Início » Paraíba » Caraúbas


Caraúbas - Paraíba



Caraúbas, município no estado da Paraíba (Brasil), localizado na microrregião do Cariri Oriental. De acordo com o IBGE, no ano de 2010 sua população era estimada em 3899 habitantes. Área territorial de 446km².

Até meados do século XVII o município era ocupado pelos índios cariris. O município surgiu de uma fazenda de colonos portugueses do século XVIII, às margens do rio Paraíba do Norte. Graças às condições favoráveis, a região inseriu-se no ciclo do açúcar, apresentando características de vila já em 1780. Ainda no mesmo século, o alferes Custódio Alves Martins, morador da Capitania de Pernambuco, instalou-se na cabeceira do Rio Paraíba, e ali fundou um sítio a que deu o nome de Caraúbas. Os mais velhos dizem que Caraúbas foi fundada pelo Capitão-Mor José da Costa Romeu, e recebeu o nome de Caraibeiras, depois de Carnaúba e finalmente Caraúbas, nome que possui até hoje. O Capitão-Mor construiu sua casa que também era a primeira casa de Caraúbas, ficava a beira do Rio Paraíba e era feita de pedras, ao mesmo tempo fez fez a capela de Nossa Senhora do Rosário. Quando Caraúbas passou a Distrito de São João do Cariri em 1891, havia apenas 58 pessoas, destacando-se as famílias do Major Higino, Major Eduardo Ferreira, Manoel Germano, Venâncio Quirino entre outros. Um dos mais ilustres moradores da Caraúbas foi o tenente Coronel Severiano de Farias Castro. Caraúbas evoluiu aos poucos. Por volta de 1816 foi construída uma igreja que tem como padroeiro a imagem de São Pedro, que veio de Roma desde por Capitão-Mor. A partir do século XX, além da pecuária, o beneficiamento do algodão e posteriormente do caroá trouxeram novos recursos à vila. O Coronel Serveliano de Farias Castro trouxe para Caraúbas o primeiro maquinário, era uma máquina de descaroçamento de algodão. O algodão de Caraúbas já chegou a ser exportado para a Itália e Inglaterra. A Paróquia de Caraúbas foi criada em 4 de outubro de 1923, o primeiro registro de batizado feito na Paróquia foi de Pedro Jordão Sobrinho. E o primeiro Crisma foi feito na ano de 1924, pelo Arcebispo da Paraíba Adauto Aurélio Henrique. A primeira Professora de Caraúbas foi Dona Henriqueta da Costa Danda Aragão que ensinava na casa que hoje pertence João Zezinho.

A partir de 1940, investimentos urbanos trouxeram à cidade o primeiro grupo escolar (1953), a iluminação pública a diesel (1953) e o açude Campos, construído pelo Departamento Nacional de Obras Contra as Secas.

História da cidade de Caraúbas Paraíba - PB

Caraúbas - Vocábulo indígena que na língua tupi significa fruto de casca negra.

Originada de uma fazenda fundada por colonizadores portugueses nos primeiros anos do século XVIII, nas margens do rio Paraíba do Norte. Apresentando condições favoráveis e estando inserida no contexto do ciclo do açúcar, dominante no litoral pernambucano, rapidamente desenvolveu-se e, por volta de 1780 já apresentava características de futura vila, inclusive com uma igrejinha ao centro.

Cada vez mais ia chegando colonos, explorando suas terras, fundando fazendas e produzindo riquezas. Porém em 1856 Caraúbas sofre com o cólera que faz muitas vítimas, enche a igrejinha do Rosário de sepulturas e motiva a construção de outra igreja (de São Pedro) e de um cemitério; a comunidade regenera-se em 20 de fevereiro de 1891, por decreto do governo Republicano Provisório é elevada à categoria de vila.

Apesar das limitações dos meios de transporte e comunicação (tropeiros), da ocorrência de periódicas secas entre outros obstáculos, Caraúbas foi perseguindo o progresso, inclusive na instrução dos seus filhos de famílias tradicionais como: Faria Castro, Neves Jordão e Correia Neves, passaram a estudar Medicina, Direito, Economia e etc.

Além da pecuária, desde o início de sua fundação Caraúbas teve outro produto economicamente importante - o algodão. E manipulando esses, houve sempre homens fortes como o coronel Serveliano de Farias Castro e o major Eduardo Ferreira Filho, esse último foi pioneiro em vários aspectos, como proprietário do primeiro automóvel em Cariúbas (um FORD 1929) e do primeiro sistema de telégrafo (1931) - o telégrafo público só chegara em 1948. Outro produto de importância econômica para Caraúbas foi o caroá. Apesar de ter sido um ciclo rápido - década de 1940, especialmente; trouxe elementos novos para Caraúbas, como: padeiro, alfaiates, ..., mecânicos. Por um momento aquela vila sertaneja de tradição agropecuária viveu a experiência, também, de um setor industrial, graças às fábricas de beneficiamento instaladas no antigos vapores de algodão.

A partir da década de 1940, Caraúbas deu prioridade a investimentos urbanos. Talvez fosse os reflexos da Segunda Guerra Mundial, na qual participou inclusive recrutando filhos seus para as fileiras (sendo dos seis convocados, dois enviados para os campos de batalha de onde apenas um voltou). Foram construídos, o primeiro grupo escolar (1953); o açude Campos, pelo DNOCS (1953); a instalação do sistema de iluminação, a díesel (1953), entre outros.

Em 1969, Caraúbas começou a atuar diretamente no poder executivo municipal - de São João do Cariri, até 1994, só sofrendo uma interrupção de 4 anos. Nesse período foram executados projetos importantes para seu desenvolvimento, como: a criação do curso ginasial em 69; a inauguração do sistema de energia hidroelétrica em 71; a construção de um novo mercado, uma unidade médica e um prédio próprio para o curso ginasial até 76; o início de pavimentação de ruas principais, a partir de 78, a construção de vários grupos escolares, na vila e na zona rural; a inauguração do sistema de abastecimento de água de CAGEPA em 85; a instalação do posto de telecomunicações em 86; a construção de açude público de Barreiras em 87, entre outras obras de fundamental importância para a comunidade.

Em fim, em 29 de abril de 1994 Caraúbas conseguiu sua emancipação política, desmembrandose do município de São João do Cariri.

Gentílico: caraúbense Formação Administrativa

Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, figura no município de São João do Cariri,

o distrito de Caraúbas.Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o distrito de Caraúbas, não figura no

município de São João do Cariri.

Assim permanecendo em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937.

Pelo decreto-lei estadual nº 1010, de 30-03-1938, o distrito de Caraúbas volta a pertencer ao município de São João do Cariri.

No quadro fixado para vigorar no período de 1939-1943, o distrito de Caraúbas, figura no município de São João do Cariri.

Pelo decreto-lei estadual nº 520, de 31-12-1943, o distrito de Caraúbas passou a denominar-se Caraibeiras.

No quadro fixado para vigorar no período de 1944-1948, o distritos já denominado Caraibeiras, figura no município São José do Cariri

Pela lei estadual nº 318, de 07-01-1949, o distrito de Caraibeiras volta a denominar-se Caraúbas.

Em divisão territorial datas de 1-VII-1960, o distrito de Caraúbas ex-Caraibeiras, figura no município de São João do Cariri.

Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o distrito Caraúbas ex-Caraibeiras, figura no município de São João do Cariri.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 17-I-1991.

Elevado à categoria de município com a denominação de Caraúbas, pela lei estadual nº 5932, de

29-04- 1994, desmembrado de São João de Caraúbas. Sede no antigo distrito de Caraúbas. Constituído do distrito sede. Instalado em 01-01-1997.Em divisão territorial datada de 2003, o município é constituído do distrito sede. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.

Alterações toponímicas distritais

Caraúbas para Carabeiras alterado, pelo decreto-lei estadual nº 520, de 31-12-1943. Carabeiras para Caraúbas alterado pela lei estadual nº 318, de 07-01-1949.

Fonte: IBGE

Ajude a divulgar a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco ou envie seu texto para gente.



Síntese das Informações
Área da unidade territorial - 2016: 497,204: km²
Estabelecimentos de Saúde SUS: 2: estabelecimentos
Matrícula - Ensino fundamental - 2015: 642: matrículas
Matrícula - Ensino médio - 2015: 136: matrículas
Número de unidades locais: 33: unidades
Pessoal ocupado total: 276: pessoas
PIB per capita a preços correntes - 2014: 6.702,26: reais
População residente : 3.899: pessoas
População residente - Homens: 1.972: pessoas
População residente - Mulheres: 1.927: pessoas
População residente alfabetizada: 2.954: pessoas
População residente que frequentava creche ou escola : 1.206: pessoas
População residente, religião católica apostólica romana: 3.488: pessoas
População residente, religião espírita: -: pessoas
População residente, religião evangélicas: 185: pessoas
Valor do rendimento nominal médio mensal dos domicílios particulares permanentes com rendimento domiciliar, por situação do domicílio - Rural: 891,94: reais
Valor do rendimento nominal médio mensal dos domicílios particulares permanentes com rendimento domiciliar, por situação do domicílio - Urbana: 1.108,92: reais
Valor do rendimento nominal mediano mensal per capita dos domicílios particulares permanentes - Rural: 234,00: reais
Valor do rendimento nominal mediano mensal per capita dos domicílios particulares permanentes - Urbana: 322,50: reais
Índice de Desenvolvimento Humano Municipal - 2010 (IDHM 2010): 0,585:

Fonte:IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

Caraúbas: Imagens da cidade e Região

As fotos fornecidas pelo Panoramio estão sobre direitos autorais de seus proprietários.

Você conhece a cidade de Caraúbas? Então deixe seu comentário!


Comentários (1)

  1. José Brito Neves's avatarJosé Brito Neves

    O rio que corta a cidade de Caraúbas, é o rio Paraiba, e não Capibaribe como foi colocado acima.

    #1 – 09/10/2016 - 10:47

Postar um comentário

     (Opcional)






Compartilhe Esta Página: