Início » Minas Gerais » Curvelo


Curvelo - Minas Gerais

Curvelo faz parte do estado de Minas Gerais.

Sua população estimada em 2009 era de 75.051 habitantes. Encontra-se localizado na mesorregião central de Minas Gerais, na microrregião de Curvelo, com uma área de 3.306,1km², distante aproximadamente 170km da capital mineira. Tem localização privilegiada numa região servida por importantes sistemas rodoviários, onde se destaca a rodovia BR-040 que faz a ligação entre Brasília, Belo Horizonte e Rio de Janeiro, a BR-135 (Trajeto Rio/Bahia) e BR-259 (Acesso à Diamantina).

A sede do município apresenta altitude de 633 m e tem sua posição geográfica determinada pelo paralelo de 18º 45′ da latitude sul em sua interseção com o meridiano de 44º25′de longitude oeste. Está localizado num grande chapadão na região central do estado, onde não há serras propriamente ditas.

Curvelo

Início séc. XVIII - Curvelo foi fundada há mais de 250 anos pelo Padre Redentorista ávila Corvelo. Povoamento da região, em torno da capela, por viajantes vindos do Rio ou de Piratininga com destino à Bahia.Formação de sítios de lavouras e criação de gado, nos limites do futuro Julgado do Papagaio,feita pelos primeiros habitantes, (Portugueses e Baianos).

Em 1714 o lugarejo fora denominado "Santo Antônio da Estrada", pelo Padre Antônio Corvelo de ávila. Aos 16 de Março de 1720 criou-se o Distrito de Curvelo. Em 1749 morre o Padre Corvelo.

Em 1731 o Distrito de Santo Antonio do Curvelo possuía uma área de 19.510 Km, ou seja, quatorze vezes maior do que o antigo Estado da Guanabara; mais de três vezes o atual Distrito Federal. Maior do que três países da América Central; um da América do Sul; seis da Europa; três da ásia; dois da áfrica e dois da Oceania.

Aos 13 de Outubro de 1831 Curvelo é elevada a categoria de Vila.

Aos 30 Julho de 1832, em seção solene, instala-se a primeira Câmara de Vereadores.

A partir dos anos subsequentes deu-se inicio a fase da cultura algodoeira e o inicio da industrialização do lugarejo.

Em 1865 instalou-se a primeira fábrica de tecidos e primeira sociedade anônima do estado de Minas Gerais a Cedro & Cahoeira.

Em 1867 - Curvelo sofre a primeira mutilação em seu área, ao perder o território do Curato de Taboleiro Grande, anexado ao Município de Sete Lagoas

Em 1875 instalou-se a 2ª fábrica da Cedro & Cachoeira. Neste mesmo ano, Curvelo foi elevada à categoria de Cidade.

Aos 13 de Novembro de 1891, dar-se a denominação da Comarca de Curvelo.1911 - Curvelo sofre a sua segunda mutilação ao perder o território de Pirapora, elevado à categoria de cidade.

O Município ainda sofreu mais mutilações em seu território em 1923, 1938, 1948 e por último em 1962, quando perdeu os Distritos de Inimutaba, Morro da Garça e Presidente Juscelino.

Década 60 - profunda transformação nos processos e métodos aplicados na agropecuária local, propiciando uma utilização mais intensa do solo agrário.

Após 1960 - Curvelo tornou-se no tocante a superfície reflorestada, um dos principais municípios de MG, predominando o reflorestamento de eucalipto

Formação Administrativa

Distrito criado com a denominação de Curvelo, por Ordem Régia, de 16-03-1720, e Lei Estadual nº 2, de 14-09-1891, subordinado ao município de Sabará.

Elevado à categoria de vila com a denominação de Curvelo, pelo Decreto de 13-10-1831, desmembrado de Sabará. Sede na antiga vila de Curvelo. Instalado em 30-07-1832.

Pela Lei Provincial nº 121, de 12-03-1839, e Lei Estadual nº 2 de 14-09-1891, é criado o distrito de Andrequicé e anexado a vila de Curvelo.

Pela Lei Provincial nº 471, de 01-06-1850, e Lei Estadual nº 2 de 14-09-1891, é criado o distrito de Traíras e anexado a vila de Curvelo.

Pela Lei Provincial nº 905, de de 08-06-1858, e Lei Estadual nº 2 de 14-09-1891, é criado o distrito de Piedade do Bagre e anexado a vila de Curvelo.

Pelas Leis Provinciais nºs 1272, de 02-01-1866 e1635, de 15-09-1870 e Lei Estadual nº 2, de 14-09-1891, é criado o distrito de Livramento do Papagaio e anexado a vila de Curvelo.

Pela Lei Provincial nº 1272, de 02-01-1866, e Lei Estadual nº 2 de 14-09-1891, é criado o distrito de Morro da Garça e anexado ao vila de Curvelo.

Pela Lei Provincial nº 1881, de 05-07-1872, e Lei Estadual nº 2 de 14-09-1891, é criado o distrito de Ponte do Baraúna e anexado ao vila de Curvelo.

Elevado à condição de cidade com a denominação de Curvelo, pela Lei Provincial nº 2153, de 15-11-1875.

Pelo Decreto nº 2968, de 30-11-1880, é criado o distrito de Monteiros e anexado ao município de Curvelo.

Pelo Decreto nº 296, de 22-02-1890, o distrito de Monteiros passou a chamar-se Santo Antônio da Lagoa.

Pelo Decreto Estadual nº 30-A, de 24-03-1890, e Lei Estadual nº 2 de 14-09-1891, é criado o distrito de Cedro e anexado ao município de Curvelo.

Pelo Decreto Estadual nº 111, de 17-06-1890, e Lei Estadual nº 2 de 14-09-1891, é criado o distrito de Ipiranga e anexado ao município de Curvelo.

Pela Lei Estadual nº 556, de 30-08-1911, o Curvelo adquiriu o município de Curralinho o distrito de Corinto.

Pela Lei Estadual nº 2, de 14-09-1891, é criado o distrito de Almas e anexado ao município de Curvelo.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o município é constituído de 12 distritos: Curvelo, Almas, Andrequice, Cedro, Santo Antônio da Lagoa (ex-Monteiros), Corinto, Ipiranga, Piedade do Bagre, Ponte do Paraúna, Silva Jardim, Traíras e Morro da Garcia.

Nos quadros de apuração do recenseamento geral de 1-IX-1920, o município é constituído de 12 distritos: Curvelo, Almas, Andrequice, Cedro, Bagre (ex-Piedade do Bagre), Corinto, Ipiranga, Paraúna (ex-Ponte do Paraúna), Morro da Garça, Santa Rita do Cedro (ex-Cedro), Santo Antônio da Lagoa, Silva Jardim e Traíras .

Pela Lei Estadual nº 843, de 07-09-1923, desmembra do município de Curvelo os distritos de Corinto e Andrequice, para formar o município de Corinto.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o município é constituído de município de 10 distritos: Curvelo, Almas, Morro da Garça, Ipiranga, Piedade do Bagre (ex-Bagre), Santa Rita do Cedro, Santo Antônio da Lagoa, São Sebastião do Paraúna (ex-Paraúna), Silva Jardim e Traíras

Assim permanecendo em divisões territoriais datadas 31-XII-1936 e 31-XII-1937.

Pelo Decreto-Lei estadual nº 148, de 17-12-1938, os distritos de Traíras e Santo Antônio da Lagoa (atual Lagoa) foram transferidos do município de Curvelo para formar o novo município de Cordisburgo. Pela referida lei o distrito de São Sebastião do Paraúna tomou a denominação de Paraúna.

No quadro fixado para vigorar no período de 1939-1943, o município é constituído de 8 distritos: Curvelo, Almas, Morro da Garça, Ipiranga, Paraúna (ex-São Sebastião do Paraúna), Piedade do Bagre, Santa Rita do Cedro, e Silva Jardim.

Pelo Decreto-Lei estadual nº 1058, de 31-12-1943, os distrito de Almas passou chamar-se Angueretá, Silva Jardim a denominar-se Tomaz Gonzaga, Ipiranga tomou o nome de Inimutaba e Paraúna teve sua denominação alterada para Ponte de Paraúna.

No quadro fixado para vigorar no período de 1944-1948, o município é constituído de 8 distritos: Curvelo, Angueretá (ex-Almas), Inimutaba (ex-Ipiranga), Morro da Garça, Piedade do Bagre, Ponte do Paraúna (ex-Paraúna), Santa Rita do Cedro e Tomáz Gonzaga (ex-Silva Jardim).

Pela Lei Estadual nº 336, de 27-12-1948, desmembra do município de Curvelo o distrito de Piedade do Bagre. Elevado à categoria de município com a denominação de Felixlândia.

Em divisão territorial datada de 1-VII-1950, o município é constituído de 7 distritos: Curvelo, Angueretá, Inimutaba, Morro da Garça, Ponte do Paraúna, Santa Rita do Cedrro e Tomáz Gonzaga.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VII-1960.

Pela Lei Estadual nº 2764, de 30-12-1962, desmembra do município de Curvelo, os distritos de Inimutaba, Morro da Garça e Presidente Juscelino (Ponte do Paraúna), todos elevados à categoria de município. Sob a mesma lei é criado o distrito de J.K e anexado ao município de Curvelo.

Em divisão territorial datada de 31-XII-1963, o município é constituído de 5 distritos: Curvelo, Angueretá, JK, Santa Rita do Cedro, Tomáz Gonzaga.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007

Fonte: www.curvelo.mg.gov.br

Ajude a construir a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco e envie a sua contribuição.

Curvelo: Imagens da cidade e Região

bandeirolas
Data : 24 June 2011
Autor: Alfredo Brant
Curvelo - Trevo
Data : 07 March 2009
Autor: montanha
Antiga Estação Ferroviária
Data : 25 May 2009
Autor: Leandro Durães
Curvelo - Basílica de São Geraldo Magela
Data : 25 July 2008
Autor: Altemiro Olinto Cristo
Curvelo - MG
Data : 07 March 2009
Autor: montanha
Presépio em Eucalipto
Data : 19 January 2010
Autor: Denis Conrado
AV. Bias Fortes- Curvelo-MG
Data : 29 July 2010
Autor: jaironunes
Av. Timbiras - Curvelo/MG
Data : 15 August 2007
Autor: paulogustavo
AV. Bias Fortes- Curvelo-MG
Data : 29 July 2010
Autor: jaironunes
Parque de Exposição Getúlio Vargas
Data : 13 July 2007
Autor: paulogustavo
chuvas na av ipiranga curvelo
Data : 15 September 2007
Autor: Tonhão Costa
Jardim Maria Amalia
Data : 10 February 2008
Autor: Tonhão Costa
Av. Bias fortes -Curvelo-MG
Data : 29 July 2010
Autor: jaironunes
Praça Central
Data : 25 September 2007
Autor: montanha
Coreto e Igreja
Data : 25 May 2009
Autor: Leandro Durães
Entrada do Hotel
Data : 11 April 2012
Autor: Beatriz Barreto Tanezini
Igreja da Imaculada Conceição, Curvelo, MG
Data : 07 June 2010
Autor: Stanley Vale
Árvore da Pracinha
Data : 15 August 2007
Autor: paulogustavo
Praça Tibira
Data : 15 August 2007
Autor: paulogustavo
Fabrica de Oleo Tempero - Curvelo
Data : 02 February 2008
Autor: Tonhão Costa
As fotos fornecidas pelo Panoramio estão sobre direitos autorais de seus proprietários.

Você conhece a cidade de Curvelo? Então deixe seu comentário!


Comentários (1)

  1. Celio's avatar Celio

    http://www.uaicarros.com.br

    Quer comprar ou vender carros seminovos, novos ou usados em Curvelo MG - Minas Gerais.

    UaiCarros é o melhor classificados de veículos em Minas Gerais.

    Anuncie seu automóvel grátis!

    #1 – 23/10/2013 - 13:17

Postar um comentário

     (Opcional)