Início » Bahia » Maetinga


Maetinga - Bahia



Maetinga faz parte do estado da Bahia, distante cerca de 609 quilômetros da capital. A população avaliada em 2006 era de 16.083 habitantes, segundo dados do IBGE.

O município de Maetinga foi criado em 1985 e desmembrado do município de Presidente Jânio Quadros, o qual teve seu território povoado por volta de 1876, com o desenvolvimento da agropecuária e do comércio. Atualmente conta com um rebanho representativo de bovinos, caprinos e ovinos e com significativa produção agrícola.

No ano de 1885, na fazenda titulada Lagoa do Monte Alegre, marca a chegada do fundador João Francisco de Lima junto de sua esposa Maria Hermelina da Conceição e seus 14 filhos. Pertencentes das terras da Boa Vista onde se edificou 4 casas: a do Fundador, uma de Joãozinho Matias, uma de Sebastião Lima e Joaquim Lima e uma de Antônio Jorge da Silva (Vulgo Antônio Bizor). Se dedicavam à agricultura , à pecuária e ao descortiçamento das matas, também participavam de festejos religiosos como o de Santo Antônio e Santa Rita, que vinha por tradição familiar. No ano de 1888 iniciava-se as celebrações das missas na casa do fundador. Os festejos eram realizados na casa de Joãozinho Matias e sua esposa Maria Mocinha. As missas eram realizadas pelo padre João Gilberto, e foi até o ano de 1906, mesmo ano que faleceu o fundador. A partir daí as missas passaram a ser celebradas na casa de Joaquim Lima, depois na casa de Antônio Bizor até o ano de 1915. A partir de 1916 as missas continuaram a ser realizadas na igreja, que tinha sido edificada nesse mesmo ano, eram celebradas pelo segundo padre Altino, que também nesse mesmo ano realizou 4 casamentos: o de Tertulino Francisco dos Santos, o de Francisco José da Silva, o de Marcelino Silveira e o de Thiadolino Lima. O padre Altino e o padre Miguel ficaram na paróquia até o ano de 1920, e de 1920 a 1962 o padre Valdemar. Em 1919 já surgiam as casas de comércio: a venda de Antônio Bizor e a venda de Sebastião Lima Filho, em 1924 a loja de Francisco de Aliça, em 1925 a loja de Casimiro Souza, e assim foi se desenvolvendo o povoado.

História da cidade de Maetinga

O Município de Maetinga foi criado em 1985, desmembrado do Município de Presidente Jânio Quadros, o qual teve seu território povoado por volta de 1876, com o desenvolvimento da agropecuária e do comércio.

No ano de 1885, chegou à fazenda de nome Lagoa do Monte Alegre, o fundador do povoado João Francisco de Lima, junto com sua esposa Maria Hermelina da Conceição e seus 14 filhos. Pertencentes das terras de Boa Vista, edificaram no local quatro casas: a do fundador, uma de Joãozinho Matias, uma de Sebastião Lima e Joaquim Lima e uma de Antônio Jorge da Silva (vulgo Antônio Bizor).

Dedicavam-se a agricultura, pecuária e ao descortiçamento das matas. Participavam dos festejos religiosos, como o de Santo Antônio e Santa Rita, de tradição familiar, e que eram realizados na casa de Joãozinho Matias e sua esposa Maria Mocinha.

No ano de 1888, teve início a celebração das missas na casa do fundador, realizadas pelo Padre João Gilberto, e que aconteceram até o ano de 1906, quando, então, faleceu o fundador.

O topônimo Maetinga é de origem tupi-guarani, e significa: mae (monte) e tinga (alegria), lembrando, assim, o antigo nome do local, Monte Alegre.

Gentílico: maetinguense

Formação Administrativa

Distrito criado com a denominação de Maetinga (ex-povoado), pela Lei Estadual nº 628, de 30-12-1953, com terras desmembradas do distrito Joanina, subordinado ao Município de Condeúba.

Em divisão territorial datada de 1-VII-1950, o Distrito de Maetinga figura no Município de Condeúba.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VII-1960.

Pela Lei Estadual nº 1604, de 28-12-1961, o Distrito de Maetinga foi transferido do Município de Condeúba para o novo Município de Presidente Jânio Quadros (ex-Joanina).

Em divisão territorial datada de 31-XII-1963, o Distrito de Maetinga figura no Município de Presidente Jânio Quadros.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VII-1983.

Elevado à categoria de município com a denominação de Maetinga, pela Lei Estadual nº 4446, de 09-05-1985, desmembrado de Presidente Jânio Quadros. Sede no atual Distrito de Maetinga. Constituído do distrito sede. Instalado em 01-01-1986.

Em divisão territorial datada de 1988, o município é constituído do distrito sede.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.

Transferência distrital

Pela Lei Estadual nº 1604, de 28-12-1961, transfere o Distrito de Maetinga do Município de Condeúba para o novo Município de Presidente Jânio Quadros (ex-Joanina).

Fonte: IBGE; Wikipédia

Autor do Histórico: NILO ANTôNIO MONTEIRO DE MENDONçA

Ajude a divulgar a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco ou envie seu texto para gente.



Síntese das Informações
Área da unidade territorial - 2015: 630,084: km²
Estabelecimentos de Saúde SUS: 4: estabelecimentos
Matrícula - Ensino fundamental - 2015: 1.212: matrículas
Matrícula - Ensino médio - 2015: 303: matrículas
Número de unidades locais: 56: unidades
Pessoal ocupado total: 395: pessoas
PIB per capita a preços correntes - 2014: 7.279,23: reais
População residente : 7.038: pessoas
População residente - Homens: 3.581: pessoas
População residente - Mulheres: 3.457: pessoas
População residente alfabetizada: 4.524: pessoas
População residente que frequentava creche ou escola : 2.229: pessoas
População residente, religião católica apostólica romana: 6.169: pessoas
População residente, religião espírita: 5: pessoas
População residente, religião evangélicas: 603: pessoas
Valor do rendimento nominal médio mensal dos domicílios particulares permanentes com rendimento domiciliar, por situação do domicílio - Rural: 832,30: reais
Valor do rendimento nominal médio mensal dos domicílios particulares permanentes com rendimento domiciliar, por situação do domicílio - Urbana: 1.151,51: reais
Valor do rendimento nominal mediano mensal per capita dos domicílios particulares permanentes - Rural: 200,50: reais
Valor do rendimento nominal mediano mensal per capita dos domicílios particulares permanentes - Urbana: 300,00: reais
Índice de Desenvolvimento Humano Municipal - 2010 (IDHM 2010): 0,538:

Fonte:IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

Maetinga: Imagens da cidade e Região

As fotos fornecidas pelo Panoramio estão sobre direitos autorais de seus proprietários.

Você conhece a cidade de Maetinga? Então deixe seu comentário!


Comentários (0)

Ainda não há comentários, seja o primeiro!

Postar um comentário

     (Opcional)






Compartilhe Esta Página: