Início » Ceará » Independência


Independência - Ceará



Independência faz parte do estado do Ceará.

Existem duas explicações para a origem do nome do município. A primeira diz respeito ao Riacho ou Rio que corta a cidade, mas nunca se soube ao certo se esse rio realmente existe, pois ninguém da cidade ou região conhece tal rio com tal nome. O único rio que corta a cidade é o famoso Rio Cupim. O segundo motivo e o mais provável diz respeito à suas consecutivas perdas do status de município, que por muitas vezes aconteceu, e muitas vezes, conseqüentemente o município conquistava sua "Independência", mas essa origem também não está totalmente correta, pois quando foi instalado o município pela primeira vez, ainda como vila em 1857, pelo estado do Piauí, foi dada a denominação Villa da Independência, substituindo o nome Povoação de Pelo-Signal.

Independência faz parte do Vale de Crateús, comprado em 1721, por D. Ávila Pereira Passos, pelo preço de quatro mil cruzados. A posse dessas terras lhe foi dada na Fazenda Lagoa das Almas, 18 quilômetros ao sudoeste da Vila Príncipe Imperial, hoje cidade de Crateús, na margem esquerda do Riacho do Gado, que deságua no Rio Poty.

História da cidade de Independência Ceará - CE

No Vale de Crateús, adquirido em 1721 por D. ávila Pereira, estava situada a fazenda de José Ferreira de Melo, onde, a conselho de Frei Vidal da Penha, se erigiu uma capela. Em 1810 já estava pronta a capela, em torno da qual foram construídas as primeiras habitações. Em breve essa florescente povoação elevou-se a distrito de paz com o nome de Pelo Sinal, por Resolução nº 56, de 6 de setembro de 1836.

Gentílico: independenciense ou independenciano

Formação Administrativa

Distrito criado com a denominação de Independência, por lei provincial de Piauí nº 356, 15-09-1853.

Elevado à categoria de vila com a denominação de Independência, pela lei provincial do Piauí, nº 436, de 24-07-1857. Desmembrado de Crateús. Sede na atual vila de Independência. Instalado em 01-03-1858.

Pelo decreto geral nº 3012, de 22-10-1880, transfere a vila de Independência da antiga província do Piauí para a província do Ceará.

Pela lei estadual nº 107, de 20-09-1892, é extinta a vila de Independência.

Pela lei nº 294, de 07-08-1896, é recriado a vila de Independência. Reinstalada em 16-11-1896.

Pelo ato estadual de 03-03-1902, é criado o distrito de Novo Oriente e anexado ao município de Independência.

Pelo ato n º 8-A, de 10-03-1892, a vila de Independência adquiriu o distrito de Vertentes, pois a vila foi extinta.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, a vila é constituído de 4 distritos: Independência, Cruz, Novo Oriente e Vertentes.

Nos quadro de apuração do Recenseamento Geral de I-IX-1920, o município aparece constituído de 4 distritos: Independência, Cruz, Novo Oriente e Vertentes.

Pelo decreto estadual nº 193, de 20-05-1931, o município é extinto, sendo seu território anexado ao município de Cratéus, como simples distrito.

Elevado novamente à categoria de município com a denominação de Independência, pelo decreto estadual nº 1156, de 04-12-1933. Sob a mesma lei criado o distrito de Santa Quitéria e anexado ao município de Independência.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o município é constituído de 4 distritos: Independência, Novo Oriente, Santa Quitéria e Vertentes, não figurando o distrito de Cruz.

Em divisões territoriais datadas de 31-XII-1937, o município aparece constituído de 5 distritos: Independências, Bom Principio, Novo Oriente, Santa Quitéria e Vertentes.

Pelo decreto estadual nº 448, de 20-12-1938, o distrito de Santa Quitéria passou a denominar-se Coutinho.

No quadro fixado para vigorar no período de 1939-1943, o município é constituído de 5 distritos: Independência, Bom Principio, Coutinho ex-Santa Quitéria, Novo Oriente e Vertentes.

Pelo decreto estadual nº 1114, de 30-12-1943, o distrito de Bom Princípio passou a denominar-se Ematuba e o distrito de Vertentes a denominar-se Iapi.

Em divisão territorial datada de 1-VII-1950, o município é constituído de 5 distritos: Independência, Coutinho, Ematuba ex-Bom Princípio, Iapi ex-Vertentes e Novo Oriente.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VII-1955.

Pela lei estadual nº 3855, de 10-10-1957, desmembra do município de Independência o distrito

de Novo Oriente. Elevado à categoria de município.Pela lei estadual nº 3996, de 27-12-1957, são criados os distritos de São Francisco e Algodões com terras desmembrados do distrito de Coutinho e anexado ao município de Independência.Em divisão territorial datada de I-VII-1960, o município é constituído de 6 distritos: Independência, Algodões, Coutinho, Ematuda, Iapi, São Francisco. Pela lei estadual nº 6444, de 21-07-1963, desmembra do município de Independência os distritos de Coutinho e Algodões. Para formar o Novo município de Coutinho. Pela lei estadual nº 6951, de 19-12-1963, desmembra do município de Independência o distrito de São Francisco. Elevado à categoria de município. Pela lei estadual nº 6954, de 19-12-1963, desmembra do município de Independência o distrito de Ematuba. Elevado à categoria de município. Pela lei estadual nº 6986, de 20-12-1963, desmembra do município de Independência o distrito de Iapi. Elevado à categoria de município com a denominação de Vertentes do Ceará.

Em divisão territorial datada de 31-XII-1963, o município é constituído do distrito sede.

Pela lei estadual nº 7103, de 08-01-1964, é criado o distrito de Jandrangoeira e anexado ao município de Independência.

Pela lei estadual nº 8339, de 14-12-1965, o município de Independência adquiriu os extintos município de Coutinho, Ematuba, Vertentes do Ceará atual Iapi e São Francisco, como simples distrito.

Em divisão territorial datada de 31-XII-1968, o município é constituído de 7 distritos: Independêcnia, Algodões, Coutinho, Ematuba, Iapi, Jandrangoeira e São Francisco.

Pela lei estadual nº 11330, de 04-06-1987, alterada pela lei estadual nº 11485, de 20-07-1988, desmembra do município de Independência o distrito de Coutinho, elevado à categoria de município com a denominação de Quiteranópolis, sendo que este novo município terá como distrito Algodões e São Francisco.

Em divisão territorial datada de 17-I-1991, o município é constituído de 4 distritos: Independência, Ematuba, Iapi e Jandrangoeira. Pela lei municipal nº 326, de 04-12-1992, é criado o distrito de Tranqueiras e anexado ao município de Independência. Pela lei municipal nº 327, de 04-12-1992, é criado o distrito de Monte Sinai com terras desmembradas do distrito de Iapi e anexado ao município de Independência. Em divisão territorial datada de 1-VI-1995, o município é constituído de 6 distritos: Independência, Ematuba, Iapi, Jandrangoeira, Monte Sinai e Tranqueiras.Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2005.

Fonte: IBGE

Ajude a divulgar a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco ou envie seu texto para gente.



Síntese das Informações
Área da unidade territorial - 2015: 3.218,678: km²
Estabelecimentos de Saúde SUS: 20: estabelecimentos
Matrícula - Ensino fundamental - 2015: 3.475: matrículas
Matrícula - Ensino médio - 2015: 1.177: matrículas
Número de unidades locais: 277: unidades
Pessoal ocupado total: 1.885: pessoas
PIB per capita a preços correntes - 2014: 7.273,85: reais
População residente : 25.573: pessoas
População residente - Homens: 12.741: pessoas
População residente - Mulheres: 12.832: pessoas
População residente alfabetizada: 17.684: pessoas
População residente que frequentava creche ou escola : 8.158: pessoas
População residente, religião católica apostólica romana: 23.125: pessoas
População residente, religião espírita: 29: pessoas
População residente, religião evangélicas: 1.624: pessoas
Valor do rendimento nominal médio mensal dos domicílios particulares permanentes com rendimento domiciliar, por situação do domicílio - Rural: 658,94: reais
Valor do rendimento nominal médio mensal dos domicílios particulares permanentes com rendimento domiciliar, por situação do domicílio - Urbana: 1.207,66: reais
Valor do rendimento nominal mediano mensal per capita dos domicílios particulares permanentes - Rural: 150,00: reais
Valor do rendimento nominal mediano mensal per capita dos domicílios particulares permanentes - Urbana: 255,00: reais
Índice de Desenvolvimento Humano Municipal - 2010 (IDHM 2010): 0,632:

Fonte:IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

Independência: Imagens da cidade e Região

As fotos fornecidas pelo Panoramio estão sobre direitos autorais de seus proprietários.

Você conhece a cidade de Independência? Então deixe seu comentário!


Comentários (0)

Ainda não há comentários, seja o primeiro!

Postar um comentário

     (Opcional)






Compartilhe Esta Página: