Início » Rio de Janeiro » Teresópolis


Teresópolis - Rio de Janeiro



Estimativa Populacional 2012. Página visitada em 12 de dezembro de 2012.

Teresópolis é um município da Microrregião Serrana, no estado do Rio de Janeiro, no Brasil. Ocupa uma área de 770,601 km², contando com uma população de 167 622 habitantes (2012), segundo estimativas do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. O seu Centro tem uma temperatura média anual de dezesseis graus centígrados. Na vegetação do município, predomina a mata atlântica. Em relação à frota automobilística, em 2009 foram contabilizados 36 336 veículos. O município contava, em 2009, com 75 estabelecimentos de saúde. O seu Índice de Desenvolvimento Humano é de 0,790.

"Teresópolis" é formado pela junção do antropônimo "Teresa" com o termo de origem grega "pólis" (que significa "cidade"), significando, portanto, "cidade de Teresa". Trata-se de uma homenagem à imperatriz brasileira Teresa Cristina.

História da cidade de Teresópolis

O mais antigo documento que existe, fazendo referência ao "povoado e sertão", localizados por detrás da serra dos órgãos, é uma planta levantada por ocasião da "viagem feita a essa serra pelo Dr. Baltazar da Silva Lisboa, Juiz de Fora do Rio de Janeiro, ordenada pelo Ministro e Secretário dos Negócios Ultramarinos, em 1788". Contém a descrição da serra e uma pequena notícia sobre o "sertão", onde vem assinalada a cascata do Imbuí. Nada de notável havia, além da estrada de penetração partindo de Piedade (litoral), galgando a serra e seguindo para o verdadeiro sertão.

Teresópolis tornou-se conhecida depois que ali se estabeleceu o súdito inglês George March (nascido e educado em Lisboa), que adquiriu uma sesmaria de 4 léguas quadradas, na serra dos órgãos, anteriormente a 1821.

Com fazenda de criação e cultivo de cereais March, antigo negociante no Rio de Janeiro localizou a sede da fazenda no Alto, o campo das éguas na Várzea, as lavouras no Quebra-frascos e no Imbuí e em Antônio José, os potros e novilhas. Morando em residência confortável, convidava patrícios e amigos a fazerem-lhe companhia na estação calmosa, começando, assim, o hábito do veraneio na serra.

A segunda doação de terras foi feita por D. João VI ao Tenente Joaquim Paulo de Oliveira (filho de José Joaquim da Silva Xavier, o Tiradentes), como prêmio pelos bons serviços prestados ao rei: uma "posse" no vale do córrego Antônio José, nas proximidades da cascata do Imbuí, deu o nome a todo aquele vale.

A região era alcançada, primeiramente, pela estrada Magé-Sapucaia, via Canoas, mas, depois de abandonado o trecho de Socavão, passou a ser atravessada pela nova estrada da serra dos órgãos, caminho preferido para o Pôrto da Piedade e o mais curto para a Corte.

Data de 1845, quando faleceu George March, o começo da povoação, pela divisão da propriedade entre seus herdeiros que, por sua vez, a retalharam e venderam em fazendas menores, sítios e lotes.

Todas essas terras que constituíram a sesmaria March, depois Fazenda dos órgãos e Fazenda March, voltaram, com pequenas exceções no Quebra-frascos, no Imbuí e na Posse (que couberam aos descendentes do Tenente Joaquim Paulo), a centralizar-se nas mãos de um único proprietário " Companhia Estrada de Ferro Teresópolis", conforme contrato de construção da estrada de ferro e da cidade de Teresópolis, lavrado a 16 de julho de 1890.

A construção da estrada de ferro e da cidade prendia-se ao desejo do governo do Estado do Rio de Janeiro em transferir a capital estadual para este local. Tais planos, porém, não foram realizados, e outra vez a propriedade é desmembrada e retalhada, resultando a cidade atual. Do que fora previsto no plano, somente a criação do Município efetivou-se a 6 de julho de 1891.

Acredita-se que a denominação de Teresópolis, dada à povoação, tenha sido em homenagem à Imperatriz D. Teresa Cristina.

A construção da estrada de ferro, que havia sido tentada em 1872, foi realizada pelo engenheiro José Augusto Vieira, sucessor da primitiva, Cia. Estrada de Ferro Teresópolis, e inaugurada a 19 de setembro de 1908, exatamente 13 anos depois de iniciados os trabalhos. Tornou-se mais tarde obsoleta com o advento das boas rodovias e hoje não mais existe.

Gentílico: teresopolitano

Formação Administrativa

Distrito criado com a denominação de Santo Antônio do Paquequer, pela lei provincial ou decreto provincial nº 829, de 25-10-1855, no município de magé.

Elevado a categoria de vila com a denominação de Santo Antônio do Paquequer, pelo decreto estadual nº 280, de 06-07-1891, desmembrado de Magé. Constituído do distrito sede.

Elevado à condição de Cidade e sede municipal, pela lei estadual nº 43, de 31-01-1893.

Pelos decretos estaduais nº 1, de 08-05-1892 e nº 1-A, de 03-06-1892, o distrito de Santo Antônio de Paquequer passou a denominar-se Teresópolis. Sob os mesmos decretos é criado o distrito de Santa Rita e anexado ao município de Teresópolis ex-Santo Antônio de Paquequer.

Pelo decreto nº 517, de 17-12-1901, o município de Teresópolis adquiriu o distrito de Sebastiana do município de Nova Friburgo e anexado ao de Teresópolis.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o município é constituido de 3 distritos: Teresópolis, Santa Rita, Sebastiana.

Assim permanecendo em divisões territtoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937.

Pelo decreto estadual nº 641, de 15-12-1938, o distrito de Santa Rita Passou a denominar- se Paquequer Pequeno.

No quadro fixado para vigorar no período de 1939-1943, o município é constituído de 3 distritos: Teresópolis, Paquequer Pequeno ex-Santa Rita e Sebastiana. Pelo decreto-lei estadual nº 1056, de 31-12-1943, o distrito de Sebastiana passou a denominar-se Nhunguaçu.

Em divisão territorial datada e I-VII-1960, o município é constituído de 3 distritos: Teresópolis, Nhungaçu ex-Sebastiana e Paquequer-Pequeno.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 18-VIII-1988.

Pela lei orgânica de Teresópolis, publicada de 05-04-1990, o distrito de Nhungaçu passou a denominar-se Vale de Bonsucesso e o de Paquequer Pequeno a denominar-se Vale do Paquequer.

Em "Síntese" de 31-XII-1994, o município é constituído de 3 distritos: Teresópolis, Vale do Bonsucesso e Vale do Paquequer.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.

Alteração toponímica municipal

Santo Antônio de Paquequer para Teresópolis alterado, pelos decretos estaduais nº s 08-05-1892 e 1-A, de 03-06-1892.

Fonte: IBGE

Ajude a divulgar a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco ou envie seu texto para gente.



Síntese das Informações
Área da unidade territorial: 770,601: km²
Estabelecimentos de Saúde SUS: 48: estabelecimentos
Matrícula - Ensino fundamental - 2012: 24.901: matrículas
Matrícula - Ensino médio - 2012: 5.767: matrículas
Número de unidades locais: 5.185: unidades
Pessoal ocupado total: 39.948: pessoas
PIB per capita a preços correntes - 2012: 20.825,05: reais
População residente : 163.746: pessoas
População residente - Homens: 78.275: pessoas
População residente - Mulheres: 85.471: pessoas
População residente alfabetizada: 142.581: pessoas
População residente que frequentava creche ou escola : 47.345: pessoas
População residente, religião católica apostólica romana: 68.732: pessoas
População residente, religião espírita: 4.662: pessoas
População residente, religião evangélicas: 55.675: pessoas
Valor do rendimento nominal médio mensal dos domicílios particulares permanentes com rendimento domiciliar, por situação do domicílio - Rural: 1.488,05: reais
Valor do rendimento nominal médio mensal dos domicílios particulares permanentes com rendimento domiciliar, por situação do domicílio - Urbana: 2.765,80: reais
Valor do rendimento nominal mediano mensal per capita dos domicílios particulares permanentes - Rural: 347,50: reais
Valor do rendimento nominal mediano mensal per capita dos domicílios particulares permanentes - Urbana: 510,00: reais
Índice de Desenvolvimento Humano Municipal - 2010 (IDHM 2010): 0,730:

Fonte:IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

Teresópolis: Imagens da cidade e Região

Teresopolis
Data : 28 August 2007
Autor: Quasebart
brazilian Sankt Gallen
Data : 30 September 2012
Autor: starMAN
Teresópolis e a bela moldura da cidade
Data : 05 September 2009
Autor: Maris Stella WOZ
Cascata do Imbui
Data : 28 August 2007
Autor: Quasebart
Calçada da Fama - Foto: Fábio Barros (www.cidade3d.uniblog.com.br)
Data : 25 March 2007
Autor: Fábio Barros [-⓪-]
Serra dos Orgãos RJ
Data : 18 March 2009
Autor: marceloesalgado
Teresópolis - Foto: Fábio Barros (www.cidade3d.uniblog.com.br)
Data : 06 April 2007
Autor: Fábio Barros [-⓪-]
Igreja no Quebra Frasco, Teresópolis, 2009
Data : 25 February 2009
Autor: Roberto_R_Pereira
MANHÃ
Data : 01 April 2013
Autor: Agustin Gonzalez
ABACAXI ORNAMENTAL, LINDO VERMELHO
Data : 07 November 2011
Autor: Lianne Moraes
teresópolis (www.cidade3d.uniblog.com.br)
Data : 25 March 2007
Autor: Fábio Barros [-⓪-]
Condomínio Central Park, Alto _ Teresópolis - Foto: Fábio Barros (www.cidade3d.uniblog.com.br)
Data : 25 March 2007
Autor: Fábio Barros [-⓪-]
Fonte - Foto: Fábio Barros (www.cidade3d.uniblog.com.br)
Data : 25 March 2007
Autor: Fábio Barros [-⓪-]
Av. Oliveira Botelho - Foto: Fábio Barros (www.cidade3d.uniblog.com.br)
Data : 06 April 2007
Autor: Fábio Barros [-⓪-]
Prefeitura de Teresópolis/RJ - Foto: Fábio Barros (www.cidade3d.uniblog.com.br)
Data : 25 March 2007
Autor: Fábio Barros [-⓪-]
Av. Oliveira Botelho - Foto: Fábio Barros (www.cidade3d.uniblog.com.br)
Data : 06 April 2007
Autor: Fábio Barros [-⓪-]
Praça Baltazar da Silveira - Foto: Fábio Barros (www.cidade3d.uniblog.com.br)
Data : 25 March 2007
Autor: Fábio Barros [-⓪-]
teresópolis - Foto: Fábio Barros (www.cidade3d.uniblog.com.br)
Data : 25 March 2007
Autor: Fábio Barros [-⓪-]
TERESÓPOLIS RJ Foto: Fábio Barros (www.cidade3d.uniblog.com.br)
Data : 25 March 2007
Autor: Fábio Barros [-⓪-]
Av. Oliveira Botelho - Foto: Fábio Barros (www.cidade3d.uniblog.com.br)
Data : 06 April 2007
Autor: Fábio Barros [-⓪-]
As fotos fornecidas pelo Panoramio estão sobre direitos autorais de seus proprietários.


Você conhece a cidade de Teresópolis? Então deixe seu comentário!


Comentários (0)

Ainda não há comentários, seja o primeiro!