Início » Bahia » Macaúbas


Macaúbas - Bahia

Macaúbas faz parte do estado da Bahia. A população avaliada em 2009 era de 48.633 habitantes. O município cobre uma área de 3.039km². Situa-se na chamada Zona Fisiográfica da Serra Geral, microregião da Chapada Diamantina Meridional.

Os índios pertencentes ao grupo dos tupinaés (ramo dos tupinambás foram os primeiros habitantes da região) Existem vários sítios arqueológicos em todo o município. A formação do município começou em meados do século XVII, no lugar "Coité", quando ali chegaram os primeiros brancos e ergueram uma capela em louvor a Nossa Senhora da Imaculada Conceição, ainda hoje padroeira do município. Eram bandeirantes que transitavam pelo rio São Francisco em busca de ouro e pedras preciosas. A povoação formou-se em terras pertencentes ao município de Urubu (Rio Branco, hoje, Paratinga) do qual foi desmembrado em 1832, para constituir município independente, com o topônimo de Macaúbas, por decreto imperial de 6 de julho 1832, que também elevou a sua sede à categoria de vila. O início do seu funcionamento ocorreu em 23 de setembro de 1833. Com o crescimento do povoado, o curato da primitiva capela passou a ser a freguesia de Nossa Senhora da Imaculada Conceição de Macaúbas, promovida pela Lei provincial nº 124, de 19 de maio de 1840. Esta denominação deveu-se à abundância de uma espécie de palmeira, que os índios denominavam "macaúba" ou "macaíba", atualmente em extinção no município. Pela lei estadual nº 1761, de 10 de junho de 1925, Macaúbas foi elevada à categoria de cidade e sede do município, ao qual foi incorporado o território do extinto município de Bom Sucesso (atual Ibitiara) já emancipado. A cidade cresceu em torno da Matriz de Nossa Senhora da Conceição, cuja Paróquia foi criada pela Lei 124, de 19 de maio de 1840. Na formação do povo macaubense há forte presença da miscigenação indígena com branco de origem portuguesa. O negro não esteve tão presente, pois o município era pobre e não teve muitos escravos. O imenso município perdeu terras na década de 60, quando emanciparam-se Boquira, com o distrido de Bucuituba (Santa Rita) e Botuporã, com os distritos de Tanque Novo e Caturama, atualmente emancipados. O território de Macaúbas apresenta "gerais" e chapadões. A principal elevação é a serra de Macaúbas muito extensa e uniforme, que corre o município do sul para o norte, e se eleva até 1250 metros. afluentes do São Francisco pela margem direita. O rio Paramirim, que nasce na Serra das Almas, serve de limite com os municípios de Caturama, Rio do Pires e Ibipitanga. O açude de Macaúbas, com capacidade de 20.900.000 metros cúbicos, construído pelo antigo DNOCS, permanece até hoje, quase inaproveitado.

O município de Macaúbas está localizado na região central do estado da Bahia, na chamada Zona Fisiográfica da Serra Geral, Chapada Diamantina Meridional. Faz limites, ao Norte, com os municípios de Boquira, Paratinga e Ibipitanga, ao Sul com Botuporã, Tanque Novo, Igaporã, ao Leste com Rio do Pires e a Oeste com Riacho de Santana. O município está totalmente localizado no Polígono da Seca. A sede do município tem a sua posição indicada pelas seguintes coordenadas geográficas: 13º 01′ 17 de latitude sul e 42º 41′41 de longitude Oeste. Distância em linha reta da Capital do Estado: 433km.

História da cidade de Macaúbas

Os primeiros habitantes da região, na qual se localiza o município de Macaúbas, foram índios pertencentes ao grupo dos tupinaé (ramo dos tupinambás) há centenas de anos. Existem vários sítios arqueológicos em todo o município.

A formação do município começou em meados do século XVII, no lugar "Coité", quando ali chegaram os primeiros brancos, esses eram bandeirantes que transitavam pelo rio São Francisco em busca de ouro e diamantes. Alguns aí se fixaram, dando início ao povoamento.

Do comércio que os seus fundadores mantiveram e desenvolveram resultou que o povoado se ampliasse até a localidade conhecida por Estiva. Já havia, a esse tempo, no arraial de Coité, uma capela erguida em louvor a Nossa Senhora da Conceição que ficou sendo, até hoje, a nossa padroeira.

Com o desenvolvimento do município, o curato da primitiva capela passou a ser a freguesia de Nossa Senhora da Conceição de Macaúbas, promoção que se deu pela Lei provincial nº 124, de 19 de maio de 1840.

Essas terras pertenciam ao município de Urubu (Rio Branco, hoje, Paratinga) do qual foi desmembrado em 1832 para se constituir município independente, com o topônimo de Macaúbas, por decreto estadual de 06 de julho 1832, que também elevou a sua sede à categoria de vila. O início do seu funcionamento ocorreu a 23 de setembro de 1833.

Formação Administrativa

Elevado à categoria de vila com a denominação de Macaúbas, pelo decreto de 06-07-1832, desmembrado do município de Urubu. Sede na antiga povoação de Macaúbas. Instalado em 23-09-1833.

Distrito criado com a denominação de Macaúbas, pela lei provincial nº 124, de 19-05-1840, subordinado ao município de Urubu.

Pela lei provincial nº 1788, de 30-06-1877, é criado o distrito de São Sebastião e anexado ao município de Macaúbas.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, a vila aparece constituída de 4 distritos: Macaúbas, Lagoa Clara, Santa Rita e São Sebastião.

Assim permanecendo nos quadros de apuração do recenseamento geral de 1-IX-1920.

Elevado à condição de cidade com a denominação de Macaúbas, pela lei estadual nº 1761, de 10-06-1925.

Pelos decretos estaduais nºs 7455, de 23-06-1931, e 7479, 08-07-1931, o município de Macaúbas adquiriu o território do extinto município de Bom Sucesso, como simples distrito.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o município aparece constituída de 5 distritos: Macaúbas, Bom Sucesso, Lagoa Clara, Santa Rita e São Sebastião.

Pelo decreto nº 8830, de 02-03-1934, desmembra do município de Macaúbas o distrito de Bom Sucesso. Elevado novamente à categoria de município.

Em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937, o município aparece o constituído de 6 distritos: Macaúbas, Assunção, Betânia, Monte Belo, Santa Rita e São Sebastião. Não figurando o distrito de Lagoa Clara, voltando a condição de povoado.

Pelo decreto-lei estadual nº 11089, de 30-11-1938, o distrito São Sebastião tomou a denominação de Caturama.

No quadro fixado para vigorar no período de 1939-1943, o município é constituído de 6 distritos: Macaúbas, Assunção, Betânia, Caturana (ex-São Sebastião), Monte Belo e Santa Rita. .

Pelo decreto-lei estadual nº 141, de 31-12-1943, confirmado pelo decreto estadual nº 12978, de 01-06-1944, o município de Macaúbas sofreu as seguintes modificações: o distrito de Assunção para Boquira, Betânia para Canatiba, Monte Belo para Botuporã e Santa Rita para Bucuituba.

Em divisão territorial datada de 1-VII-1950, o município é constituído de 6 distritos: Macaúbas, Boquira (ex-Assunção), Botuporã (ex-Monte Belo), Bucuituba (ex-Santa Rita), Canatiba (ex-Betânia) e Caturana.

Pela lei estadual nº 628, de 30-12-1953, foram criados os distritos de Lagoa Clara e Tanque Novo, ambos (ex-povoados), criados com terras desmembradas do distrito de Botuporã e anexados ao município de Macaúbas.

Em divisão territorial datada de 1-VII-1955, o município é constituído de 8 distritos: Macaúbas, Boquira, Botuporã, Bucuituba, Canatiba, Caturana, Lagoa Clara e Tanque Novo.

Assim permanecendo em divisão territorial de datada de 1-VII-1960.

Pela lei estadual nº 1647, de 22-03-1962, desmembra do município de Macaúbas os distritos de Botuporã, Caturama e Tanque Novo, para constituir o novo município de Botuporã.

Pela lei estadual nº 1663, de 06-04-1962, desmembra do município de Macaúbas os distritos de Boquira e Bucuituba, para constituir o novo município de Boquira.

Em divisão territorial datada de 31-XII-1963, o município é constituído de 3 distritos: Macaúbas, Canatiba e Lagoa Clara.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.

Fonte: Prefeitura Municipal

Ajude a construir a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco e envie a sua contribuição.

Macaúbas: Imagens da cidade e Região

MACAÚBAS BA BRA
Data : 05 July 2012
Autor: adao p silva
Capela Senhor do Bonfim
Data : 25 August 2007
Autor: Helivelto Lima
Rua das Pedras
Data : 07 August 2009
Autor: Helivelto Lima
Macaúbas, vista do Bar de Edvaldo da Rua da Palha 3
Data : 28 March 2008
Autor: João Fontoura
Bloco Tô Quentão
Data : 24 April 2007
Autor: Helivelto Lima
Samambaia, Macaúbas, BA,
Data : 18 May 2007
Autor: Helivelto Lima
Entrada de Macaúbas
Data : 07 August 2009
Autor: João Fontoura
Fogueira no anoitecer do dia de São João, Macaúbas - Bahia
Data : 08 July 2009
Autor: João Fontoura

Data : 12 May 2008
Autor: João Fontoura

Data : 07 August 2009
Autor: João Fontoura
Macaúbas Bahia BRA
Data : 21 August 2012
Autor: adao p silva
Macaúbas
Data : 06 August 2007
Autor: ThIaGoMaX
Macaúbas-BA
Data : 26 April 2007
Autor: bvaldir
Matriz de Macaúbas
Data : 12 December 2008
Autor: Marcelo Tchesco
Antiga praça
Data : 12 May 2008
Autor: João Fontoura

Data : 12 May 2008
Autor: João Fontoura
Praça, novinha em folha!!!
Data : 15 December 2008
Autor: Marcelo Tchesco

Data : 10 September 2009
Autor: João Fontoura
Luar de Macaúbas
Data : 27 May 2009
Autor: ericoisaac
Tô Quentão 2007
Data : 07 August 2009
Autor: João Fontoura
As fotos fornecidas pelo Panoramio estão sobre direitos autorais de seus proprietários.

Você conhece a cidade de Macaúbas? Então deixe seu comentário!


Comentários (1)

  1. Jose Alves de Souza's avatar Jose Alves de Souza

    Joao Fontoura

    Este seu trabalho ficou muito bacana, eu sou de

    Macaubas, estou morando em Sao Paulo a muitos anos,

    mas com fe em Deus eu irei morar ai, espero que seja em breve.

    ficou muito bacana esta divulgaçao e precisamos divulgar mais a nossa cidade, que por sinal esta muito linda, quanto mais divulgar melhor a cidade merece por esta bem desenvolvida, essa praça e muito linda. Parabens... Macaubas.

    #1 – 06/11/2013 - 12:47

Postar um comentário

     (Opcional)