Início » Minas Gerais » Divinópolis


Divinópolis - Minas Gerais



Divinópolis faz parte do estado de Minas Gerais. Polo da região centro-oeste de seu estado, caracteriza-se principalmente pela indústria confeccionista e metalurgia/siderurgia. Limita-se ao norte com Nova Serrana, ao noroeste com Perdigão, a oeste com Santo Antônio do Monte, a sudoeste com São Sebastião do Oeste, ao sul com Cláudio e a leste com Carmo do Cajuru e São Gonçalo do Pará, sendo cortada por dois rios: rio Itapecerica e Rio Pará. O Rio Itapecerica é a principal fonte de captação de água do município.

Além do Hino Municipal, são símbolos do município de Divinópolis o Brasão e a Bandeira, criados pelo professor Agamenon José Siqueira, a partir de desenhos e sugestões apresentados por estudantes e por outros interessados, em concurso instituído pela Lei Municipal 698, de 29 de maio de 1966, do prefeito Fábio Botelho Notini.

Anos depois, o prefeito Antônio Martins, com aprovação da Câmara, sancionou a Lei Municipal 1.063, de 10 de novembro de 1973, oficializando os elementos representativos da municipalidade, onde se identificam dois históricos fatores do progresso e desenvolvimento de Divinópolis: a ferrovia e a indústria siderúrgica.

História da cidade de Divinópolis

Surgimento do Arraial

Ainda não existem evidências históricas suficientes para explicar como se deu o surgimento do arraial do Divino Espírito Santo do Itapecerica. As informaçãoes registradas foram obtidas pela tradição oral que relaciona o início do povoado aos fugitivos da Guerra dos Emboabas, luta que aconteceu na região mineradora de Minas Gerais, no início do século XVIII. Esse fugitivos teriam se fixado às margens do Rio Itapecerica para escaparem das perseguiçãoes de que eram vítimas.

Pelos vestígios encontrados sabe-se também que essas terras, conhecidas pelos tropeiros da época como Passagem do Itapecerica, eram habitadas pelos índios Candidés.

Em registros datados de 1870, Tomás Teixeira e Francisco de Araújo e Sá são citados como os primeiros moradores civilizados que se estabeleceram no sertão do Espírito Santo do Itapecerica. De acordo com o mesmo documento, os primeiros habitantes teriam chegado aqui por volta de 1760. Em 1770, Manoel Fernandes Teixeira doou o terreno para a construção de uma capela, (inicialmente no terreno hoje pertencente ao Lar dos Idosos) e mais tarde uma igrejinha no local que ficou conhecido por Largo da Matriz, (1958) demolida para dar lugar à Catedral do Divino Espírito Santo.

A primeira capela foi erigida para homenagear, além do Divino Espírito Santo, São Francisco de Paula - no que refere a este santo, cuja imagem foi a primeira a ser entronizada no lugarejo, a peça sacra em madeira que o representa encontra-se no Museu Histórico de Pitangui, cedida por empréstimo. Atualmente a imagem é fruto de discórdia entre as duas cidades, posto que os vizinhos se recusam a devolvê-la a seu nicho original.

Em 1813

Divinópolis tinha a população de 1.154 habitantes, sendo:

378.........................................................................brancos

242..................................................................negros livres

323................................................................mulatos livres

211........................................................................escravos

O Arraial do Espírito Santo localizava-se entre importantes centros de povoamento da época, como Pitangui, São Bento do Tamanduá (Itapecerica), São João de-Rei e Barbacena. Sua posição geográfica privilegiada e as pedras da Cachoeira Grande, que facilitavam o trânsito de forasteiros e tropeiros, transformaram o arraial em uma importante rota de comércio; o que favoreceu a aglutinação de pessoas.

Comarcas

Em sua história Divinópolis pertenceu às seguintes comarcas

Vila São José do Rio das Mortes (Tiradentes)

Pitangui

Itapecerica

A emancipação

Elevação do Arraial do Divino Espírito Santo do Itapecerica a Vila. A mais recente, Vila Henrique Galvão é emancipada da cidade de Itapecerica com a posse da primeira Mesa Diretora no dia 1oº de junho de 1912, instalando assim o município recém-criado. Nesse mesmo ano, a Vila mudaria seu nome para Vila Divinópolis por indicação do Presidente da Câmara, Antônio Olímpio de Morais.

Atualmente a cidade vive a expectativa de seu primeiro centenário.

Até o ano de 1930 a Câmara Municipal de Divinópolis tinha função de Executivo e Legislativo, sendo que o presidente da Câmara acumulava essas funçãoes. O presidente do estado de Minas Gerais era Bueno Brandão.

Nesse período iniciou-se a construção das oficinas da Estrada de Ferro Oeste de Minas, que antecedeu à Rede Mineira de Viação, atual FCA Ferrovia Centro Atlântica.

Divinópolis cresceu à sombra dessas oficinas.

Clubes sociais tradicionais

Divinópolis Clube

Estrela do Oeste Clube

Referências

Passagem do Itapecerica

Arraial do Espírito Santo do Itapecerica

Distrito do Espírito Santo

Vila Henrique Galvão

Vila Divinópolis

Divinópolis

Autor: Itamar de Oliveira

Fonte: Bibliografia variada.

Autor do Histórico: Itamar de Oliveira

Ajude a divulgar a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco ou envie seu texto para gente.



Síntese das Informações
Área da unidade territorial - 2016: 708,115: km²
Estabelecimentos de Saúde SUS: 47: estabelecimentos
Matrícula - Ensino fundamental - 2015: 26.475: matrículas
Matrícula - Ensino médio - 2015: 8.047: matrículas
Número de unidades locais: 8.693: unidades
Pessoal ocupado total: 68.462: pessoas
PIB per capita a preços correntes - 2014: 23.337,42: reais
População residente : 213.016: pessoas
População residente - Homens: 103.828: pessoas
População residente - Mulheres: 109.188: pessoas
População residente alfabetizada: 191.839: pessoas
População residente que frequentava creche ou escola : 57.593: pessoas
População residente, religião católica apostólica romana: 172.667: pessoas
População residente, religião espírita: 4.292: pessoas
População residente, religião evangélicas: 26.905: pessoas
Valor do rendimento nominal médio mensal dos domicílios particulares permanentes com rendimento domiciliar, por situação do domicílio - Rural: 1.503,71: reais
Valor do rendimento nominal médio mensal dos domicílios particulares permanentes com rendimento domiciliar, por situação do domicílio - Urbana: 2.804,38: reais
Valor do rendimento nominal mediano mensal per capita dos domicílios particulares permanentes - Rural: 450,00: reais
Valor do rendimento nominal mediano mensal per capita dos domicílios particulares permanentes - Urbana: 606,67: reais
Índice de Desenvolvimento Humano Municipal - 2010 (IDHM 2010): 0,764:

Fonte:IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística


Divinópolis: Imagens da cidade e Região

As fotos fornecidas pelo Panoramio estão sobre direitos autorais de seus proprietários.

Você conhece a cidade de Divinópolis? Então deixe seu comentário!


Comentários (0)

Ainda não há comentários, seja o primeiro!

Postar um comentário

     (Opcional)






Compartilhe Esta Página: