetizada: 3.001: pessoas
População residente que frequentava creche ou escola : 635: pessoas
População residente, religião católica apostólica romana: 3.017: pessoas
População residente, religião espírita: 11: pessoas
População residente, religião evangélicas: 171: pessoas
Valor do rendimento nominal médio mensal dos domicílios particulares permanentes com rendimento domiciliar, por situação do domicílio - Rural: 2.285,36: reais
Valor do rendimento nominal médio mensal dos domicílios particulares permanentes com rendimento domiciliar, por situação do domicílio - Urbana: 2.469,93: reais
Valor do rendimento nominal mediano mensal per capita dos domicílios particulares permanentes - Rural: 573,33: reais
Valor do rendimento nominal mediano mensal per capita dos domicílios particulares permanentes - Urbana: 766,67: reais
Índice de Desenvolvimento Humano Municipal - 2010 (IDHM 2010): 0,742:

Fonte:IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

Vila Flores: Imagens da cidade e Região

As fotos fornecidas pelo Panoramio estão sobre direitos autorais de seus proprietários.

Você conhece a cidade de Vila Flores? Então deixe seu comentário!


Comentários (1)

  1. franciele's avatarfranciele

    Sou 1ª prenda juvenil do 35 Ctg, estou fazendo uma pesquisa sobre São Jorge e gostaria de confirmar se a Igreja de São Jorge da cidade de Vila Flores é a primeira construida no Brasil, e se foi construida pelos imigrantes. Obrigada.

    #1 – 18/05/2016 - 04:24

Postar um comentário

     (Opcional)






Compartilhe Esta Página: