Início » Bahia » Boa Vista do Tupim


Boa Vista do Tupim - Bahia



Boa Vista do Tupim faz parte do estado da Bahia. A população avaliada em 2004 era de 19.048 habitantes.

A área da chapada diamantina, que hoje fazem parte de Boa Vista do Tupim e municípios próximos, era habitada por índios da tribo Maracás, que foram expulsos de seu território por volta do século XVII, quando foi iniciada a penetração das bandeirantes na região, em busca de ouro. A partir daí, teve início a convenção das primeiras sesmarias e abertura de estradas para a Serra do Orobó, onde se iniciava a exploração aurífera. Com essas penetrações, foram se formando os primeiros núcleos populacionais na Chapada.

Conta-se que no final do século XIX, um casal – Berto e Bibiana-, de origem banta, adquiriu a fazenda peixe, vendida em 1918 ao Senhor Juvino Amaral, que acertou a permanecia do casal na propriedade, expulsando-os posteriormente, juntamente com os outros parentes. Após a expulsão, Berto comprou a área conhecida como Tamburi, onde hoje é a Rua 13 de Maio (bairro dos artistas). A fazenda se estendia e a casa sede ficava onde hoje é o prédio da prefeitura.

História da cidade de Boa Vista do Tupim

A área da Chapada Diamantina, que hoje fazem parte Boa Vista do Tupim e municípios próximos, era habitada por índios da tribo maricás, que foram expulsos de seu território por volta do século XVII, quando foi iniciada a penetração dos bandeirantes na região, em busca de ouro.

A partir daí, teve inicio a conversão das primeiras sesmarias e abertura de estrada para a Serra do Orobó, onde se iniciava a exploração aurífera. Com essas penetrações, foram se formando os primeiros núcleos populacionais na Chapada.

Conta-se que no final do século XIX, um casal de negros Berto e Bibiana, de origem banto, adquiriu a fazenda Peixe, vendida em 1918 ao Sr. Juvino Amaral, que acertou a permanência do casal na propriedade, expulsando-o posteriormente, juntamente com outros parentes. Após a expulsão, Berto comprou a área conhecida como Tamburi, onde hoje é a Rua 13 de Maio (Bairro dos Artista). A fazenda se estendia e a casa sede ficava onde hoje é o prédio da

prefeitura.

O povoado teve inicio com o nome de Boa Vista, por estar em um local de onde se desfrutava uma bela vista. Hoje é a praça Rui Barbosa, centro do atual município. Onde se concentra a sede do poder municipal, a igreja matriz do Sagrado Coração de Maria, órgãos públicos e estabelecimentos comerciais e residenciais.

As primeiras famílias que habitaram o município foram Tamburi, Barbosa, Moreira Pinho, Lopes, Ribeiro e Garcia.

Para que Tupim se emancipasse de Itaberaba houve uma luta, destacando-se como pessoas do município os senhores Elidio Pimenta de Freitas, Alício Dultra Andrade e Dr. Auto José de Castro. Finalmente, em 19 de julho de 1962, através da Lei nº 1729, Tupim passa a município com o nome de Boa Vista do Tupim.

Gentílico: tupinense

Formação Administrativa

Distrito criado com a denominação de Boa Vista, pela lei municipal nº 47, de 04-10-1920, aprovada pela lei estadual nº 1470, de 16-05-1921, subordinado ao município de Itaberaba.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o distrito de Boa Vista, figura no município de Itaberaba.

Assim permanecendo em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937.

Pelo decreto-lei estadual nº 141, de 31-12-1948, confirmado pelo decreto-lei estadual nº 12978, 01-04-1944, o distrito de Boa Vista tomou o nome de Boa Vista do Tupim.

Em divisão territorial datada de 1-VII-1950, o distrito de Boa Vista do Tupim, figura no município de Itaberaba.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VII-1960.

Elevado á categoria de município com a denominação de Boa Vista do Tupim, pela lei estadual nº 1729, de 19-07-1962, desmembrado de Itaberaba. Sede no atual distrito de Boa Vista do Tupim (ex-Tupim). Constituído de 2 distritos: Boa Vista do Tupim e Brejo Novo, ambos desmembrados de Itaberaba. Instalado em 07-04-1963.

Em divisão territorial datada de 31-XII-1963, o município é constituído de 2 distritos: Boa Vista do Tupim e Brejo Novo.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.

Fonte: Prefeitura Municipal; IBGE

Ajude a divulgar a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco ou envie seu texto para gente.



Síntese das Informações
Área da unidade territorial - 2015: 2.746,547: km²
Estabelecimentos de Saúde SUS: 20: estabelecimentos
Matrícula - Ensino fundamental - 2015: 3.368: matrículas
Matrícula - Ensino médio - 2015: 839: matrículas
Número de unidades locais: 158: unidades
Pessoal ocupado total: 1.209: pessoas
PIB per capita a preços correntes - 2014: 5.584,63: reais
População residente : 17.991: pessoas
População residente - Homens: 9.134: pessoas
População residente - Mulheres: 8.857: pessoas
População residente alfabetizada: 11.496: pessoas
População residente que frequentava creche ou escola : 6.594: pessoas
População residente, religião católica apostólica romana: 14.702: pessoas
População residente, religião espírita: 33: pessoas
População residente, religião evangélicas: 1.759: pessoas
Valor do rendimento nominal médio mensal dos domicílios particulares permanentes com rendimento domiciliar, por situação do domicílio - Rural: 631,06: reais
Valor do rendimento nominal médio mensal dos domicílios particulares permanentes com rendimento domiciliar, por situação do domicílio - Urbana: 976,23: reais
Valor do rendimento nominal mediano mensal per capita dos domicílios particulares permanentes - Rural: 130,67: reais
Valor do rendimento nominal mediano mensal per capita dos domicílios particulares permanentes - Urbana: 220,00: reais
Índice de Desenvolvimento Humano Municipal - 2010 (IDHM 2010): 0,551:

Fonte:IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

Boa Vista do Tupim: Imagens da cidade e Região

As fotos fornecidas pelo Panoramio estão sobre direitos autorais de seus proprietários.

Você conhece a cidade de Boa Vista do Tupim? Então deixe seu comentário!


Comentários (0)

Ainda não há comentários, seja o primeiro!

Postar um comentário

     (Opcional)






Compartilhe Esta Página: