Início » Paraíba » Catolé do Rocha


Catolé do Rocha - Paraíba



Catolé do Rocha é uma cidade no estado da Paraíba, localizado na microrregião de Catolé do Rocha. De acordo com o IBGE, no ano de 2006 sua população era estimada em 27.691 habitantes. Área territorial de 552km².

Os historiadores mostram a descoberta destas terras, com os primeiros habitantes, presumivelmente, os índios Pegas (ou Degas), Coyacus e Cariris, nos fins do século XVII. As bandeiras do governo Geral, capitães Paulistas, matavam os índios requerendo sesmarias de três léguas de comprimentos por uma de largura. Eram eles, os Garcia D′Ávila, Rocha Pita e os Oliveira Ledo que povoaram principalmente a região do rio Agon.

A história registra, no entanto a presença de habitantes e fazendas de gado desde 1700, quando Dona Clara Espínola, o Conde Alvor, Manoel da Cruz, Bartolomeu Barbosa requerendo a sesmaria de três léguas para cada um entre os providos de Poty e Riacho dos Porcos e do meio, o governo de então concede a Dona Clara Espínola e Bento Araújo, terras no sertão de Piranhas e Riacho Agon ou Ogon.

História da cidade de Catolé do Rocha Paraiba - PB

Em 1774, levado pelo espírito de conquista, chegou a esse território, até então desconhecido, o Tenente-coronel Francisco da Rocha Oliveira descendente de Rocha Pita e neto da irmã do sertanista Teodósio de Oliveira Ledo.

Conta-se, entretanto, que em 1770 já havia fazendas de gado no lugar, embora a edificação, propriamente dita, só tenha se iniciado com a chegada do fundador Rocha.

Iniciada a colonização, surgiram plantações e fazendas de gado. A margem do riacho "Agon", ou "Gon", ou ainda "Yagon", onde havia água farta durante todo ano e até mesmo nos anos de estiagem prolongada.

Logo da sua chegada, o Tenente Francisco da Rocha Oliveira tratou de explorar a parte de terra que lhe cabia, organizando plantações, construindo casas, fazendas de gado e uma capela, dedicada a Nossa Senhora do Rosário, presumivelmente nos anos de 1774-1780. Após a construção dessa igreja, o lugar teve um surto de desenvolvimento expressivo, surgindo algumas construções que marcaram época, tais como: o prédio onde funciona a coletoria estadual, assobradado, com a fachada revestida com azulejos especiais trazidos de Portugal; o prédio da Intendência (antiga Prefeitura Municipal); os sobrados do Cel. Valdevino Lobo; a Casa da Caridade (depois transformada em Colégio Leão XIII); a Cadeia Pública.

A capela foi demolida posteriomente para a abertura de novas avenidas na cidade. Isso nos anos de 1936-1937.

Data de 1873 a construção da igreja da matriz, muitas vezes maior de que a igreja do Rosário, sob a invocação de Nossa Senhora dos Remédios, padroeira do lugar.

O pequeno aglomerado de casas que era Catolé do Rocha naquela época, começa a crescer e se desenvolver. Uma feira semanal começa a se formar, sempre aos sábados, onde o pessoal do município e até de outras regiões vizinhas se reuniam para expor seus produtos à venda. A feira sem mercados e sem barracões era feita à sombra de castanholas e juazeiros. No ano de 1928, a prefeitura constrói o seu primeiro mercado, bem em frente da Igreja Matriz. Esse mercado foi substituído posteriormente em 1940, por um de proporções maiores. Quando esse tornou-se insuficiente, a prefeitura iniciou a construção em 1975 de um novo mercado mais moderno e espaçoso. A obra foi concluída em 1976.

Ao falarmos da história de Catolé do Rocha não podemos deixar de fazer referência especial à igrejinha de Nossa Senhora da Conceição, erguida no povoado de Conceição, a primeira a ser construída, presumivelmente antes de 1770. Em 1910, o então vigário da Paróquia de Catolé do Rocha, padre Belizário Dantas, fez construir, com a ajuda de toda a população local, uma igrejinha em cima de um monte nas imediações da cidade. Esse monte tem a denominação de Tabor.

Gentílico: catoleense

Formação Administrativa

Elevado à categoria de vila com a denominação de Vila Federal de Catolé do Rocha, pela lei provincial nº 5, de 26-05-1835. Instalado em 30-09-1835. Sede na povoação de Catolé do Rocha.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, Vila de Catolé do Rocha é constituído do distrito sede.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, a vila aparece com a denominação simplificada para Catolé do Rocha e constituído do distrito sede.

Em divisões territoriais datadas de 31-12-1936 e 31-12-1937, o município aparece constituído de 3 distritos: Catolé do Rocha, Coronel Maia e Jericó.

Pelo decreto-lei estadual nº 520, de 31-12-1943, o distrito de Jericó, passou a denominar-se Itacambá. Sob o mesmo decreto-lei é criado o distrito de Riacho dos Cavalos e anexado ao município de Catolé do Rocha.

No quadro fixado para vigorar no período de 1944-1948, o município é constituído de 4 distritos: Catolé do Rocha, Coronel Maia, Itacambá ex-Jericó e Riacho dos Cavalos.

Pela lei estadual nº 318, de 07-01-1949, o distrito de Itacambá voltou a denominar-se Jericó.

Em divisão territorial datada de 01-07-1950, o município é constituído de 4 distritos: Catolé do Rocha, Coronel Maia, Jericó ex-Itacambá e Riacho dos Cavalos.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 01-07-1955.

Pela lei estadual nº 2097, de 08-05-1959, desmembra do município de Catolé do Rocha, o distrito de Jericó. Elevado à categoria de município.

Em divisão territorial datda de 01-07-1960, o município é constituído de 3 distritos: Catolé do Rocha, Coronel Maia e Riacho dos Cavalos.

Pela lei estadual nº 2675, de 22-12-1961, desmembra do município de Catolé do Rocha, o distrito de Riacho dos Cavalos. Elevado à categoria de município.

Pela lei estadual nº 2641, de 20-12-1961, é criado o distrito de Brejo dos Santos e anexado ao município de Catolé do Rocha.

Em divisão territorial datada de 31-XII-1963, o município é constituído de 3 distritos: Catolé do Rocha, Brejo dos Santos e Coronel Maia.

Pela lei estadual nº 3320, de 03-06-1965, desmembra do município de Catolé do Rocha, o distrito de Brejo dos Santos. Elevado à categoria de município.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 31-12-1968.

Pela lei estadual nº 3914, de 08-09-1977, é criado o distrito de Picos e anexado ao município de Catolé do Rocha.

Em divisão territorial datada de 01-01-1979, o município é constituído de 3 distritos: Catolé do Rocha, Coronel Maia e Picos.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.

Fonte: IBGE

Ajude a divulgar a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco ou envie seu texto para gente.



Síntese das Informações
Área da unidade territorial - 2016: 552,112: km²
Estabelecimentos de Saúde SUS: 17: estabelecimentos
Matrícula - Ensino fundamental - 2015: 4.350: matrículas
Matrícula - Ensino médio - 2015: 1.102: matrículas
Número de unidades locais: 651: unidades
Pessoal ocupado total: 3.822: pessoas
PIB per capita a preços correntes - 2014: 9.891,77: reais
População residente : 28.759: pessoas
População residente - Homens: 14.028: pessoas
População residente - Mulheres: 14.731: pessoas
População residente alfabetizada: 20.741: pessoas
População residente que frequentava creche ou escola : 8.220: pessoas
População residente, religião católica apostólica romana: 23.540: pessoas
População residente, religião espírita: 58: pessoas
População residente, religião evangélicas: 3.660: pessoas
Valor do rendimento nominal médio mensal dos domicílios particulares permanentes com rendimento domiciliar, por situação do domicílio - Rural: 844,59: reais
Valor do rendimento nominal médio mensal dos domicílios particulares permanentes com rendimento domiciliar, por situação do domicílio - Urbana: 1.462,89: reais
Valor do rendimento nominal mediano mensal per capita dos domicílios particulares permanentes - Rural: 230,00: reais
Valor do rendimento nominal mediano mensal per capita dos domicílios particulares permanentes - Urbana: 300,00: reais
Índice de Desenvolvimento Humano Municipal - 2010 (IDHM 2010): 0,640:

Fonte:IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

Catolé do Rocha: Imagens da cidade e Região

As fotos fornecidas pelo Panoramio estão sobre direitos autorais de seus proprietários.

Você conhece a cidade de Catolé do Rocha? Então deixe seu comentário!


Comentários (0)

Ainda não há comentários, seja o primeiro!

Postar um comentário

     (Opcional)






Compartilhe Esta Página: