Início » Bahia » Muritiba


Muritiba - Bahia



Muritiba faz parte do estado da Bahia. A população avaliada em 2004 era de 33.779 habitantes.

Fundada em 8 de agosto de 1919, o município de Muritiba tem como base econômica a agricultura, com a produção de mandioca, fumo, laranja e limão. Famosa no Recôncavo Baiano pela tradicional Festa do Senhor do Bonfim, que acontece todos os anos na cidade e tem duração de onze dias e termina com a Procissão do Senhor do Bonfim na última segunda-feira de festa.

Terra natal do escritor Clementino Fraga e do compositor Lui Muritiba.

História da cidade de Muritiba

Exploradores portugueses e jesuítas, que em 1559 atingiram as regiões de Cachoeira e São Félix, escalando a Serra que margeia o Paraguaçu, alcançaram o planalto e fundaram uma povoação, iniciando-se com a construção de dois templos e conventos, cujas ruínas ainda existem nas Fazendas São Pedro Velho e Fumal, nas proximidades da cidade de Muritiba. Tendo sido o Arraial de Cachoeira inaugurado por ordem de D. Antônio Barreiras, em 1575, o escritor Muritibano Anfilófio de Castro, em seu livro História e Estrelas de Muritiba, opina que esta povoação tenha sido contemporânea da Cidade Heroíca. Um dos estabelecimentos religiosos acima aludidos teria sido uma Casa de Misericórdia, o que se conclui pelo nome dado à estrada que vai de São Félix àquele local conhecido como Ladeira da Misericórdia. Quanto ao destino dessas instituições, correm duas versões a respeito: a primeira é a de que as construções não tenham chegado ao fim, e a segunda a de que foram concluídas, sendo arrasadas em 1624 pela sanha destruidora dos invasores holandeses. Em 1640, inaugurou-se o novo templo dedicado a São Pedro, no local em que hoje se encontra a atual Igreja Matriz de Muritiba.

No início da colonização, eram três as nossas capitanias: a da Bahia, a de Ilhéus e a de Porto Seguro, que se constituíam em verdadeiros latifúndios, onde funcionavam justiça própria e arrecadação de tributos feitos pelos donatários.

Devido as naturais dificuldades e temendo um fragoroso fracasso, D.João III reduziu os raios de ação a pequenos núcleos que mesmo assim foram se desenvolvendo com lentidão, e muitas outras praticamente desapareceram, em decorrência de ataques de íncolas, ou então, conforme sabemos, de invasores estrangeiros.

Foi a partir da criação da Província da Bahia, tendo Salvador como sede do Governo Geral do Brasil, e como primeiro mandatário, conforme sabemos, Thomé de Souza, que a vida municipal propriamente dita começou, havendo sido solenemente instalada a cidade de Salvador no dia 13 de Junho de 1749. Foi portanto Salvador, o primeiro município brasileiro.

Naqueles tempos, existiam apenas as Vilas de Ilhéus e Porto Seguro, e diversos focos de povoamento ao longo da costa baiana. A colonização das terras fertilíssimas e mais produtores de cana-de-açúcar, foi se estendendo, mais notadamente nas margens dos rios navegáveis como o Paraguaçu, por exemplo, onde se situavam as terras da antiga Capitania de Antônio Dias Adorno, onde abriam estradas e onde surgiram as povoações de Cachoeira, do seu lado Ocidental, São Félix, e subindo um pouco mais, Muritiba, que nasceu sob a invocação de São Pedro Velho do Monte da Muritiba, cuja freguesia foi criada em 1705 por Sebastião Monteiro de Vide, 5º Arcebispo da Bahia e Primaz do Brasil.

Gentílico: muritibano

Formação Administrativa

Em 1889, por decreto assinado pelo Governador do Estado da Bahia, Dr. Manoel Vitorino, São Félix foi desmembrado do Município de Cachoeira, figurando Muritiba como Distrito de São Félix.

A Lei nº 1349, de 08 de agosto de 1919, elevou Muritiba à categoria de Vila e município, como território desmembrado do de São Félix. A sua instalação ocorreu a 1º de janeiro de 1920.

Em 1922, a Lei estadual nº 1568, de 03 de agosto daquele ano, elevou Muritiba à categoria de Cidade e Termo.

Na Divisão Administrativa do Brasil referente a 1933, Muritiba figura com três Distritos: Muritiba, São José do Aporá e Cabeças, este criado pela Lei Provincial nº 2149, de 14 de maio de 1881.

Nas divisões territoriais datadas de 31 de dezembro de 1936 e 1937, como também no quadro anexo ao Decreto Lei Estadual de nº 10724, de 30 de março de 1938, o município de Muritiba subdivide-se em 04 Distritos: Muritiba, São José do Aporá (hoje Itaporan), Cabeças (hoje emancipado, com a denominação de Governador Mangabeira) e Santo Antônio do Jordão (hoje Geolândia). A situação permaneceu inalterada até que a Lei nº 628, de 30 de dezembro de 1953, criou mais um Distrito, o de Cabaceiras do Paraguaçu, onde, em 14 de março de 1847.

Em 1962, se deu o desmembramento de Governador Mangabeira e em 1989, o desmembramento de Cabaceiras do Paraguaçu, ficando atualmente com 02 Distritos: Muritiba e São José do Itaporan.

Fonte: IBGE

Autor do Histórico: ANTôNIO CARLOS DA S. PEREIRA

Ajude a divulgar a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco ou envie seu texto para gente.



Síntese das Informações
Área da unidade territorial - 2016: 86,311: km²
Estabelecimentos de Saúde SUS: 14: estabelecimentos
Matrícula - Ensino fundamental - 2015: 4.163: matrículas
Matrícula - Ensino médio - 2015: 1.087: matrículas
Número de unidades locais: 307: unidades
Pessoal ocupado total: 2.538: pessoas
PIB per capita a preços correntes - 2014: 8.053,25: reais
População residente : 28.899: pessoas
População residente - Homens: 13.726: pessoas
População residente - Mulheres: 15.173: pessoas
População residente alfabetizada: 22.237: pessoas
População residente que frequentava creche ou escola : 9.208: pessoas
População residente, religião católica apostólica romana: 20.110: pessoas
População residente, religião espírita: 275: pessoas
População residente, religião evangélicas: 3.376: pessoas
Valor do rendimento nominal médio mensal dos domicílios particulares permanentes com rendimento domiciliar, por situação do domicílio - Rural: 830,07: reais
Valor do rendimento nominal médio mensal dos domicílios particulares permanentes com rendimento domiciliar, por situação do domicílio - Urbana: 1.761,57: reais
Valor do rendimento nominal mediano mensal per capita dos domicílios particulares permanentes - Rural: 200,60: reais
Valor do rendimento nominal mediano mensal per capita dos domicílios particulares permanentes - Urbana: 335,00: reais
Índice de Desenvolvimento Humano Municipal - 2010 (IDHM 2010): 0,660:

Fonte:IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística


Muritiba: Imagens da cidade e Região

As fotos fornecidas pelo Panoramio estão sobre direitos autorais de seus proprietários.

Você conhece a cidade de Muritiba? Então deixe seu comentário!


Comentários (0)

Ainda não há comentários, seja o primeiro!

Postar um comentário

     (Opcional)






Compartilhe Esta Página: