Início » Bahia » Itaberaba


Itaberaba - Bahia



Itaberaba é um município do estado da Bahia, no Brasil. Encontra-se na região da Chapada Diamantina. Sua estimativa populacional, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, é de 70 000 habitantes. Fica às margens da BR-242, uma importante rodovia federal que liga a Bahia ao Distrito Federal. Possui diversas indústrias e um forte comércio, o que a torna um dos maiores centros regionais do estado.

"Itaberaba" é um termo tupi que significa "pedra brilhante", através da junção dos termos itá ("pedra") e berab ("brilhante").

A região que hoje o município de Itaberaba ocupa já foi habitada pelos índios Maracás, do grupo dos Tapuias. Eram índios robustos e guerreiros, mas não eram antropófagos.

História da cidade de Itaberaba

Ao território do atual município são feitas referências desde o século XVII, quando os diversos governadores mandavam fazer entradas contra os selvagens que, anualmente, desciam sobre os estabelecimentos portugueses do Recôncavo. As passagens das Bandeiras que viajaram margeando o Rio Paraguaçu deixaram vestígios de fortim, à sua margem direita. é tradição oral a existência da tribo dos maricás, aldeada outrora na serra do Orobó, que sustentou lutas constantes com as Bandeiras vindas para combatê-la e, afinal, sendo os indígenas vencidos, retiraram-se para as matas do sul deste estado.

Atribuem-se como fatores ou causas determinantes do povoamento do município: a

concessão de sesmarias, como as do capitão-mor Manuel Cajado e Antônio Guedes de Brito, a

do último compreendida entre os rios Capivari, Piranhas e as serras do Orobó, e do Tupim, desde 1768; e as Entradas com a esperança da existência de ouro na serra do Orobó, cujo significado de ouro bom é tradição.

Em 1806, foi comprada do capitão-mor Manoel Rodrigues Cajado, a fazenda São Simão, a qual em 1809 passou a Antônio de Figueiredo Mascarenhas que, no centro da sua propriedade, edificou uma casa de oração, consagrada a Nossa Senhora do Rosário, local em que hoje se encontra a cidade de Itaberaba. Aí se formou povoação em torno da capela e, em 1817, já era um arraial Orobó pertencente ao município de Cachoeira. Ao povoado que se formou e cresceu em razão da capela, foram dadas honras de paróquia pela Resolução Provincial nº 195, de 18 de maio de 1843, com a denominação de Freguesia de Nossa Senhora do Rosário do Orobó, antes no âmbito da Freguesia de Santana do Camisão, ficando, por este ato, criado o Distrito de Paz.

Gentílico: itaberabense

Formação Administrativa

Distrito criado com a denominação de Itaberaba, pela lei provincial nº 195, de 18-05-1843, subordinado ao município de Camisão.

Elevado à categoria de vila com a denominação de Orobó, pela lei provincial nº 1715, de 26-03-1877, desmembrado de Camisão. Sede no antigo distrito de Orobó. Constituído do distrito sede. Instalada em 30-07-1877.

Elevado á condição de cidade com a denominação de Itaberaba, pela lei estadual nº 176, de 25- 06-1897.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o município aparece constituído de 2 distritos: Itaberaba e Orobó Grande .

Pela lei estadual nº 1022-A, de 25-06-1914, desmembra do município de Itaberaba o distrito de Orobó Grande. Elevado à categoria de vila.

Pela lei municipal nº 47, de 04-10-1920, aprovada pela lei estadual nº 1470, de 16-05-1921, é criado o distrito de Boa Vista e anexado ao município de Itaberaba.

Pela lei estadual nº 8570, de 29-07-1933, é criado o distrito de Ibiquera e anexado ao município de Itaberaba.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o município aparece constituído de 3 distritos: Itaberaba, Boa Vista e Ibiquera.

Assim permanecendo em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937.

Pelo decreto-lei estadual nº 141, de 31-12-1943, confirmado pelo decreto estadual nº 12978, de 01-06-1944, o distrito de Boa Vista tomou a denominação de Tupim.

Em divisão territorial datada de 1-VII-1950, o município é constituído Itaberaba, Ibiquera e Tupim (ex-Boa Vista).

Pela lei estadual nº 628, de 30-12-1953, é criado o distrito de Brejo Novo (ex-povoado de Belo Horizonte), com terras desmembradas do distrito de Ibiquera e anexado ao município de Itaberaba.

Em divisão territorial datada de 1-VII-1955, o município é constituído de 4 distritos: Itaberaba, Brejo Novo, Ibiquera e Tupim.

Pela lei estadual nº 1036, de 20-08-1958, desmembra do município de Itaberaba o distrito de Ibiquera. Elevado à categoria de município.

Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o município é constituído de 3 distritos: Itaberaba, Brejo Novo e Tupim.

Pela lei estadual nº 1729, de 19-07-1962, desmembra do município de Itaberaba os distritos de Brejo Novo e Tupim. Elevado à categoria de município com denominação de Boa Vista do Tupim.

Em divisão territorial datada de 31-XII-1963, o município é constituído do distrito sede.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.

Fonte: IBGE

Ajude a divulgar a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco ou envie seu texto para gente.



Síntese das Informações
Área da unidade territorial - 2016: 2.386,390: km²
Estabelecimentos de Saúde SUS: 42: estabelecimentos
Matrícula - Ensino fundamental - 2015: 11.039: matrículas
Matrícula - Ensino médio - 2015: 2.516: matrículas
Número de unidades locais: 1.337: unidades
Pessoal ocupado total: 9.862: pessoas
PIB per capita a preços correntes - 2014: 9.710,91: reais
População residente : 61.631: pessoas
População residente - Homens: 29.935: pessoas
População residente - Mulheres: 31.696: pessoas
População residente alfabetizada: 45.923: pessoas
População residente que frequentava creche ou escola : 19.352: pessoas
População residente, religião católica apostólica romana: 38.269: pessoas
População residente, religião espírita: 180: pessoas
População residente, religião evangélicas: 10.047: pessoas
Valor do rendimento nominal médio mensal dos domicílios particulares permanentes com rendimento domiciliar, por situação do domicílio - Rural: 1.379,42: reais
Valor do rendimento nominal médio mensal dos domicílios particulares permanentes com rendimento domiciliar, por situação do domicílio - Urbana: 1.525,98: reais
Valor do rendimento nominal mediano mensal per capita dos domicílios particulares permanentes - Rural: 190,50: reais
Valor do rendimento nominal mediano mensal per capita dos domicílios particulares permanentes - Urbana: 328,33: reais
Índice de Desenvolvimento Humano Municipal - 2010 (IDHM 2010): 0,620:

Fonte:IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

Itaberaba: Imagens da cidade e Região

As fotos fornecidas pelo Panoramio estão sobre direitos autorais de seus proprietários.

Você conhece a cidade de Itaberaba? Então deixe seu comentário!


Comentários (0)

Ainda não há comentários, seja o primeiro!

Postar um comentário

     (Opcional)






Compartilhe Esta Página: