Início » São Paulo » Botucatu


Botucatu - São Paulo



Botucatu é um município no interior do estado de São Paulo, no Brasil. Encontra-se a 22º53′09" de latitude sul, 48º26′42" de longitude oeste. Está a 804 metros de altitude. Dista 235km da capital São Paulo, à qual se interliga pelas rodovias Marechal Rondon e Castelo Branco. A população estimada em 2009 foi de 130 348 habitantes. O nome do município provém do termo tupi ybytukatu, que significa "bons ares, bom vento", através da junção dos termos ybytu ("ar, vento") e katu ("bom").

O marco zero da cidade está localizado na Praça Emílio Pedutti ("Praça do Bosque"). O município possui clima ameno (temperatura média de 22°C) e altitude relativamente elevada, que varia de 756 metros na baixada (antigo matadouro) a 920 metros no Morro de Rubião Júnior (ponto mais alto).

O nome do município vem de ybytukatu, que, em língua tupi, significa "vento bom". Em 1720, era a designação dada às terras atribuídas em sesmarias no interior paulista. Os mistérios e lendas que ainda envolvem Botucatu datam do período pré-cabralino, quando teria sido ponto de passagem no caminho para o Peabiru trilha lendária que ligava o litoral atlântico às terras peruanas. O povoamento, de fato, teve início entre o Ribeirão Lavapés e a Praça Coronel Moura, onde se concentrava parte da tribo dos índios Caiouás.

História da cidade de BOTUCATU SãO PAULO

A colonização iniciou-se por volta de 1721, quando as áreas delimitadas pelo rio Paranapanema e Serra de Botucatu foram divididas em sesmarias, sendo uma delas, a Fazenda Santo Inácio, concedida aos jesuítas. Estes religiosos, liderados pelo Padre Estanislau de Campos, iniciaram a agropecuária mas, as dificuldades inerentes da época, retardaram a efetiva ocupação da região, apesar do Governo Provincial tê-la incentivado, em 1776, concedendo terras aos povoadores.

A Fazenda Santo Inácio, confiscada pela Coroa quando os jesuítas foram expulsos dos domínios portugueses, em 1759, foi levada à hasta pública, com a denominação de Fazenda Boa Vista de Botucatu. Foi arrematada pelos sorocabanos Paulo Aires de Aguirre e pelo Sargento-Mor Manuel Joaquim da Silva Castro, que a subdividiu em várias pequenas propriedades agrícolas e de criação de gado. Data desta época, a construção da capela de Nossa Senhora das Dores da Serra de Botucatu e, em 1855, a vila, com prerrogativas de município. A tradição reduziu o topônimo para Botucatu, que na língua indígena- ibytúcatú", significa bons ares.

A afluência de imigrantes atraídos pela expansão do café do tipo amarelo, no Oeste Paulista, transformou Botucatu num Centro Regional. Com a decadência da cafeicultura, por volta de 1930, houve ascensão da agropecuária, e, nos últimos anos, as atividades industriais.

GENTíLICO: BOTUCATUENSE

FORMAçãO ADMINISTRATIVA

Distrito criado com a denominação de Botucatu, por Lei Provincial nº 7, de 19 de fevereiro de 1846, com sede na povoação de Cima da Serra de Botucatu, no Município de Itapetininga.

Elevado à categoria de vila com a denominação de Botucatu, por Lei Provincial nº 17, de 14 de abril de 1855, desmembrado de Itapetininga. Constituído do Distrito Sede. Sua instalação verificou-se no dia 27 de setembro de 1858.

Por força da Lei Provincial nº 18, de 16 de março de 1876, a Sede municipal foi elevada à categoria de Cidade.

Decreto no 160, de 24 de abril de 1891, cria o Distrito de Espírito Santo do Rio Pardo e incorpora ao Município de Botucatu.

Lei no 639, de 29 de julho de 1899, cria o Distrito de Prata e incorpora ao Município de Botucatu.

Na divisão administrativa do Brasil, referente ao ano de 1911, Botucatu figura com 3 Distritos: Botucatu, Espírito Santo do Rio Pardo e Prata.

Lei no 2302, de 05 de dezembro de 1928, cria o Distrito de Vitória e incorpora ao Município de Botucatu.

Segundo a divisão administrativa referente ao ano de 1933 e as territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937, bem como o quadro anexo ao Decreto-lei Estadual nº 9073, de 31 de março de 1938, o referido município se compõe de 4 Distritos: Botucatu, Espírito Santo do Rio Pardo, Prata e Vitória , observando-se, apenas, que, de acordo com o Decreto-lei nº 9073, acima citado, o Distrito da sede passou a abranger duas zonas, denominadas Botucatu e Vila dos Lavradores.

De acordo com o Decreto Estadual nº 9775, de 30 de novembro de 1938, que fixou o quadro territorial para vigorar no quinquênio 1939-1943, Botucatu perdeu o Distrito de Prata, transferido para o Município de São Manuel, figurando, portanto, com os Distritos de Botucatu, dividido em duas zonas: 1ª Botucatu, e 2ª Vila dos Lavradores; Pardinho (Ex-Espírito Santo do Rio Pardo) e Vitória.

Pelo Decreto-lei Estadual nº 14334, de 30 de novembro de 1944, que fixou o quadro em vigência no período 1945-1948, o referido Município passou a abranger o novo Distrito de Porto Martins, criado com parte do território do Distrito de Vitoriana (Ex-Vitória), do Município de Botucatu. Assim, por força do citado Decreto-lei, Botucatu se compõe do Distrito da sede, com os 1º e 2 subdistritos ( antigas zonas), e dos de Pardinho, Porto Martins e Vitoriana (Ex-Vitória).

Lei Estadual no 5285, de 18 de fevereiro de 1959, desmembra de Botucatu o Distrito de Porto Martins (Extinto).

Lei Estadual no 5285, de 18 de fevereiro de 1959, cria o Distrito de Rubião Junior e incorpora ao Município de Botucatu.

Em divisão territorial datada de 01-VII-1960, o município é constituído de 3 Distritos: Botucatu, Rubião Junior e Vitoriana.

Em divisão territorial datada de 01-VI-1995, o Município de Botucatu é constituído de 3 Distritos: Botucatu, Rubião Junior e Vitoriana.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 15-VII-1999.

Fonte: IBGE

Ajude a divulgar a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco ou envie seu texto para gente.



Síntese das Informações
Área da unidade territorial - 2016: 1.482,642: km²
Estabelecimentos de Saúde SUS: 27: estabelecimentos
Matrícula - Ensino fundamental - 2015: 16.353: matrículas
Matrícula - Ensino médio - 2015: 5.691: matrículas
Número de unidades locais: 4.837: unidades
Pessoal ocupado total: 44.568: pessoas
PIB per capita a preços correntes - 2014: 30.362,70: reais
População residente : 127.328: pessoas
População residente - Homens: 61.761: pessoas
População residente - Mulheres: 65.567: pessoas
População residente alfabetizada: 113.093: pessoas
População residente que frequentava creche ou escola : 36.776: pessoas
População residente, religião católica apostólica romana: 77.722: pessoas
População residente, religião espírita: 2.987: pessoas
População residente, religião evangélicas: 35.010: pessoas
Valor do rendimento nominal médio mensal dos domicílios particulares permanentes com rendimento domiciliar, por situação do domicílio - Rural: 1.776,70: reais
Valor do rendimento nominal médio mensal dos domicílios particulares permanentes com rendimento domiciliar, por situação do domicílio - Urbana: 3.435,97: reais
Valor do rendimento nominal mediano mensal per capita dos domicílios particulares permanentes - Rural: 412,50: reais
Valor do rendimento nominal mediano mensal per capita dos domicílios particulares permanentes - Urbana: 696,67: reais
Índice de Desenvolvimento Humano Municipal - 2010 (IDHM 2010): 0,800:

Fonte:IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

Botucatu: Imagens da cidade e Região

As fotos fornecidas pelo Panoramio estão sobre direitos autorais de seus proprietários.

Você conhece a cidade de Botucatu? Então deixe seu comentário!


Comentários (0)

Ainda não há comentários, seja o primeiro!

Postar um comentário

     (Opcional)






Compartilhe Esta Página: