Início » Bahia » Gentio do Ouro


Gentio do Ouro - Bahia



Gentio do Ouro faz parte do estado da Bahia. A população avaliada em 2004 era de 9.701 habitantes.

Município criado, com nome de Gameleira e território desmembrado do município de Xique-Xique, pelo Ato Estadual de 9 de Julho de 1890, sendo instalado em 9 de Dezembro de 1890. Pela Lei Estadual nº 2.017. de 2 de Agosto de 1927, o município recebeu o nome de Assuruá. Foi extinto pelos Decretos Estaduais nº 7.455, de 23 de Junho de 1931 e nº 7.479, de 8 de Julho de 1931 e reanexado seu território ao município de Xique-Xique e Criaram na Vila de Assuruá uma Sub Prefeitura. O município foi restaurado, com território desmembrado do município de Xique-Xique e sede em Santo Inácio, pelo Decreto Estadual nº 8.546, de 15 de Julho de 1933, sendo reinstalado em [9 de Agosto de 1933. Recebeu o nome de Santo Inácio do Assuruá pelo Decreto Lei Estadual nº 10.724, de 30 de Março de 1938, e o de Santo Inácio pelo Decreto Estadual nº 11.089, de 30 de Novembro de 1938. Sua sede foi mudada para a Vila de Gentio do Ouro pela Lei Estadual nº 628, de 30 de Dezembro de 1953, recebendo o município essa denominação.

Na pecuária destacam-se os rebanhos de equinos, bovinos, ovinos, caprinos,suínos e asininos. Conforme registro da JUCEB, possui 05 indústrias, 140º lugar na posição geral do Estado da Bahia, e 47 estabelecimentos comerciais, 266º posição dentre os municípios baianos. No setor de bens minerais, é produtor de ouro, seu parque hoteleiro registra 60 leitos. No ano de 2001 o município registrou 2.227 consumidores de energia elétrica com um consumo de 1.545Mw/h.

História da cidade de Gentio do Ouro Bahia - BA

Os primitivos habitantes da região (serranias do Assuruã) foram indígenas de ramificação da nação tupi.

O escrivão da Alfândega de Salvador, Belchior Dias Moreira, primeiro civilizado a penetrar no território, contou no seu regresso, em 1604, estórias a respeito da existência de montanhas de prata. Os exploradores que para lá se dirigiram, não encontrando as referidas minas, estabeleceram-se em diversos pontos das serranias, desenvolvendo a lavoura e a criação de gado.

Em 1836, com a descoberta de minas de ouro e diamantes, chegaram outros contingentes de exploradores. Formaram-se povoações entre as quais a "Gameleira". Elevou-se à categoria de vila, com o nome de Gameleira do Assuruá, em 1890.

Após uma série de alterações territoriais e toponímicas, o Município recebeu a denominação de Gentio do Ouro.

O topônimo é uma referência à grande quantidade de gente (gentio) no garimpo do ouro.

Os nativos de Gentio do Ouro são chamados gentienses

Gentílico: gentiense

Formação Administrativa

Elevado a categoria de vila com a denominação de Gameleira do Assuruá, pelo ato estadual de 09-07-1890, desmembrado de Chique-Chique. Sede na vila de Assurá. Constituído de 2 distritos: Gameleira do Assuruá e São José. Desmembrado de Chique-Chique. Instalada em 09-12-1890.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o município é constituído de 2 distritos: Gameleira do Assuruá e São José. Pela lei municipal nº 25, de 28-08-1922, são criados os distrito de Brumado do Assuruá e Guigós e anexado ao município de Gameleira do Assuruá.

Pela lei estadual nº 1.966, de 17-06-1927, é criado o distrito de Santo Inácio e anexado ao município de Gameleira do Assuruá. Sob ao mesma lei são extintos os de São José e Lagoa.

Pela lei estadual nº 2017, de 02-08-1927, o município de Gameleira de Assuruá passou a denominar-se Assuruá. Pelo decreto nº 7479, de 08-07-1931, é extinto o município, sendo seu território anexado ao município de Chique-Chique, como simples distrito Pelo decreto nº 8546, de15-07-1933, é restabelecido o município com a mesma denominação. Reinstalado em 09-08-1933 Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o município é constituído de 4 distritos: Assuruá, Brumado do Assuruá, Guigós e Santo Inácio.

Em divisão territorial datada de 31-XII-1936, o município aparece constituído de 6 distritos: Assuruá, Brumado do Assuruá, Gentio do Ouro, Guigós, Santo Inácio e Tiririca do Assuruá.

Em divisão territorial datada de 31-XII-1937, o município aparece constituído de 6 distritos: Assuruá, Brumado do Assuruá, Gentio do Ouro, Guigós Santo Inácio do Assurá ex-Santo Inácio e Tiririca do Assuruá.

Pelo decreto-lei estadual nº 10724, de 30-03-1938, o município de Assuruá passou a denominar-se Santo Inácio do Assuruá.

Pelo decreto-lei estadual nº 11089, de 30-11-1938, o município de Santo Inácio do Assuruá passou a denominar-se simplesmente Santo Inácio. e os distritos de Brumado do Assuruá passou a denominar-se Ibituane, Guigós a denominar-se Iguitú, Tiririca do Assuruá a denominar-se Ibipeba, Brumado do Assuruá a denominar-se Ibitunane, Guigós a denominar-se Iguitú, Assuruá a denominar-se Itajubaquara.

No quadro fixado para vigorar no período de 1939-1943, o município é constituído de 6 distritos: Santo Inácio ex-Santo Inácio do Assuruá, Gentio do Ouro, Ibipeba ex-Tiririca do Assuruá, Ibitunane ex-Brumado od Assuruá, Iguitú ex-Guigós e Itajubaquara ex-Assuruá.

Em divisão territorial datada de 1-VII-1950, o município é constituído de 6 distritos: Santo Inácio, Gentio do Ouro, Ibipeba, Ibitunane, Iguitú e Itajubaquara.

Pela lei estadual nº 628, de 30-12-1953, transfere a sede do município de Santo Inácio para o distrito de Gentio do Ouro. Sob a mesma lei é criado o distrito de Gameleira do Assuruá ex-povoado, criado com terras desmembradas do distrito de Itajubaquara.

Em divisão territorial datada de 1-VII-1950, o município é constituído de 7 distritos: Gentio do Ouro, Gameleira do Assuruá, Ibipeba, Ibitunane, Iguitú, Itajubaquara e Santo Inácio.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VII-1960. Pela estadual nº 1482, de 19-09-1961, desmembra do município de Gentio do Ouro os distritos de Ibipeba e Iguitú, para formar o novo município de Ibipeba. Em divisão territorial datada de 31-XII-1963, o município é constituído de 5 distritos: Gentio do Ouro, Gameleira do Assuruá, Ibitunane, Itajubaquara e Santo Inácio. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VII-1983. Pela lei estadual nº 4566, de 05-11-1985, é criado o distrito de Pituba e anexado ao município de Gentio do Ouro.

Em divisão territorial datada de 18-VIII-1988, o município é constituído de 6 distritos: Gentio do Ouro, Gameleira do Assuruá, Ibitunane, Itajubaquara, Pituba e Santo Inácio.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2005.

Alterações toponímicas municipais

Gameleira do Assuruá para Assuruá alterado, pela lei estadual nº 2017, de 02-08-1927.

Assuruá para Santo Inácio do Assuruá alterado, pelo decreto-lei estadual nº 10724, de 3003-1938.

Santo Inácio do Assuruá para Santo Inácio alterado, pelo decreto estadual nº 11089, 30-111938.

Transferência de sede

Santo Inácio para Gentio do Ouro alterado, pela lei estadual nº 628, de 30-12-1953.

Fonte: IBGE

Ajude a divulgar a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco ou envie seu texto para gente.



Síntese das Informações
Área da unidade territorial - 2016: 3.817,946: km²
Estabelecimentos de Saúde SUS: 3: estabelecimentos
Matrícula - Ensino fundamental - 2015: 1.812: matrículas
Matrícula - Ensino médio - 2015: 368: matrículas
Número de unidades locais: 58: unidades
Pessoal ocupado total: 637: pessoas
PIB per capita a preços correntes - 2014: 4.660,29: reais
População residente : 10.622: pessoas
População residente - Homens: 5.448: pessoas
População residente - Mulheres: 5.174: pessoas
População residente alfabetizada: 7.336: pessoas
População residente que frequentava creche ou escola : 3.543: pessoas
População residente, religião católica apostólica romana: 9.086: pessoas
População residente, religião espírita: -: pessoas
População residente, religião evangélicas: 755: pessoas
Valor do rendimento nominal médio mensal dos domicílios particulares permanentes com rendimento domiciliar, por situação do domicílio - Rural: 555,84: reais
Valor do rendimento nominal médio mensal dos domicílios particulares permanentes com rendimento domiciliar, por situação do domicílio - Urbana: 949,11: reais
Valor do rendimento nominal mediano mensal per capita dos domicílios particulares permanentes - Rural: 115,60: reais
Valor do rendimento nominal mediano mensal per capita dos domicílios particulares permanentes - Urbana: 240,00: reais
Índice de Desenvolvimento Humano Municipal - 2010 (IDHM 2010): 0,559:

Fonte:IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

Gentio do Ouro: Imagens da cidade e Região

As fotos fornecidas pelo Panoramio estão sobre direitos autorais de seus proprietários.

Você conhece a cidade de Gentio do Ouro? Então deixe seu comentário!


Comentários (0)

Ainda não há comentários, seja o primeiro!

Postar um comentário

     (Opcional)






Compartilhe Esta Página: