Início » São Paulo » Flórida Paulista


Flórida Paulista - São Paulo



Flórida Paulista faz parte do estado de São Paulo. Encontra-se a uma latitude 21º36′53" sul e a uma longitude 51º10′25" oeste, estando a uma altitude de 410 metros. A população avaliada em 2004 era de 10.386 habitantes.

Em 1941, na famosa "Nova Alta Paulista", os pioneiros José Froio e Antonio Miguel de Mendonça destinaram uma área para a formação de um patrimônio, ao qual deram o nome de Aguapei do Alto, pela fertilidade do solo e pelo colorido de sua vegetação (muitas flores). As terras ao redor foram vendidas, matas derrubadas e surgiram os cafezais. Várias famílias vieram, compraram terras, plantaram café e outras culturas, como as famílias Morandi, Dias, Garbeloto, Pedro Costa, Junqueira, Cardoso, Correia, Carmo, Frasson, Iwata, Viol, Manoel Japonês, Freitas e outras. Em 1948, a Companhia Paulista de Estrada de Ferro fez a inauguração de mais um trecho de Tupã a Adamantina, assim os passageiros puderam chegar mais perto.

Naquela época, não havia estrada asfaltada na Alta Paulista, nem ônibus cobrindo grandes distâncias. Eram estradas empoeiradas, quando chovia tudo parava em virtude dos buracos e do barro que se formava. O trem era o melhor transporte que existia. Em 1948, Flórida Paulista recebeu os benefícios da energia elétrica, com a instalação de uma usina pelo Sr. Pedro Fróio. Sob responsabilidade de Pedro Fróio ficou também a primeira serraria, que desdobrava a madeira bruta oriunda das derrubadas no novo patrimônio que surgia. Por ele também foi montado o primeiro posto de combustível da cidade. Neste mesmo ano foi criado o Município de Flórida Paulista.

História da cidade de FLóRIDA PAULISTA SãO PAULO

Em 1941, a Zona da Mata ou a famosa "Alta Paulista", começava a se desenvolver, com o devassamento dos sertões, ainda virgens, e através de patrimônios que, após uma década, iriam se transformar em pujantes cidades.

José Fróio, Alduino e Antônio Miguel de Mendonça foram os pioneiros que, adquirindo partes de terras da CAIC ( Companhia de Imigração e Colonização), destinaram uma área para a formação do patrimônio, que recebeu o nome de Flórida, pela fertilidade do solo e pelo colorido de sua vegetação.

Aportaram na região, comprando terras para a lavoura, e iniciando o plantio de café e outras culturas, as famílias Morandi, Dias, Garbeloro, Pedro Costa, Junqueira, Cardoso, Correia, Carmo, Frasson , Ywata, Viol, Manoel "Japonês", Freitas e outras.

Com a incumbência de gerência e administrar os serviços de abertura de ruas, estradas, loteamentos, enfins de tudo o que se relacionasse com as necessidades imediatas da gleba, tão rapidamente florescente e desenvolvida, chegaram os irmãos Spanghero, que relevantes serviços prestaram à localidade.

Surgiram as primeiras casas de madeira e logo depois, algumas de tijolos, o que foi dando ao núcleo um aspecto de cidade.

Com a denominação de Igreja de Flórida, ergueu-se o tempo em que o Padre Gaspar, vigário da Paróquia de Parapuã, oficiou, em 25 de outubro de 1941, a primeira missa registrada nos anais da História religiosa da cidade.

Em 1948, a localidade recebeu os benefícios da energia elétrica, com a instalação de uma usina.

Em 1950, a Paróquia de Nossa Senhora Aparecida pertencente à Diocese de Cafelândia, passou a contar com os serviços de seu primeiro vigário, Reverendo Padre Luso.

GENTíLICO: FLORIPENSE

FORMAçãO ADMINISTRATIVA

Distrito criado com a denominação de Aguapei do Alto, por Decreto-Lei Estadual no 14334. De 1944, com terras desmembradas dos Distritos de Guaraçaí do Município de Andradina e do Distrito Sede do Mirandópolis, Alfredo Marcondes, do Minicípio de Alvares Machado e Araxás, do Município de Presidente Bernardes, no Município de Lucélia.

No quadro fixado, pelo referido Decreto-Lei, para vigorar em 1945-1948, o Distrito de Aguapeí figura no Município de Lucélia.

Elevado à categoria de município com a denominação de Flórida Paulista, por Lei Estadual nº 233, de 24 de dezembro de 1948, desmembrado de Lucélia. Constituído de 2 Distritos: Flórida Paulista e Atlântica. Sua instalação verificou-se no dia 01 de abril de 1949.

Lei Estadual no 2456, de 30 de dezembro de 1956, cria o Distrito de Indaiá do Aguapei e incorpora ao Município de Flórida Paulista.

Figura no quadro para vigorar em 1954-1958, fixado pela lei Estadual nº 2456, de 30-XII-1953, composto de 3 Distritos: Flórida Paulista, Atlântida e Indaiá do Aguapeí.

Em divisão territorial datada de 01-VII-1960, o município é constituído de 3 Distritos: Flórida Paulista, Atlântida e Indaiá do Aguapei.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 15-VII-1999.

Fonte: IBGE

Ajude a divulgar a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco ou envie seu texto para gente.



Síntese das Informações
Área da unidade territorial - 2015: 524,138: km²
Estabelecimentos de Saúde SUS: 6: estabelecimentos
Matrícula - Ensino fundamental - 2015: 1.163: matrículas
Matrícula - Ensino médio - 2015: 342: matrículas
Número de unidades locais: 370: unidades
Pessoal ocupado total: 1.830: pessoas
PIB per capita a preços correntes - 2014: 13.336,95: reais
População residente : 12.848: pessoas
População residente - Homens: 7.055: pessoas
População residente - Mulheres: 5.793: pessoas
População residente alfabetizada: 11.001: pessoas
População residente que frequentava creche ou escola : 2.816: pessoas
População residente, religião católica apostólica romana: 8.639: pessoas
População residente, religião espírita: 104: pessoas
População residente, religião evangélicas: 2.993: pessoas
Valor do rendimento nominal médio mensal dos domicílios particulares permanentes com rendimento domiciliar, por situação do domicílio - Rural: 2.089,31: reais
Valor do rendimento nominal médio mensal dos domicílios particulares permanentes com rendimento domiciliar, por situação do domicílio - Urbana: 1.896,63: reais
Valor do rendimento nominal mediano mensal per capita dos domicílios particulares permanentes - Rural: 486,00: reais
Valor do rendimento nominal mediano mensal per capita dos domicílios particulares permanentes - Urbana: 510,00: reais
Índice de Desenvolvimento Humano Municipal - 2010 (IDHM 2010): 0,715:

Fonte:IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

Flórida Paulista: Imagens da cidade e Região

As fotos fornecidas pelo Panoramio estão sobre direitos autorais de seus proprietários.

Você conhece a cidade de Flórida Paulista? Então deixe seu comentário!


Comentários (0)

Ainda não há comentários, seja o primeiro!

Postar um comentário

     (Opcional)






Compartilhe Esta Página: