Início » Bahia » Quijingue


Quijingue - Bahia



Quijingue faz parte do estado da Bahia. Município da Região Sisaleira, possui uma área de 1.271,07 km². Foi fundado em 1962. Sua população é de 27.243 habitantes.

Quijingue está localizado na região Nordeste da Bahia, a uma distância de 322 km da capital Salvador. Faz limite com os municípios de Euclides de Cunha, Tucano, Cansanção, Araci, Monte Santo e Banzaê. O acesso ao município se dá através da BA 381 que é ligada a BR 116.

O crescimento de uma comunidade na fazenda Lagoa Grande deu origem a uma povoação de idêntica denominação, integrando o município de Tucano. Posteriormente, já quando da passagem de Antônio Conselheiro pela área, era conhecida por Triunfo. Município criado com o território do distrito de Quijingue, desmembrado de Tucano, por força de Lei Estadual de 15/03/1962. A sede, criada distrito com a denominação de Triunfo, em 1971 e alterado para Quijingue em 1943, foi elevada a categoria de cidade quando da criação do município.

História da cidade de Quijingue

A atual cidade de Quijingue originou-se na Fazenda Onça, de propriedade do Sr. Gregório José de Almeida, que passou a chamar-se Fazenda São João da Onça em razão do sucesso das festas que eram realizadas anualmente no dia de São João, com a presença de todos os moradores das regiões

vizinhas, e onde aconteciam queima de fogos, fogueiras e outras atividades juninas.

Com o passar do tempo, a festança fora transferida para fazenda Lagoa Grande, que a partir de então, passou a

contar com o fluxo de pessoas cada vez maior, sendo construídos os primeiros casebres e a capela, com a colaboração do conselheiro Francisco e do Sr. Gregório José de Almeida.

Procedente de Bom Conselho, atual Cícero Dantas, acompanhado de vários seguidores, chegou ao arraial, por volta de 1893, Antônio Vicente Mendes Maciel, o Antônio Conselheiro, quando o nome da localidade mudou para Triunfo, sendo seus fundadores Severo Ferreira de Brito, Gregório José de Almeida, Joaquim Pereira de Oliveira, Salu, José Peba e José Bezerra de Oliveira.

Neste período, o povoado fora visitado pelos Revoltosos que inquietavam a população por onde passava. Posteriormente, contou com a presença do cangaceiro Virgulino Ferreira da Silva, o Lampião.

Pertencente ao Município de Tucano, o povoado passou a ser denominado Distrito de Triunfo, e com o surgimento de um maior número de habitantes e a necessidade de libertar-se do

jugo do Município de Tucano, surgiram os primeiros movimentos para emancipação política, que veio a se concretizar em 15 de março de 1962, através da Lei nº 1640.

Gentílico:

Formação administrativa

Distrito criado com a denominação de Triunfo, pela lei municipal nº 11, de 30-04-1917, aprovada pela lei estadual nº 1199, de 03-07-1917, subordinado ao município de Tucano.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o distrito de Triunfo figura no município de Tucano.

Assim permanecendo no quadro fixado para vigorar no período de 1930-1943.

Pelo decreto lei estadual nº 141, de 31-12-1943, confirmado pelo decreto-lei estadual nº 12978, de 01-06-1944, o distrito de Triunfo tomou a denominação de Quijingue.

Em divisão territorial datada de 1-VII-1950, o distrito de Quijingue (ex-Triunfo), figura no Município de Tucano.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VII-1960.

Elevado à categoria município com a denominação de Quijingue, pela lei estadual nº 1640, de 15-03-1962, desmembrado de Tucano. Sede no antigo distrito de Quijingue.

Constituído do distrito sede. Instalado em 07-04-1963.

Em divisão territorial datada de 31-XII-1963, o município é constituído do distrito sede.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-I-1979.

Pela lei estadual nº 4040, de 14-05-1982, é criado o distrito de Algodões (ex-povoado) e anexado ao município de Quijingue.

Em divisão territorial datada de 1988, o município é constituído de 2 distritos: Quijingue e de Algodões.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.

Alteração Toponímica Distrital

Triunfo para Quijingue, alterado pelo Decreto Lei Estadual nº 141, de 31-12-1943, confirmado pelo Decreto-Lei Estadual nº 12978, de 01-06-1944.

Fonte: IBGE

Autor do Histórico: JOãO CALDAS NETO

Ajude a divulgar a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco ou envie seu texto para gente.



Síntese das Informações
Área da unidade territorial - 2015: 1.270,485: km²
Estabelecimentos de Saúde SUS: 10: estabelecimentos
Matrícula - Ensino fundamental - 2015: 5.012: matrículas
Matrícula - Ensino médio - 2015: 1.065: matrículas
Número de unidades locais: 156: unidades
Pessoal ocupado total: 1.186: pessoas
PIB per capita a preços correntes - 2014: 4.933,39: reais
População residente : 27.228: pessoas
População residente - Homens: 14.011: pessoas
População residente - Mulheres: 13.217: pessoas
População residente alfabetizada: 17.112: pessoas
População residente que frequentava creche ou escola : 9.569: pessoas
População residente, religião católica apostólica romana: 20.725: pessoas
População residente, religião espírita: 27: pessoas
População residente, religião evangélicas: 3.068: pessoas
Valor do rendimento nominal médio mensal dos domicílios particulares permanentes com rendimento domiciliar, por situação do domicílio - Rural: 680,36: reais
Valor do rendimento nominal médio mensal dos domicílios particulares permanentes com rendimento domiciliar, por situação do domicílio - Urbana: 1.440,01: reais
Valor do rendimento nominal mediano mensal per capita dos domicílios particulares permanentes - Rural: 135,00: reais
Valor do rendimento nominal mediano mensal per capita dos domicílios particulares permanentes - Urbana: 263,33: reais
Índice de Desenvolvimento Humano Municipal - 2010 (IDHM 2010): 0,544:

Fonte:IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

Quijingue: Imagens da cidade e Região

As fotos fornecidas pelo Panoramio estão sobre direitos autorais de seus proprietários.

Você conhece a cidade de Quijingue? Então deixe seu comentário!


Comentários (0)

Ainda não há comentários, seja o primeiro!

Postar um comentário

     (Opcional)






Compartilhe Esta Página: