Início » Minas Gerais » Aimorés


Aimorés - Minas Gerais

Município UF Código DDD CEP base Área(Km2)
Aimorés MG 033 35200-000 1348,775

Aimorés faz parte do estado de Minas Gerais. Encontra-se na Mesorregião do Vale do Rio Doce e é a principal cidade da Microrregião de Aimorés, possuindo uma população de 24.969 habitantes, de acordo com o censo realizado pelo IBGE em 2010. Sua área é de 1.349,987 km², dos quais 3,573 km² estão no perímetro urbano da sede do município.

Denominada "a terra do sol eterno" a ocupação da região onde fica o município de Aimorés teve início em 1856, quando os primeiros posseiros, os irmãos João e Luís de Aguiar e um cunhado de nome Inácio Mançores, vindos da Paraíba do Sul (RJ), chegaram a propriedade do Tenente Francisco Ferreira da Silva, no município de Manhuaçu.

Ganharam as cabeceiras do rio Pocrane, no município de Ipanema, seguiram margeando-o até o rio Manhuaçu e por este desceram até a confluência com o rio Doce. Como o lugar oferecia vantagens econômicas, com seu solo fértil, caça abundante e rios piscosos, estabeleceram-se como produtores rurais e mineradores em busca de ouro e pedras preciosas.

História da cidade de Aimorés

O DESBRAVAMENTO da região onde fica o Município de Aimorés data de 1856 a 1860, quando os primeiros posseiros, os irmãos João e Luís de Aguiar e um cunhado de nome Inácio Mançores, vindos da Paraíba do Sul (RJ), chegaram a propriedade do Tenente Francisco Ferreira da Silva, no Município de Manhuaçu, ganharam as cabeceiras do rio Pocrane, no Município de Ipanema, seguiram margeando-o até o rio Manhuaçu, por este desceram até a confluência com o rio Doce. Como o lugar oferecesse vantagens econômicas, com seu solo fértil, caça abundante e rios piscosos, estabeleceram-se como produtores rurais e mineradores em busca de ouro e pedras preciosas. Só por volta de 1870 vieram para o município os desbravadores com o verdadeiro propósito de implantar o progresso através da agricultura e da pecuária. Entre esses destaca-se Paulo Martins dos Santos.

Denominaram a nova terra de Natividade. Incentivaram a agricultura, a pecuária e foram aos poucos povoando o local que até então era dominado pela tribo dos tapuias ou aimures.

Outras pessoas foram atraídas pela notícia da fertilidade e riqueza da zona e para lá se dirigiram, crescendo assim a localidade.

Em 1915 passou a chamar-se Aimorés, em homenagem aos primitivos habitantes da terra, os índios botocudos do grupo "aimure/guimaré" (aimoré).

Gentílico: aimoreense

Formação administrativa

Devido ao litígio em relação às suas divisas com o estado vizinho do Espírito Santo são frequentes os atos ou termos em duplicata, criando seus distritos.

Distrito criado com a denominação de Barra do Manhuaçu, pela lei estadual n°. 556, de 30/08/1911, na antiga povoação de Natividade da Barra do Manhuaçu. Tendo sido constituído com parte do território transferido do Estado do Espírito Santo. Sendo a transferência desta parte ratificada pelo Laudo Arbitral firmado pelos dois estados em 30/11/1914.

A Lei n°. 663, de 18/09/1915, criou o distrito de Aimorés.

Elevado á categoria de município com a denominação de Aimorés, pela lei estadual n°. 673, de 05/09/1916, desmembrado do município de Rio José Pedro, mais tarde denominado Ipanema. Sede na povoação de Natividade. Constituído de 5 distritos: Aimorés, São Sebastião do Alto Capim, Penha do Capim, e São Benedito, todos criados pela mesma lei supracitada. Ainda por esta lei, Aimorés adquiriu do município de Caratinga o distrito de Resplendor. O município de Aimorés foi instalado em 24/02/1917.

Nos quadros do recenseamento geral de 01/09/1920, o município é constituído de 5 distritos: Aimorés, Alto Capim, Penha do Capim, Resplendor e São Benedito.

Pela lei estadual n°. 843, de 07/09/1923, o distrito de Alto Capim passou a denominar-se São Sebastião do Alto Capim e São Benedito a chamar-se Tabaúna.

Elevado à condição de cidade com a denominação de Aimorés, pela lei estadual n.oº 893, 10/09/1925.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o município é constituído de 5 distritos: Aimorés, Penha do Capim, Resplendor, São Sebastião do Alto Capim (ex-Alto Capim) e Tabaúna (ex-São Benedito).

Assim permanecendo em divisãoes territoriais datadas de 31/12/1936 e 31/12/1937.

Pelo decreto-lei estadual n°. 148, de 17/12/1938, desmembra do município de Aimorés o distrito de Resplendor. Elevado à categoria de município e também pela lei supracitada o distrito de São Sebastião do Alto Capim voltou a chamar-se Alto Capim.

No quadro fixado para vigorar no período de 1939-1943, o município é constituído de 4 distritos: Aimorés, Alto Capim (ex-São Sebastião do Alto Capim), Penha do Capim e Tabaúba.

Pela lei estadual n°. 336, de 27/12/1948, são criados os distritos de Conceição do Capim, criado com terras

desmembradas dos distritos de Aimorés (distrito sede), Penha do Capim e Tabaúna e o Distrito de Expedicionário Alício, ex-povoado de Mata Três, criado com terra desmembrada do distrito de Penha do Capim e anexados ao município de Aimorés.

Em divisão territorial datada de 01/07/1950, o município é constituído de 6 distritos: Aimorés, Alto Capim, Conceição do Capim, Expedicionário Alicio, Penha do Capim e Tabaúna.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 01/07/1960.

Pela lei estadual n°. 2764, de 30/12/1962, são criados os distritos de Mundo Novo de Minas e São Sebastião da Vala e anexados ao município de Aimorés.

Em divisão territorial datada de 31/12/1963, o município é constituído de 8 distritos: Aimorés, Alto Capim, Conceição do Capim, Expedicionário Alicio, Mundo Novo de Minas, Penha do Capim, São Sebastião da Vala e Tabaúna.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1995.

Pela lei municipal n°. 1499, de 31/10/1995, é criado o distrito de Santo Antônio do Rio Doce, ex-povoado e anexado ao município de Aimorés.

Em divisão territorial datada de 2001, o município é constituído de 9 distritos: Aimorés, Alto do Capim, Conceição do Capim, Expedicionário Alicio, Mundo Novo de Minas, Penha do Capim, Santo Antônio do Rio Doce, São Sebastião da Vala e Tabaúna.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2008.

.

Fonte: IBGE

Ajude a construir a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco e envie a sua contribuição.

Aimorés: Imagens da cidade e Região

Trem passa sobre o rio Manhuaçu em Aimorés M.G.
Data : 26 March 2008
Autor: Elpídio Justino de Andrade
Rio Manhuaçu deságua no Rio Doce - Aimorés M.G.
Data : 25 March 2008
Autor: Elpídio Justino de Andrade
Carro de Boi Aimores M.G. Brasil
Data : 21 April 2011
Autor: JVEfotos
Aimorés M.G. vista parcial do centro
Data : 25 March 2008
Autor: Elpídio Justino de Andrade
Estação ferroviária - Aimorés M.G.
Data : 25 March 2008
Autor: Elpídio Justino de Andrade
Aimorés M.G. com vista para o rio Doce, a represa e a Pedra da Lorena
Data : 25 March 2008
Autor: Elpídio Justino de Andrade
Aimorés - MG
Data : 02 August 2007
Autor: montanha
Pedra Lorena em Aimorés M.G. Brasil
Data : 04 November 2011
Autor: JVEfotos
Vegetação nativa recuperada no Instituto Terra - Aimorés M.G.
Data : 25 March 2008
Autor: Elpídio Justino de Andrade
Pássaros - Vertedouro UHE Aimorés
Data : 05 July 2009
Autor: ldleal
* Estação Aymorés
Data : 29 March 2011
Autor: Glaucio Henrique Chaves
Foto Tirada no Trem
Data : 04 January 2008
Autor: Rodnei Braum
Vale do Rio Doce M.G.
Data : 22 April 2011
Autor: JVEfotos
Casa Velha
Data : 30 June 2009
Autor: Leandro Durães
Reflexo no Espelho D'água - Espetacular!
Data : 30 June 2009
Autor: Leandro Durães
Ponte ferroviária sobre o Rio Manhuaçu - Aimorés M.G.
Data : 25 March 2008
Autor: Elpídio Justino de Andrade
Carro de Boi
Data : 10 February 2011
Autor: JVEfotos
Instituto Terra
Data : 05 July 2009
Autor: ldleal
Vista Parcial de Baixo Guandú-ES
Data : 04 January 2008
Autor: Rodnei Braum
Instituto Terra
Data : 05 July 2009
Autor: ldleal
As fotos fornecidas pelo Panoramio estão sobre direitos autorais de seus proprietários.

Você conhece a cidade de Aimorés? Então deixe seu comentário!


Comentários (1)

  1. monica's avatar monica

    ola! meu nome acyra helizabete, minha mae era de amoire-mg seu nome era Odete santos barbosa coura e seus pais ANTONIO DOS SANTOS COURA E AMALIA BARBOSA COURA TALVEZ, MINHA MAE NASCEU POR VOLTA DE 1920.QUE EU SAIBA MEU AVÔ ERA FAZENDEIRO E TINHA COMERCIO.

    SUAS FILHAS ERAM ODETE,ESTER,MARIA E OUTRAS QUE NAO SEI,MINHA MAE SE CASOU COM UM HOMEM DA LOCALIDADE E TEVE 3 FILHOS HOMENS! TALVES EM CONSELHEIRO PENA! GOSTARIA DE SABER ALGUMA COISA SOBRE ELES E SABER SE TENHO PARENTES AI E CONHECER MEUS IRMAOS E PAI JA QUE NAO CONHEÇO NINGUEM .NASCI NO DIA 10 DE NOVEMBRO DE 1959! SE PUDER ME AJUDAR AGRADECERIA MUITO OBRIGADO!

    #1 – 03/06/2013 - 02:44

Postar um comentário

     (Opcional)