Início » Ceará » Coreaú


Coreaú - Ceará



Coreaú faz parte do estado do Ceará, localizado na microregião de Coreaú, mesorrregião do Noroeste Cearense. Terra natal de políticos como Francisco Flamarion Portela, Leônidas Cristino e da senadora por Roraima, Ângela Portela. A população avaliada em 2004 era de 21.221 habitantes.

O topônimo tem origem no tupi-guarani curia(ave aquática de pequeno porte) mais iu (beber) e significa: Águas dos Curiós, a ceva dos curiás. Sua denominação original era Várzea Grande , depois Palma e desde 1943, Coreaú.

O atual território de Coreaú situa nas terras nas quais habitaram os índios: Anacé, Tacari-Arariu e Tabajara, e a partir do século XVIII com expanção da produção da pecuária do Ceará, surge uma fazenda e ao redor desta um núcleo urbano conhecido como Fazenda Várzea Grande, vinculado a vila de Granja.

História da cidade de Coreaú Ceará - CE

Um dos mais antigos povoadores da região onde hoje se ergue o município de Coreaú foi o tenente-coronel Manuel Dias de Carvalho, cujas terras lhe foram concedidas, em 1705, por sesmarias, todas situadas nas margens férteis do riacho Coreahu, assim grafado no registro de datas e sesmarias. A gleba sempre se prestou admiravelmente ao labor agrícola, prodigalizando nas quadras invernosas dias fartura e de grande bonança aos fazendeiros que aí se estabeleceram.

Inicialmente o local era chamado de Várzea Grande, sucedendo-lhe o nome Palma durante muitos anos. Corre sobre esta denominação interessante lenda. Contam os antigos que no arraial Várzea Grande, havia uma família de negros que se dedicava ao fabrico de broas - bolos de goma muito apreciados. A fama das broas advinha de sua excelência, atraindo gente que de muito longe vinha comprá-lo aos pretos. Como eram fabricadas em forma de palma, era comum ouvir-se dizer de quem se dirigia para Várzea Grande: "Vou para as Palmas".

Origem do topônimo: Palavra indígena composta de CURIA + U, "o viveiro", "a ceva dos curiás", pequeno patos de d′água doce.

Gentílico: coreauense

Formação Administrativa

Distrito criado com a denominação de Palmas, ex-povoado de Várzea Grande pela lei provincial nº 1206, de 10-08-1867.

Elevado à categoria de vila com a denominação de Palmas, pela lei estadual nº 1316, de 24-09-1870, desmembrado de Granja. Sede no atual distrito de Palmas ex-povoado Várzea Grande. Constituído do distrito sede. Pelo ato de 21-10-1904, é criado o distrito de Trapiá e anexado ao município de Palmas.Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o município aparece constituído de 3 distritos: Palmas, Santo Antônio e Trapiá. Nos quadros de apuração do Recenseamento Geral de 1-IX-1920, o município aparece constituído de 4 distritos: Palmas, Flexeirinha, Santo Antônio e Trapiá.Pela lei nº 1794, de 09-10-1920, a vila é extinta, sendo seu território anexado ao município de Granja.Elevado à categoria de município com a denominação de Palmas, pela lei estadual nº 1887, de 15-10-1921, desmembrado de Granja. Pelo decreto estadual nº 193, de 20-05-1931, é extinta a vila de Palmas, sendo seu território anexado ao município de Granja, como simples distrito. Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o distrito de Palmas figura no município de Massapê, deixando de pertencer ao município de Granja.

Elevado à categoria de município com a denominação de Palmas, pela lei estadual nº 192, de 20-09-1935, desmembrado de Massapê. Sede no atual distrito de Palma. Constituído de 4 distritos: Palmas, Fleixeirinha ex-Flereirinho, Santo Antônio e Trapiá.

Em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937, o município é constituído de 4 distritos: Palmas, Fleixerinha, Santo Antônio e Trapiá.

Pelo decreto estadual nº 448, de 20-12-1938, sob o mesmo decreto o distrito de Santo Antônio passou a denominar-se Araquém e Trapiá a denominar-se Ubaúna.

No quadro fixado para vigorar no período de 1939-1943, o município é constituído de 4 distritos: Palmas, Araquém ex-Santo Antônio, Fleixeirinha e Ubaúna ex-Trapiá.

Pelo decreto-lei estadual nº 1114, de 30-12-1943, o município de Palmas passou a denominar-se Coreaú.

Em divisão territorial datada de 1-VII-1950, o município já denominado Coreaú é constituído de 4 distritos: Coreaú, Araquém, Frexeirinha ex-Frexeirinha e Ubaúna.

Pela lei estadual nº 1153, de 22-11-1951, desmembra do município de Coreaú o distrito de Frexeirinha. Elevado à categoria de município. Sob o mesmo decreto acima citado é criado o distrito de Moraújo e anexado ao município de Coreaú.

Em divisão territorial datada de 1-VII-1955, o município é constituído de 4 distritos: Coreaú, Araquém, Moraújo e Ubaúna.

Pela lei estadual nº 3920, de 25-11-1957, desmembra do município de Coreaú o distrito de Moraújo. Elevado à categoria de município.

Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o município é constituído de 3 distritos: Coreaú, Araquém e Ubaúna.

Pela lei estadual nº 6339, de 14-06-1963, desmembra do município de Coreaú o distrito de Ubaúna. Elevado à categoria de município.

Pela lei estadual nº 6095, de 09-11-1962, é criado o distrito de Aroeiras e anexado ao município de Coreaú.

Em divisão territorial datada de 31-XII-1963, o município é constituído de 3 distritos: Coreaú, Araquém e Aroeiras.

Pela lei estadual nº 8339, de 14-12-1965, Coreaú adquiriu o extinto município de Ubaúna, como simples distrito.

Em divisão territorial datada de 31-XII-1968, o município é constituído de 4 distritos: Coreaú, Araquém, Aroeiras e Ubaúna.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2005.

Alteração toponímica municipal

Palmas para Coreaú alterado pelo decreto estadual nº 1114, de 30-12-1943.

Fonte: IBGE

Ajude a divulgar a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco ou envie seu texto para gente.



Síntese das Informações
Área da unidade territorial - 2015: 775,796: km²
Estabelecimentos de Saúde SUS: 12: estabelecimentos
Matrícula - Ensino fundamental - 2015: 3.534: matrículas
Matrícula - Ensino médio - 2015: 1.074: matrículas
Número de unidades locais: 185: unidades
Pessoal ocupado total: 1.484: pessoas
PIB per capita a preços correntes - 2014: 5.280,66: reais
População residente : 21.954: pessoas
População residente - Homens: 10.944: pessoas
População residente - Mulheres: 11.010: pessoas
População residente alfabetizada: 13.512: pessoas
População residente que frequentava creche ou escola : 7.233: pessoas
População residente, religião católica apostólica romana: 20.216: pessoas
População residente, religião espírita: -: pessoas
População residente, religião evangélicas: 1.022: pessoas
Valor do rendimento nominal médio mensal dos domicílios particulares permanentes com rendimento domiciliar, por situação do domicílio - Rural: 546,72: reais
Valor do rendimento nominal médio mensal dos domicílios particulares permanentes com rendimento domiciliar, por situação do domicílio - Urbana: 902,39: reais
Valor do rendimento nominal mediano mensal per capita dos domicílios particulares permanentes - Rural: 102,40: reais
Valor do rendimento nominal mediano mensal per capita dos domicílios particulares permanentes - Urbana: 222,00: reais
Índice de Desenvolvimento Humano Municipal - 2010 (IDHM 2010): 0,610:

Fonte:IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística


Coreaú: Imagens da cidade e Região

As fotos fornecidas pelo Panoramio estão sobre direitos autorais de seus proprietários.

Você conhece a cidade de Coreaú? Então deixe seu comentário!


Comentários (0)

Ainda não há comentários, seja o primeiro!

Postar um comentário

     (Opcional)






Compartilhe Esta Página: