Início » São Paulo » Lins


Lins - São Paulo



Lins é um município na região centro-oeste do estado de São Paulo, no Brasil. Encontra-se a uma latitude 21º40′43" sul e a uma longitude 49º44′33" oeste, estando a uma altitude de 437 metros e a uma distância de 429 quilômetros da capital do estado.

Sua população em 2010 era de 71 432 habitantes, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Faz divisa com os municípios de Sabino (ao norte), Cafelândia (ao leste), Guaimbê e Getulina (ao sul) e Guaiçara (a oeste).

No início do século XX, um povoado regional com o nome de Santo Antônio do Campestre começou a surgir nas proximidades do que era o cruzamento entre uma antiga trilha dos índios coroados, habitantes originais da região, e a recém-construída Estrada de Ferro Noroeste do Brasil, próxima ao córrego denominado Campestre (anteriormente conhecido como Brumadinho ou Douradinho).

História da cidade de LINS SãO PAULO

No século XX, existia na região Noroeste Paulista, um córrego de nome Douradinho, que passou a se chamar Campestre.

Os primitivos moradores construíram rústica capela, sob a invocação de Santo Antônio e, em 1908, o povoado passou a ter o nome de Santo Antônio do Campestre.

Com a implantação da Estrada de Ferro Noroeste do Brasil na região, muitas foram as estações construídas datando, dessa época, a mudança da denominação para Albuquerque Lins, homenagem ao então Governador do Estado.

Em 1913, o Coronel Joaquim de Toledo Piza e Almeida e sua mulher, Dona Maria Augusta de Souza Piza, doaram à Câmara Municipal de Bauru uma gleba de terras junto à estação de Albuquerque Lins, para ser ali estabelecida uma povoação.

Naquele ano foi criado o Distrito de Paz de Albuquerque Lins, pertencente ao Município de Bauru, sendo transferido para o de Pirajuí, no ano seguinte.

Com a criação da Diocese de Botucatu, foi criada a paróquia de Albuquerque Lins, em 1919, ano da sua emancipação.

Em 1926, o Município recebeu a denominação de Lins.

GENTíLICO: LINSENSE

FORMAçãO ADMINISTRATIVA

Distrito criado com a denominação de Albuquerque Lins, por Lei Estadual nº 1408, de 30 de dezembro de 1913, no Município de Bauru.

Lei Estadual nº 1428, de 3 de dezembro de 1914, transfere o Distrito de Lins do Município de Bauru para o de Pirajuí.

Elevado a categoria de vila com a denominação de Albuquerque Lins, por Lei Estadual nº 1708, de 27 de dezembro de 1919, desmembrado de Pirajuí. Constituído do Distrito Sede. Sua instalação verificou-se no dia 21 de abril de 1920.

Tomou o nome de Lins por Lei Estadual nº 2182-A, de 29 de dezembro de 1926.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o Município de Lins se compõe de 3 Distritos: Lins, Getulina e Guaiçara,

Decreto-lei Estadual nº 7028, de 25 de março de 1935, desmembra do Município de Lins o Distrito de Getulina.

Em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937, bem como no quadro anexo ao Decretolei Estadual nº 9073, de 31 de março de 1938, o Município de Lins compreende o único termo judiciário da comarca de Lins e se compõe de 5 Distritos: Lins, Guaiçara, Guaimbé, Monlevade e Vila Sabino.

Pelo Decreto-lei Estadual nº 9775, de 30 de novembro de 1938, o Distrito de Lins, do Município de Lins adquiriu o território do extinto Distrito de Monlevade, que passou a construir uma de suas zonas; e em 1939-1943, o Município de Lins é composto dos Distritos de Lins, sub-dividido em 2 zonas: 1ª, Lins e 2 ª Monlevade; Guaiçara, Guaimbé e Sabino (ex-Vila Sabino) - e é termo único da comarca de Lins, termo este formado por 3 Municípios: Lins Getulina e Promissão.

Pelo Decreto-lei Estadual nº 14334, de 30 de novembro de 1944, a 1ª Sub-distrito e a 2ª Zona Distrital de Lins, Monlevade passa a ser 2º. Sub-distrito.

Decreto-lei Estadual nº 14334, de 30 de novembro de 1944, desmembra do Município de Lins, o Distrito de Guaimbé.

No quadro fixado , pelo referido Decreto-lei nº. 14334,de 30 de novembro de 1944, para vigorar em 1945-1948, o Município de Lins ficou composto dos Distritos de Lins com 2 subdistritos: 1º e 2º; Guaiçara e Sabino, e constitui o único termo Judiciário da comarca de Lins, a qual é formada pêlos Municípios de Lins e Getulina.

Lei Estadual nº 233, de 24 de dezembro de 1948, cria o Distrito de Guapiranga e incorpora ao Município de Lins.

Figura no quadro fixado pela Lei nº 233, de 24-XII-1948 para vigorar em 1949-1953, composto dos Distritos de Lins, 1º e 2º Sub-distritos: Guaiçara, Guapiranga e Sabino, comarca de Lins e no quadro fixado pela Lei nº 2456, de 30-XII-1953 para 1954-1958, compostos dos Distritos de Lins, 1º e 2º Sub-distritos, e Guapiranga, comarca de Lins em virtude da elevação para à categoria de Município do Distrito de Sabino pela mesma Lei.

Lei Estadual nº 2456, de 30 de dezembro de 1953, desmembra do Município de Lins o Distrito de Sabino.

Em divisão territorial datada de 01-VII-1960, o município é constituído de 2 Distritos: Lins e Guapiranga.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 15-VII-1999.

Fonte: IBGE

Ajude a divulgar a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco ou envie seu texto para gente.



Síntese das Informações
Área da unidade territorial - 2015: 570,058: km²
Estabelecimentos de Saúde SUS: 14: estabelecimentos
Matrícula - Ensino fundamental - 2015: 8.073: matrículas
Matrícula - Ensino médio - 2015: 3.068: matrículas
Número de unidades locais: 2.924: unidades
Pessoal ocupado total: 29.421: pessoas
PIB per capita a preços correntes - 2014: 42.834,58: reais
População residente : 71.432: pessoas
População residente - Homens: 34.681: pessoas
População residente - Mulheres: 36.751: pessoas
População residente alfabetizada: 63.244: pessoas
População residente que frequentava creche ou escola : 18.565: pessoas
População residente, religião católica apostólica romana: 42.748: pessoas
População residente, religião espírita: 1.991: pessoas
População residente, religião evangélicas: 19.945: pessoas
Valor do rendimento nominal médio mensal dos domicílios particulares permanentes com rendimento domiciliar, por situação do domicílio - Rural: 1.896,38: reais
Valor do rendimento nominal médio mensal dos domicílios particulares permanentes com rendimento domiciliar, por situação do domicílio - Urbana: 2.847,00: reais
Valor do rendimento nominal mediano mensal per capita dos domicílios particulares permanentes - Rural: 500,00: reais
Valor do rendimento nominal mediano mensal per capita dos domicílios particulares permanentes - Urbana: 675,00: reais
Índice de Desenvolvimento Humano Municipal - 2010 (IDHM 2010): 0,786:

Fonte:IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

Lins: Imagens da cidade e Região

As fotos fornecidas pelo Panoramio estão sobre direitos autorais de seus proprietários.

Você conhece a cidade de Lins? Então deixe seu comentário!


Comentários (0)

Ainda não há comentários, seja o primeiro!

Postar um comentário

     (Opcional)






Compartilhe Esta Página: