Início » Rio Grande do Sul » Parobé


Parobé - Rio Grande do Sul



Parobé faz parte do estado do Rio Grande do Sul.

Recebeu seu nome em homenagem ao então secretário de Obras do Estado, engenheiro João José Pereira Parobé, que foi responsável pela construção de uma estrada de ferro que passava no município. A cidade começou a se formar em torno de uma estação, cujo prédio ainda se encontra (transformado em museu) na praça central.

Em 1982 se emancipou de Taquara, depois do crescimento da indústria calçadista nos anos 1970. É uma cidade bem localizada e bem servida de estradas, facilitando o escoamento para as grandes cidades vizinhas como Novo Hamburgo, São Leopoldo, ou mesmo a capital do estado, Porto Alegre. Fica próxima de centros de ensino importantes como Faccat e Feevale.

História da cidade de No início era uma grande fazenda (1830). Depois as pequenas propriedades dos colonizadores alemães (1846). No alvorecer do século XX (1903), uma pequena estação da antiga Viação Férrea do Rio Grande do Sul que recebeu o nome do então Secretário de Obras do Estado, Engenheiro João Pereira Parobé, concentrou a escassa população em um pequeno povoado.

Em 1908, o Intendente Diniz Martins Rangel assinou o Ato º 110.05.03, criando o Distrito de Parobé, ligado ao município de Taquara.

No ano de 1914, é lançada a pedra fundamental da igreja Católica. Já a Evangélica é construída em 1917.

Uma de suas primeiras fontes econômicas vinha das atafonas, que a partir do cultivo da mandioca, produzia farinha de reconhecido valor no Brasil e no exterior, sendo levado pelos trilhos aos seus destinos distantes.

Na década de 40, a economia, com base na produção agrícola das pequenas propriedades rurais, passava por um momento crítico, ameaçando o crescimento do próprio povoado.

Foi assim que um grupo de jovens, filhos de colonos, com pouca ou nenhuma experiência administrativa, inauguram uma nova era: a era das primeiras fábricas.

No ano de 1943 foi criada a primeira fábrica de massas e biscoitos e em 1944 surgiu a primeira fábrica de calçados e foi o setor que desencadeou o processo de industrialização que hoje faz a riqueza do Município e da região, a ponto de receber a denominação de Vale do Sapateiro.

Parobé conheceu, assim, seu segundo momento de crescimento populacional acelerado, transformando o povoado em vila.

Em 1981 formaram a Comissão de Emancipação de Parobé. No dia 16 de Dezembro de 1981, o Governado Amaral de Souza, assinou a Lei nº 7574, autorizando a consulta plebiscitária.

No dia 1º de Maio de 1982, o então Governador do Estado José Augusto Amaral de Souza, assinou a Lei nº 7646 autorizando a criação do Município de PAROBé.

Fonte: IBGE AGêNCIA DE TAQUARA

Autor do Histórico: JOSé ROBERTO ALVES

Ajude a divulgar a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco ou envie seu texto para gente.



Síntese das Informações
Área da unidade territorial - 2015: 108,758: km²
Estabelecimentos de Saúde SUS: 12: estabelecimentos
Matrícula - Ensino fundamental - 2015: 6.847: matrículas
Matrícula - Ensino médio - 2015: 1.765: matrículas
Número de unidades locais: 1.905: unidades
Pessoal ocupado total: 18.032: pessoas
PIB per capita a preços correntes - 2014: 19.989,62: reais
População residente : 51.502: pessoas
População residente - Homens: 25.449: pessoas
População residente - Mulheres: 26.053: pessoas
População residente alfabetizada: 44.518: pessoas
População residente que frequentava creche ou escola : 13.725: pessoas
População residente, religião católica apostólica romana: 36.068: pessoas
População residente, religião espírita: 403: pessoas
População residente, religião evangélicas: 12.684: pessoas
Valor do rendimento nominal médio mensal dos domicílios particulares permanentes com rendimento domiciliar, por situação do domicílio - Rural: 1.583,86: reais
Valor do rendimento nominal médio mensal dos domicílios particulares permanentes com rendimento domiciliar, por situação do domicílio - Urbana: 1.943,42: reais
Valor do rendimento nominal mediano mensal per capita dos domicílios particulares permanentes - Rural: 500,00: reais
Valor do rendimento nominal mediano mensal per capita dos domicílios particulares permanentes - Urbana: 555,00: reais
Índice de Desenvolvimento Humano Municipal - 2010 (IDHM 2010): 0,704:

Fonte:IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

Parobé: Imagens da cidade e Região

As fotos fornecidas pelo Panoramio estão sobre direitos autorais de seus proprietários.

Você conhece a cidade de Parobé? Então deixe seu comentário!


Comentários (0)

Ainda não há comentários, seja o primeiro!

Postar um comentário

     (Opcional)






Compartilhe Esta Página: