Início » Rio Grande do Sul » Eugênio de Castro


Eugênio de Castro - Rio Grande do Sul



Eugênio de Castro faz parte do estado do Rio Grande do Sul.

As primeiras famílias a residirem no município chegaram em 1920. Vieram os Marcondes, os Teixeira, os Rodrigues, Ribeiro, Cardoso, Ramos e Caré. Em 1927 registra-se a chegada de Eugênio de Castro e sua família, posteriormente ele viria a emprestar o nome ao povoado.

Em 1930 abria as portas a primeira escola da comunidade e em 1934 inaugurava-se a primeira casa comercial.

História da cidade de Eugênio de Castro Rio Grande do Sul - RS

O Município de Eugênio de Castro, emancipado em 29 de abril de 1988, pela Lei nº8582 alterada pela Lei 9030 de 08/02/1990. Seu território é formado pelo desmembramento do município de Santo ongelo, o qual formava o (5º) quinto Distrito. O marco inicial do município é a atual esquina das Ruas Alzira de Castro com a João Goergen. Na década de 1920 o atual município de Eugênio de Castro, recebia em seu coração, ainda mata virgem, até então só conhecida pelos índios guaranis, os seus primeiros habitantes. Era José Dezordi e a sua família que aqui chegaram desbravando com coragem e muita persistência, abrindo picadas, embrenhando-se no verdadeiro sertão ali existente, para fixar residência. Em 1924 começa a história de Eugênio de Castro.

Chegada de José Dezordi e sua família. Este casada com Angelina Marcondes Carneiro, filho de carpinteiro, vindo do município de Ijuí, radicou-se em terras de seusogro, no Entre-Ijuís, então (2º) segundo Distrito de Santo ongelo, situadas perto da Foz de um riacho que fica ao oeste da atual cidade, a 1500 m. afluente do rio Ijuizinho.

Inicia a formação da vila com a fixação residencial e comercial de Eugênio de Castro. O marco inicial ocorreu neste ano, com a chegada do pioneiro Eugênio de Castro (do qual originou-se a denominação). Oriundo do município de Ijuí. Pouco tempo depois casou-se com Alzira Mousquer Teixeira. Natural de Coxilha Bonita, local próximo, família tradicional na comunidade. Sua residência estava localizada onde atualmente forma-se a esquina entre as ruas Alzira de Castro e João Goergen. Eugênio de Castro aqui radicado, iniciou as atividades comerciais da localidade, com a primeira Casa de Comércio. Chegaram a localidade mais algumas famílias reunidas de outros municípios. Estes trouxeram seu trabalho e contribuíram para o futuro desta terra. Eram pessoas simples confiantes e trabalhadoras, acostumadas com a luta árdua da vida naquela época. O trabalho e a esperança que sempre os anunciou, não foram em vão. Existia já na época uma estrada (picada) que ligava esta localidade a Serra Cadeado (hoje sede do município de Augusto Pestana). Nesta estrada, via mata virgem, os viajantes da época (carreteiros) faziam o transporte de seus produtos para a venda. No mesmo ano ocorreu a abertura da estradaligando o município de Santo ongelo à Tupancireta, esta passava pela sede do povoado, surgiu então o primeiro nome da localidade: Esquina Ijuizinho. A travessia do Rio Ijuizinho nesta estrada era feita através de barcas, outra estrada ligava a localidade de Serra do Cadeado (atual Augusto Pestana) , Ijuí e Cruz Alta.

Gentílico: eugenio-castrense

Formação Administrativa

Distrito criado com a denominação de Eugênio de Castro, pela lei municipal nº 32, de 11-10-1955, subordinado ao município de Santo Angelo.

Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o distrito permanece no município de Santo Angelo.

Elevado à categoria de município com a denominação de Eugênio de Castro, pela lei estadual nº 8582, de 29-04-1988, alterado em seus limites pela lei estadual nº 9030, de 02-02-1990, desmembrado de Santo Angelo. Sede no antigo distrito de Eugênio de Castro.

Constituído do distrito sede. Instalado em 01-01-1989. Em divisão territorial datada de 2001, o município é constituído do distrito sede. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007, limitando-se co os unicípios de Augusto Pestana, Coronel Barros, Entre-Ijuís, Jóia e São Miguel das Missões.

Fonte: IBGE

Ajude a divulgar a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco ou envie seu texto para gente.



Síntese das Informações
Área da unidade territorial - 2015: 419,297: km²
Estabelecimentos de Saúde SUS: 1: estabelecimentos
Matrícula - Ensino fundamental - 2015: 329: matrículas
Matrícula - Ensino médio - 2015: 62: matrículas
Número de unidades locais: 73: unidades
Pessoal ocupado total: 372: pessoas
PIB per capita a preços correntes - 2014: 50.405,20: reais
População residente : 2.798: pessoas
População residente - Homens: 1.415: pessoas
População residente - Mulheres: 1.383: pessoas
População residente alfabetizada: 2.472: pessoas
População residente que frequentava creche ou escola : 620: pessoas
População residente, religião católica apostólica romana: 1.734: pessoas
População residente, religião espírita: 100: pessoas
População residente, religião evangélicas: 858: pessoas
Valor do rendimento nominal médio mensal dos domicílios particulares permanentes com rendimento domiciliar, por situação do domicílio - Rural: 1.817,48: reais
Valor do rendimento nominal médio mensal dos domicílios particulares permanentes com rendimento domiciliar, por situação do domicílio - Urbana: 1.583,83: reais
Valor do rendimento nominal mediano mensal per capita dos domicílios particulares permanentes - Rural: 436,67: reais
Valor do rendimento nominal mediano mensal per capita dos domicílios particulares permanentes - Urbana: 510,00: reais
Índice de Desenvolvimento Humano Municipal - 2010 (IDHM 2010): 0,712:

Fonte:IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

Eugênio de Castro: Imagens da cidade e Região

As fotos fornecidas pelo Panoramio estão sobre direitos autorais de seus proprietários.

Você conhece a cidade de Eugênio de Castro? Então deixe seu comentário!


Comentários (0)

Ainda não há comentários, seja o primeiro!

Postar um comentário

     (Opcional)






Compartilhe Esta Página: