Início » Mato Grosso do Sul » Nova Andradina


Nova Andradina - Mato Grosso do Sul



Nova Andradina é uma cidade da região Centro-Oeste, localizado no estado de Mato Grosso do Sul. Sétima maior cidade e nono maior PIB do Estado, é o principal centro urbano e econômico da região sudeste de Mato Grosso do Sul. Popularmente denominada de "Capital do Vale do Ivinhema", a cidade tem como destaque principal a criação e abate de bovinos, o que também lhe rendeu o título de capital do boi, pela importância de ser um dos principais polos pecuários do Brasil.

As terras que atualmente compõem o Município de Nova Andradina, bem como extensa área daquela região, foram colonizadas pelo paulista Antônio Joaquim de Moura Andrade, pecuarista, homem dotado de extraordinária visão e de incomum habilidade. Iniciou seus trabalhos de colonização em Mato grosso, por volta de 1938 ou 1939, quando adquiriu do Estado, a Fazenda "Caapora", que mais tarde passou a denominar Fazenda Primavera, localizada nas proximidades da Formosa baía do Rio Samambaia, em plena selva, no vale do Rio Paraná, empenhando-se, logo a seguir. Na construção de um porto fluvial, na margem direita do Rio Paraná, que serviria de base para a efetivação do projeto. Anos mais tarde, Moura Andrade estendeu seus domínios adquirindo as fazendas Santa Barbara, Baile, Xavante e Panambi.

A fazenda Baile pertenceu inicialmente à Henrique Barbosa Martins e depois a Domingos Barbosa Martins, ambos membros do clã dos Barbosa Martins que escreveram brilhantes páginas da história de mato grosso e constituem uma das mais tradicionais famílias de mato Grosso do Sul. A fazenda Baile foi adquirida por Moura Andrade em 1951. No segundo semestre de 1957, destacou ele uma gleba da fazenda onde implantou os alicerces da cidade de Nova Andradina. Em seguida, procedeu o loteamento de outras propriedades rurais, estabelecendo grandes vantagens para os adquirentes, o que determinou a vinda de grandes levas de migrantes, principalmente nordestinos, paulistas, paranaenses e mineiros, determinando rápido povoamento da região. No mesmo ano, em um barracão da Empresa Andrade, Ferreira de Souza que procedia a abertura das ruas da cidade, instalou-se a primeira escola da nova comunidade, tendo como professoras Efantina Quadros, conhecida popularmente como D. Lalá, Katsuko e Mariko Fujibayashi e Cecília Holanda.

História da cidade de Nova Andradina Mato Grosso do Sul - MS

As terras que atualmente compõem o Município de Nova Andradina, bem como extensa área daquela região, foram colonizadas pelo paulista Antônio Joaquim de Moura Andrade, pecuarista, homem dotado de extraordinária visão e de incomum habilidade.

Iniciou seus trabalhos de colonização em Mato Grosso, por volta de 1938 ou 1939, quando adquiriu do Estado, a Fazenda "Caapora", que mais tarde passou a denominar Fazenda Primavera, localizada nas proximidades da Formosa baía do Rio Samambaia, em plena selva, no vale do Rio Paraná, empenhando-se, logo a seguir. Na construção de um porto fluvial, na margem direita do Rio Paraná, que serviria de base para a efetivação do projeto.

Anos mais tarde, Moura Andrade estendeu seus domínios adquirindo as fazendas Santa Barbara, Baile, Xavante e Panambi.

A fazenda Baile pertenceu inicialmente à Henrique Barbosa Martins e depois a Domingos Barbosa Martins, ambos membros do clã dos Barbosa Martins que escreveram brilhantes páginas da história de mato grosso e constituem uma das mais tradicionais famílias de mato Grosso do Sul.

A fazenda Baile foi adquirida por Moura Andrade em 1951.

No segundo semestre de 1957, destacou ele uma gleba da fazenda onde implantou os alicerces da cidade de Nova Andradina.

Em seguida, procedeu o loteamento de outras propriedades rurais, estabelecendo grandes vantagens para os adquirentes, o que determinou a vinda de grandes levas de migrantes, principalmente nordestinos, paulistas, paranaenses e mineiros, determinando rápido povoamento da região.

No mesmo ano, em um barracão da Empresa Andrade, Ferreira de Souza que procedia a abertura das ruas da cidade, instalou-se a primeira escola da nova comunidade, tendo como professoras Efantina Quadros, conhecida popularmente como D. Lalá, Katsuko e Mariko Fujibayashi e Cecília Holanda. No ano seguinte foi construído um prédio de alvenaria, que passou a ser denominado Grupo Escolar Moura Andrade.

A primeira missa foi celebrada por Frei Luiz, na capela do Imaculado Coração de Maria, recém construída na nova povoação.

O primeiro estabelecimento comercial aí implantado pertencia ao senhor Kokey Itaya.

O primeiro Juiz de Paz foi o senhor Austrilio Capilé de Castro e a primeira Escrivã foi a senhora Irma Ribeiro da Silva.

O topônimo Nova Andradina é uma homenagem ao seu fundador. Acrescentou-se o vocábulo Nova para evitar se confundir com a de Andradina, cidade do interior paulista, fundada também por Moura Andrade.

Gentílico: nova-andradinense ou nova-andradino

Formação Administrativa

Elevado à categoria de distrito e município com a denominação de Nova Andradina, pela Lei Estadual nº 1189, de 20-12-1958, desmembrado de Bataguassu. Sede na Localidade de Nova Andradina. Constituído de 2 Distritos: Nova Andradina e Bataiporã. Instalado em 01-01-1954.

Em divisão territorial datada de 1-07-1960, o município é constituído de 2 Distritos: Nova Andradina e Bataiporã.

Pela Lei Estadual nº 1967, de 12-11-1963, desmembra do Município de Nova Andradina o Distrito de Bataiporã. Elevado à categoria de município.

Em divisão territorial datada de 1-1-1979, o município é constituído do Distrito Sede.

Atualmente Nova Andradina possui dois distritos: Nova Casa Verde e o Distrito Sede.

Fonte: IBGE

Ajude a divulgar a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco ou envie seu texto para gente.



Síntese das Informações
Área da unidade territorial - 2016: 4.776,002: km²
Estabelecimentos de Saúde SUS: 19: estabelecimentos
Matrícula - Ensino fundamental - 2015: 6.715: matrículas
Matrícula - Ensino médio - 2015: 1.728: matrículas
Número de unidades locais: 1.437: unidades
Pessoal ocupado total: 11.321: pessoas
PIB per capita a preços correntes - 2014: 33.890,73: reais
População residente : 45.585: pessoas
População residente - Homens: 22.733: pessoas
População residente - Mulheres: 22.852: pessoas
População residente alfabetizada: 37.966: pessoas
População residente que frequentava creche ou escola : 14.897: pessoas
População residente, religião católica apostólica romana: 31.937: pessoas
População residente, religião espírita: 217: pessoas
População residente, religião evangélicas: 10.063: pessoas
Valor do rendimento nominal médio mensal dos domicílios particulares permanentes com rendimento domiciliar, por situação do domicílio - Rural: 1.556,23: reais
Valor do rendimento nominal médio mensal dos domicílios particulares permanentes com rendimento domiciliar, por situação do domicílio - Urbana: 2.267,67: reais
Valor do rendimento nominal mediano mensal per capita dos domicílios particulares permanentes - Rural: 354,17: reais
Valor do rendimento nominal mediano mensal per capita dos domicílios particulares permanentes - Urbana: 510,00: reais
Índice de Desenvolvimento Humano Municipal - 2010 (IDHM 2010): 0,721:

Fonte:IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

Nova Andradina: Imagens da cidade e Região

As fotos fornecidas pelo Panoramio estão sobre direitos autorais de seus proprietários.

Você conhece a cidade de Nova Andradina? Então deixe seu comentário!


Comentários (0)

Ainda não há comentários, seja o primeiro!

Postar um comentário

     (Opcional)






Compartilhe Esta Página: