Início » Minas Gerais » Araxá


Araxá - Minas Gerais



Araxá faz parte do estado de Minas Gerais, na mesorregião do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba. Sua população estimada pelo IBGE em 2012 é de 95.888 habitantes.

O topônimo "Araxá" significa terreno elevado e plano, planalto, chapadão, região mais elevada do que qualquer sistema orográfico e "Araxás: Indígenas que viviam no tabuleiro elevado do extremo oeste de Minas Gerais".

História da cidade de Os primeiros relatos sobre a região em que se encontra a cidade de Araxá, iniciam no ano de 1669 , onde foram encontrados os primeiros habitantes Ándios Arachás, descendentes dos Cataguás que viviam nas cercanias de Bambuí. De acordo com os relatos, um grupo de índios Cataguás, chefiado pelo guerreiro Andaia-Aru teria se desvinculado da tribo e rumado para as terras ao norte da Serra da Canastra, onde se instalou e viveu tranqüilo até a vinda do homem branco, em meados do século XVII.

As terras férteis, cobertas de florestas, onde habitavam os índios Arachás e as águas minerais nela existentes, constituíram uma poderosa atração para o desbravador branco. Para que este obtivesse o controle daquele território, muitas tentativas de ocupação foram feitas, na primeira metade do século XVII.

Mas foi somente em 1766 com o sucesso da expedição comandada pelo mestre de Campo Inácio Correia de Pamplona, foi vencida a tenaz resistência que o índio opunha ao invasor. Conseguiu assim, a Capitania de Minas Gerais o controle efetivo, por pouco tempo, da região. Pois, a região do Desemboque e todo o então chamado Sertão da Farinha Podre (Região do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba) passam a Capitania de Goiás.

Em 1770, Araxá recebe seus primeiros habitantes atraídos pela fertilidade das terras da região, pelas águas e pelo sal mineral da região do Barreiro. Surgem ali, as primeiras fazendas de gado.

Em 1778 teve início da fundação da cidade de Araxá, data em que foi celebrada a primeira missa do território.

Em 1791 foi elevada à condição de Freguesia de São Domingos de Araxá, em honra a São Domingos de Gusmão (Santo originário da Espanha, fundador da Ordem dos Pregadores).

Em 1795 teve início a construção da primeira Igreja Matriz de São Domingos de Gusmão, por um rico fazendeiro da época, Alexandre Gondim.

Em 1811 foi elevado à condição do Julgado de São Domingos do Araxá, a partir de então, um juiz passou a residir permanentemente na vila, que permanecia sob a administração da Comarca da Villa Boa de Goyaz.

Em 1815, os moradores de São Domingos do Araxá, por meio de Requerimento à Coroa, solicitam a passagem do domínio da mesma para a Capitania de Minas Gerais.

Sua integração em Minas Gerais se reveste de aspectos interessantíssimos, envolvendo de forma decisiva a figura de D. Beija, personagem importante da história e hoje da lenda do munícipio.

Conforme a informação de Eduardo Frieiro, citado no livro de Leopoldo Correia "Achegas à História do Oeste de Minas", em 1815, estando em Araxá o Ouvidor-Geral da Comarca, Joaquim Inácio Silveira da Mota, viu ele, certa tarde, passar a jovem Ana Jacinta de São José, também conhecida como D. Beija. Tomado de grande paixão pela moça, fê-la raptar, pelo seus lacaios, aquela mesma noite.

A família de Beija - gente pobre - queixou-se ao governador de Goiás, inimigo que era do Ouvidor-Geral. Este último, para livrar-se da situação, intercedeu junto a D. João VI, conseguindo que os julgados de Araxá e Desemboque passassem para Minas, onde seu julgamento não teria maior importância. O rapto de D. Beija, deslocou, desta forma, para Minas Gerais a extensa área do Triângulo Mineiro, com a subordinação de São Domingos de Araxá à Vila de Paracatu. Essa mudança também se deve por conta de um grande movimento popular ocorrido no julgado de Araxá.

Em 1831 foi elevada à condição de Município, desmembrado do município de Paracatu.

Topônimo, Araxá, pelo que diz a Revista do Archivo Público Mineiro, com o escritor mineiro Lafayette de Toledo e Cônego U. Pennafort, seria em referência aos planaltos ou taboleiros de região descampada, em elevada altitude. Entretanto, diz ainda a revista, com cientista Theodoro Sampaio e Gal. Couto de Magalhães, com a melhor compreensão do topônimo, de origem tupi-guarani, vem a ser, portanto, "a região elevada d′onde primeiro se observa o despontar do Sol".

Gentílico: araxaense

Formação Administrativa:

Freguesia de São Domingos do Araxá, criado em 20-10-1791, pelo alvará de 04-04-1816, transfere a freguesia da antiga Província de Goiás, a qual pertencia desde sua criação, para Minas Gerais.

Elevado à categoria de vila com a denominação de São Domingos do Araxá, pelo decreto de 13-10-1831, desmembrado do município de Paracatu. Sede no antigo distrito de São Domingos do Araxá. Constituído do distrito sede. Instalado em 07-01-1833.

Elevado à condição de cidade com a denominação de Araxá, pela lei provincial n°. 1259, de 19-12-1865.

Pela lei provincial n°. 1819 ou 819 de 02-10-1871, e pela lei estadual n°. 2, de 14-09-1891, é criado o distrito de Santo Antônio do Pratinha e anexado ao município de Araxá.

Pela lei provincial n°. 2153, de 15-11-1875, e lei estadual n°. 2, de 14-09-1891, São criados os distritos de São Domingos do Araxá e Dores de Santa Juliana e anexados ao município de Araxá.

Pela lei provincial n°. 2594, de 03-01-1880, e lei estadual n°. 2, de 14-09-1891, é criado o distrito de Nossa Senhora da Conceição e anexado ao município de Araxá.

Pela lei provincial n°. 2980, de 10-10-1882, e lei estadual n°. 2, de 14-09-1891, é criado o distrito de São Pedro de Alcântara e anexado ao município de Araxá.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o município é constituído de 5 distritos: Araxá, Dores de Santa Juliana, Nossa Senhora da Conceição, São Pedro de Alcântara e Santo Antônio da Pratinha.

Nos quadros de apuração do recenseamento geral de 1-09-1920, o município é constituído de 5 distritos: Araxá, Dores de Santa Juliana, Nossa Senhora da Conceição, São Pedro de Alcântara e Pratinha (ex-Santo Antônio da Pratinha).

Pela lei estadual n°. 843, de 07-09-1923, desmembra do município de Araxá o distrito de São Pedro de Alcântara e Pratinha, para formar o novo município de Ibiá (ex-São Pedro de Alcântara). Pela referida lei estadual são criados os distritos de Argenita (ex-povoado de São João do Araxá) e Tapira ex-povoado e anexado ao município de Araxá.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o município é constituído de 5 distritos: Araxá, Argenita, Dores de Santa Juliana, Nossa Senhora da Conceição e Tapira.

Assim permanecendo em divisãoes territoriais datadas de 31-12-1936 e 31-12-1937.

Pelo decreto-lei estadual n°. 148, de 17-12-1938, desmembra do município de Araxá os distritos de Nossa Senhora da Conceição. Elevado á categoria de município com a denominação de Perdizes e Dores de Santa Juliana com a denominação de Santa Juliana.

Pelo referido decreto-lei os distritos de Argenita deixa de pertencer a Araxá para ser anexado ao município de Ibiá e Tapira a pertencer ao município de Sacramento.

Em divisão territorial datada de 1-07-1960, o município é constituído do distrito sede.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2008.

Alteração toponímica distrital:

São Domingos do Araxá para simplesmente Araxá alterado, pela lei provincial n°. 1259, de 19-12-1863.

Fonte: IBGE; Revista do Archivo Público Mineiro, da Secretaria de Cultura de Minas Gerais; Assembléia Legislativa de Minas Gerais e Fundação Cultural Calmon Barreto, de Araxá.

Ajude a divulgar a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco ou envie seu texto para gente.



Síntese das Informações
Área da unidade territorial - 2015: 1.164,062: km²
Estabelecimentos de Saúde SUS: 24: estabelecimentos
Matrícula - Ensino fundamental - 2015: 12.633: matrículas
Matrícula - Ensino médio - 2015: 3.827: matrículas
Número de unidades locais: 3.178: unidades
Pessoal ocupado total: 31.804: pessoas
PIB per capita a preços correntes - 2014: 47.115,64: reais
População residente : 93.672: pessoas
População residente - Homens: 46.265: pessoas
População residente - Mulheres: 47.407: pessoas
População residente alfabetizada: 83.613: pessoas
População residente que frequentava creche ou escola : 26.880: pessoas
População residente, religião católica apostólica romana: 66.496: pessoas
População residente, religião espírita: 6.841: pessoas
População residente, religião evangélicas: 13.440: pessoas
Valor do rendimento nominal médio mensal dos domicílios particulares permanentes com rendimento domiciliar, por situação do domicílio - Rural: 1.989,35: reais
Valor do rendimento nominal médio mensal dos domicílios particulares permanentes com rendimento domiciliar, por situação do domicílio - Urbana: 2.834,44: reais
Valor do rendimento nominal mediano mensal per capita dos domicílios particulares permanentes - Rural: 500,00: reais
Valor do rendimento nominal mediano mensal per capita dos domicílios particulares permanentes - Urbana: 616,67: reais
Índice de Desenvolvimento Humano Municipal - 2010 (IDHM 2010): 0,772:

Fonte:IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

Araxá: Imagens da cidade e Região

As fotos fornecidas pelo Panoramio estão sobre direitos autorais de seus proprietários.

Você conhece a cidade de Araxá? Então deixe seu comentário!


Comentários (0)

Ainda não há comentários, seja o primeiro!

Postar um comentário

     (Opcional)






Compartilhe Esta Página: