Início » Pernambuco » Granito


Granito - Pernambuco



Granito faz parte do estado de Pernambuco. O município é composto pelo distrito sede e pelos povoados de Rancharia e Lagoa Nova.

A cidade de Granito originou-se da Fazenda Poço, quando, em 1859, foi construída a capela de Nossa Senhora do Bom Conselho, pelo padre José Modesto Pereira de Brito. A capela estimulou a povoação do lugar.

A lei nº 548 de 9 de abril de 1855 elevou o povoado à condição de vila. A comarca foi criada em 1º de março de 1890, pelo juiz Alfredo Afonso Pereira. Constituiu-se município autônomo em 5 de junho de 1893. Elevada à condição de cidade em 1909. Tornou-se distrito de Bodocó em 1942 e foi restabelecida como cidade em 1963.

História da cidade de Granito Pernambuco - PE

Na antiga fazenda poço, localizada às margens do Rio Brígida, em 1859, o vigário padre José Modesto Correia de Brito construiu uma capela tendo por nome Nossa Senhora do Bom Conselho. Tal fato deu lugar a formação de um povoado que a merecer a categoria de freguesia. A lei nº 548 de 09 de abril de 1855 lhe dera a honra de vila, transferindo a sede do termo Exu para Granito pelo fundador da capela.

Criada a comarca, foi instalada em 1º de março de 1890, pelo Sr. Juiz de direito, Alfredo Afonso Pereira.

A denominação primitiva do povoado de Granito foi motivada pela predominância da rocha granito no solo.

Constituiu-se município autônomo em 05 de junho de 1893, promoção administrativa, lei provincial nº 548 de abril de 1863, transferiu-se a sede do município de Exu para o povoado de Granito. Segundo a divisão administrativa em 1911, formou-se de dois distritos, Granito e Bodocó. Por efeito da lei estadual nº 1650 de 22 de maio de 1924 Bodocó passou ser sede do município de Granito.

No ano de 1940, foi instala nesta localidade uma usina de caroá, em 1951 foi construído o 1º grupo escolar e uma agência dos correios, em 1955, foi construído um açougue público. Granito foi cidade pela primeira vez através da lei nº 991 de 1º de junho de 1909.

Teve como primeiro chefe político o Sr. Eráclio Peixoto, logo em seguida o Coronel João Silvério de Alencar. Nesta época Granito já contava com um quartel comandado pelo Coronel Luna e era composto de um oficial de polícia, um primeiro tenente e um segundo tenente com seu batalhão formado de 40 soldados e dois cabos.

A prisão era descente, e as armas eram fuzis, bacamartes parabelas e rifles. Só quem andava armado eram os coronéis, a farda dos soldados era cor de cáqui. Também existia nesta época uma banda de música pública a qual era comandada pelo Sr. Angelim, um cartório cujo dono foi João Cezário Aguiar, uma coletoria que atendia a população de Granito, Bodocó, Exu e parte de Parnamirim.

Em 1942 na administração do prefeito Manoel Antônio Luna, 3º prefeito da cidade, o município perdeu sua sede ficando sujeito a Bodocó. Permanecendo como distrito de Bodocó até o ano 1963, data em que por força da lei estadual nº 4972 de 20 de dezembro de 1963, Granito foi elevado novamente à categoria de cidade.

Administrativamente, o município é composto pelo distrito sede e pelos povoados de Rancharia e Lagoa Nova.

Gentílico: granitense

Formação Administrativa

Distrito criado com a denominação de Granito, por lei provincial nº 608, de 03-04-1864.

Elevado à categoria de vila com a denominação de Granito, pela lei provincial nº 548, de 09-041863. Intalada em 27-07-1863.

Elevado à condição de cidade e sede municipal pela lei estadual nº 991, de 01-07-1909.

Pela lei municipal nº 3, de 17-11-1909, é criado o distrito de Bodocó e anexado ao município de Granito.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o município é constituído de 2 distritos: Granito e Bodocó.

Pela lei municipal nº 2, de 06-01-1920, é criado o distrito Rancharia e anexado ao município de Granito.

Pela lei municipal nº 19, de 05-01-1920, é criado o distrito de Caririzinho e anexado ao município de Granito.

Pela lei estadual nº 1650, de 22-05-1924, transfere a sede do município de Granito para vila de Bodocó.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o distrito de Granito figura no município de Bodocó.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VII-1960.

Elevado novamente à categoria de município com a denominação de Granito, pela lei estadual nº 4972, de 20-12-1963, desmembrado de Bodocó. Sede no antigo distrito de Granito. Constituído do distrito sede. Instalado em 25-04-1964.

Em divisão territorial datada de de 1-I-1979, o município é constituído do distrito sede.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2005.

Transferência de sede

Pela lei estadual nº 1650, de 22-05-1924, transfere a sede do município Granito para o de Bodocó, passando Granito a categoria de distrito.

Fonte: IBGE

Ajude a divulgar a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco ou envie seu texto para gente.



Síntese das Informações
Área da unidade territorial - 2016: 521,690: km²
Estabelecimentos de Saúde SUS: 8: estabelecimentos
Matrícula - Ensino fundamental - 2015: 1.409: matrículas
Matrícula - Ensino médio - 2015: 317: matrículas
Número de unidades locais: 55: unidades
Pessoal ocupado total: 520: pessoas
PIB per capita a preços correntes - 2014: 6.586,71: reais
População residente : 6.855: pessoas
População residente - Homens: 3.451: pessoas
População residente - Mulheres: 3.404: pessoas
População residente alfabetizada: 4.481: pessoas
População residente que frequentava creche ou escola : 2.564: pessoas
População residente, religião católica apostólica romana: 6.451: pessoas
População residente, religião espírita: -: pessoas
População residente, religião evangélicas: 334: pessoas
Valor do rendimento nominal médio mensal dos domicílios particulares permanentes com rendimento domiciliar, por situação do domicílio - Rural: 720,58: reais
Valor do rendimento nominal médio mensal dos domicílios particulares permanentes com rendimento domiciliar, por situação do domicílio - Urbana: 1.122,71: reais
Valor do rendimento nominal mediano mensal per capita dos domicílios particulares permanentes - Rural: 146,67: reais
Valor do rendimento nominal mediano mensal per capita dos domicílios particulares permanentes - Urbana: 212,67: reais
Índice de Desenvolvimento Humano Municipal - 2010 (IDHM 2010): 0,595:

Fonte:IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística


Granito: Imagens da cidade e Região

As fotos fornecidas pelo Panoramio estão sobre direitos autorais de seus proprietários.

Você conhece a cidade de Granito? Então deixe seu comentário!


Comentários (0)

Ainda não há comentários, seja o primeiro!

Postar um comentário

     (Opcional)






Compartilhe Esta Página: