Início » Santa Catarina » Tijucas


Tijucas - Santa Catarina



Tijucas é uma cidade do Estado de Santa Catarina. Encontra-se a uma latitude 27º14′29" sul e a uma longitude 48º38′01" oeste, estando a uma altitude de 2 metros. A população avaliada em 2008 era de 29.122 habitantes. Possui uma área de 278,91km².

Conta a história que em 1530, Sebastião Caboto, navegador italiano a serviço dos espanhóis, chegou na enseada da costa catarinense. Às custas dos esforços desse herói, se deve a fundação de Tijucas. Dando volta pelo litoral de Santa Catarina avistou o Rio Tijucas. Sebastião Caboto foi, sem dúvida, o descobridor de Tijucas. Na época, a terra descoberta foi chamada de São Sebastião. Até os nossos dias não se sabe o que levou o descobridor a dar tal nome. Dizem que ele quis deixar algo em sua memória, por ter corrido risco de vida para chegar à Tijucas. Achou que pelo seu ato de bravura, deixasse algo que lembrasse seu heroísmo. Mas há controvérsias: dizem também que foi em homenagem a São Sebastião, de quem Caboto era devoto. O que se sabe foi o que correu de boca em boca. Escritos para comprovar um ou outro fato não foram encontrados em nenhum baú, lugar destinado a preservar documentos de fatos ocorridos nos tempos antigos. Em homenagem a um ou em memória de outro, o fato é que São Sebastião é até nossos dias o Padroeiro de Tijucas. A primeira capela erguida teve o nome de São Sebastião com a sua imagem.

Fatos históricos

História da cidade de TIJUCAST SANTA CATARINA MONOGRAFIA - n.º 123 Ano: 1957

ASPECTOS HlSTóRlCOS

Os índios carijós, primitivos habitantes da região onde hoje se localiza o Município, designavam por Ty-Yuca o vale por onde corre o rio Tijucas. Esta teria sido a origem do topônimo.

As primeiras incursões de civilizados datam de 1530, quando Sebastião Caboto, navegante a serviço da Espanha, aportou na enseada da costa catarinense. Ao que parece, no entanto, a colonização só se iniciou mais tarde. Nomeado governador em 1775, o coronel Antônio da Gama providenciou fosse fundada uma povoação na enseada das Garoupas (Pôrto Belo), começando por distribuir moradores não só pelo próprio local como pelo território vizinho, onde se achava o atual Município. O número de habitantes era, então, pouco mais de quinhentas pessoas. O povoado nascente, ligado à paróquia de São Miguel recebeu a imigração açoreana, que influiu nos seus costumes.

Em 1788, um grupo de pessoas subiu o rio Tijucas em busca de pinheiros, demorando-se nesta exploração por mais de vinte dias. Embora não fosse alcançado o objetivo os desbravadores reconheceram a fertilidade do vale e constataram a existência de madeiras de lei, o que, atraindo outros exploradores, ensejou o desenvolvimento da aglomeração.

Por uma Resolução da Assembléia Provincial, em 1836 foram concedidas terras devolutas na região. Entre os beneficiados estavam Carlos Demaria e Henrique Schutel nessas terras, situadas à margem direita do rio Tijucas, a aproximadamente 30 quilômetros de sua foz, fundou-se uma colônia, denominada Nova Itália, com maioria de elementos italianos, oriundos principalmente da Sardenha. Um ataque de silvícolas em 1839, se bem que arrefecesse os animos, não prejudicou por muito tempo o progresso do território. Em 1848, foi criado o distrito de São Sebastião da Foz do Tijucas, segundo traçado já existente, do engenheiro João de Souza Melo e Alvim, que, anos antes, andara pelo mesmo terreno, fazendo o levantamento do rio Tijucas.

O comércio de madeira foi uma das principais causas do desenvolvimento do distrito alcançando o ponto máximo na terceira década deste século.

Atualmente, porém, a economia do Município baseia-se essencialmente na agricultura, e a produção de cana-de-açúcar tende a ser das principais nesse ramo.

Formação administrativo O Distrito foi criado pela Lei provincial n.º 71, de 4 de maio de 1848. O Município o foi quando da transferência da sede de Pôrto Belo para São Sebastião da Foz do Tijucas, efetuada segundo a Lei provincial n.º 464, de 4 de abril de 1859.

A comarca de Tijucas foi criada pela Lei provincial n.º 691, de 24 de julho de 1873. Constituída por um só termo, o de mesmo nome, formado pelos municípios de Tijucas e Pôrto Belo.

Segundo a divisão administrativa vigente a 31 de dezembro de 1956, o Município é composto de 6 distritos: Tijucas, Boiteuxburgo, Canelinha, Major, São João Batista e Tigipió.

Fonte: IBGE

Ajude a divulgar a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco ou envie seu texto para gente.



Síntese das Informações
Área da unidade territorial - 2016: 279,578: km²
Estabelecimentos de Saúde SUS: 13: estabelecimentos
Matrícula - Ensino fundamental - 2015: 4.901: matrículas
Matrícula - Ensino médio - 2015: 1.268: matrículas
Número de unidades locais: 1.477: unidades
Pessoal ocupado total: 13.311: pessoas
PIB per capita a preços correntes - 2014: 38.813,76: reais
População residente : 30.960: pessoas
População residente - Homens: 15.494: pessoas
População residente - Mulheres: 15.466: pessoas
População residente alfabetizada: 26.817: pessoas
População residente que frequentava creche ou escola : 8.043: pessoas
População residente, religião católica apostólica romana: 22.281: pessoas
População residente, religião espírita: 445: pessoas
População residente, religião evangélicas: 5.615: pessoas
Valor do rendimento nominal médio mensal dos domicílios particulares permanentes com rendimento domiciliar, por situação do domicílio - Rural: 2.030,23: reais
Valor do rendimento nominal médio mensal dos domicílios particulares permanentes com rendimento domiciliar, por situação do domicílio - Urbana: 2.721,60: reais
Valor do rendimento nominal mediano mensal per capita dos domicílios particulares permanentes - Rural: 534,00: reais
Valor do rendimento nominal mediano mensal per capita dos domicílios particulares permanentes - Urbana: 666,67: reais
Índice de Desenvolvimento Humano Municipal - 2010 (IDHM 2010): 0,760:

Fonte:IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

Tijucas: Imagens da cidade e Região

As fotos fornecidas pelo Panoramio estão sobre direitos autorais de seus proprietários.

Você conhece a cidade de Tijucas? Então deixe seu comentário!


Comentários (0)

Ainda não há comentários, seja o primeiro!

Postar um comentário

     (Opcional)






Compartilhe Esta Página: