Início » Piauí » Picos


Picos - Piauí



Picos faz parte do estado do Piauí. Conhecida como Cidade Modelo e Capital do Mel. Cidade jovem, tem como principal característica social a mistura étnica pois sua população é formada por indivíduos das mais diversas partes do país. Geograficamente é cortada pelo rio Guaribas, que apesar de ser um rio temporário, alivia o famoso calor das tardes picoenses.

Situa-se na região centro-sul do Piauí. É a cidade mais desenvolvida economicamente dessa região. Essa característica aliada ao seu posicionamento geográfico lhe conferem a condição de pólo comercial efervecente no Piauí (especialmente de combustíveis e mel). É cortada pela BR-316 (ou Rodovia Transamazônica), BR-407, BR-230 e fica muito próxima a BR-020. É uma das maiores produtoras de mel do país e destaca-se também por sediar uma unidade do Exército Brasileiro (3º BEC - Batalhão de Engenharia e Construção).

A origem do município de Picos deu-se como a maioria das cidades piauienses mais conhecidas, através da atividade econômica que era a mais desenvolvida neste território, a pecuária (criação de gado). Segundo fontes históricas acredita-se que ela deu origem no povoado de Bocaina, ligado a capital Oeiras. Inicia-se com a chegada dos primeiros fazendeiros de gado vindo de Portugal nos anos de 1740, trazendo alguns escravos e gado, ocupando grandes territórios.

História da cidade de Picos Piauí

No Século XVIII, o português Félix Borges Leal, vindo da Bahia, instalou no local, a Fazenda Curralinho, às margens do rio Guaribas, região considerada excelente, para agricultura e criação de gado.

Com o decorrer dos anos, foram chegando vários parentes de Borges Leal que, juntamente com seus 11 filhos, iniciaram o núcleo populacional que deu origem à cidade de Picos, topônimo devido ao aspecto montanhoso da localidade.

As boas condições do solo, atraíam compradores de Pernambuco e Bahia, que ali realizavam bons negócios. Muitos deles acabaram por fixar residência no local, contribuindo para o crescimento do aglomerado urbano.

Em 1828, por iniciativa dos descendentes de Borges Leal, foi edificada a primeira capela, inicialmente, com o nome de São José e, mais tarde, de "Coração de Jesus".

Com adiantado estágio de desenvolvimento, foi a povoação elevada à categoria de Freguesia, sob a invocação de Nossa Senhora dos Remédios, em 1851, e o seu território desmembrado de Oeiras. O progresso continuou, sendo a Freguesia elevada à categoria de Vila, em 1855. Cinco anos depois, ganhava categoria de Cidade.

Gentilico: picoense

Formação Administrativa

Distrito criado com a denominação de Picos, pela resolução provincial nº 308, de 10-09-1851.

Elevado à categoria de município com a denominação de Picos, pela resolução provincial nº 397, de 17-12-1855, desmembrado de Oeiras. Constituído do distrito sede. Instalado em 13-07-1859.

Elevado à condição de cidade com a denominação de Picos, pela resolução provincial nº 33, de 12-12-1890.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o município é constituído do distrito sede

Pelo decreto estadual nº 1279, de 26-06-1931, o município de Picos adquiriu o município de Patrocínio.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o município é constituído de 2 distritos: Picos e Patrocínio.

Pelo decreto estadual nº 1575, de 17-08-1934, desmembra do município de Picos o distrito de Patrocínio. Elevado à categoria de município.

Em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937, o município é constituído do distrito sede.

No quadro fixado para vigorar no período de 1944-1948, o município é constituído do distrito sede.

Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o município é constituído do distrito sede.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2005.

Fonte: IBGE

Ajude a divulgar a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco ou envie seu texto para gente.



Síntese das Informações
Área da unidade territorial - 2016: 577,304: km²
Estabelecimentos de Saúde SUS: 99: estabelecimentos
Matrícula - Ensino fundamental - 2015: 11.082: matrículas
Matrícula - Ensino médio - 2015: 4.519: matrículas
Número de unidades locais: 2.110: unidades
Pessoal ocupado total: 15.820: pessoas
PIB per capita a preços correntes - 2014: 15.920,80: reais
População residente : 73.414: pessoas
População residente - Homens: 35.061: pessoas
População residente - Mulheres: 38.353: pessoas
População residente alfabetizada: 56.507: pessoas
População residente que frequentava creche ou escola : 25.369: pessoas
População residente, religião católica apostólica romana: 63.810: pessoas
População residente, religião espírita: 182: pessoas
População residente, religião evangélicas: 6.290: pessoas
Valor do rendimento nominal médio mensal dos domicílios particulares permanentes com rendimento domiciliar, por situação do domicílio - Rural: 895,81: reais
Valor do rendimento nominal médio mensal dos domicílios particulares permanentes com rendimento domiciliar, por situação do domicílio - Urbana: 2.213,51: reais
Valor do rendimento nominal mediano mensal per capita dos domicílios particulares permanentes - Rural: 219,33: reais
Valor do rendimento nominal mediano mensal per capita dos domicílios particulares permanentes - Urbana: 400,00: reais
Índice de Desenvolvimento Humano Municipal - 2010 (IDHM 2010): 0,698:

Fonte:IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

Picos: Imagens da cidade e Região

As fotos fornecidas pelo Panoramio estão sobre direitos autorais de seus proprietários.

Você conhece a cidade de Picos? Então deixe seu comentário!


Comentários (0)

Ainda não há comentários, seja o primeiro!

Postar um comentário

     (Opcional)






Compartilhe Esta Página: