Início » Rio de Janeiro » Itaocara


Itaocara - Rio de Janeiro



Itaocara é um município localizado no noroeste do estado do Rio de Janeiro, no Brasil.

Devido à luta entre os índios Coroados e Puris, os religiosos Capuchinhos que colonizavam São Fidélis sentiram a necessidade de criar, no local das divergências, uma nova aldeia, que, acolhendo uma das tribos, separasse os litigiantes. Em 1809, o frei Tomás, da cidade de Castelo, chegou às terras escolhidas para a fundação da aldeia, a qual denominou São José de Dom Marcos, em homenagem ao antigo vice-rei Marcos de Noronha e Brito. O nome escolhido não criou raízes no pensamento dos habitantes, que preferiram designar o local de "Itaocara", termo tupi que significa "praça de pedra", através da junção dos termos itá ("pedra") e okara ("praça"), em referência ao penhasco que lhe ficava fronteiro, na margem oposta do Rio Paraíba do Sul.

No século XIX e início do século XX, como o ocorrido em todo o interior do estado, recebeu significativa mão de obra de imigrantes, sobretudo de origem sírio-libanesa.

História da cidade de Itaocara

A Aldeia da Pedra, antigo nome de Itaocara, foi fundada pelo capuchinho italiano frei Tomaz e era habitada pelos índios Puris e Coroados, que viviam em constantes conflitos. Com o intuito de controlar a situação, seguiram para a localidade o frei ongelo Maria de Luca e frei Vitório Cambiasca, iniciando o processo de colonização.

O povoado foi instalado em 1809, com a denominação de São José de São Marcos, em homenagem ao Vice-Rei, mas os habitantes acabaram optando pelo nome de Aldeia da Pedra , em virtude de um penhasco que ficava defronte, do outro lado do Paraíba. O aldeamento, criado pelo esforço pacifista dos missionários, para separar os índios Puris dos Coroados, veio a se tornar justamente o ponto de aldeamento das duas tribos unidas pelo batismo.

A aldeia já se chamava então São José de Lenissa da Aldeia de Pedra quando, em 19 de abril de 1850, em virtude de autonomia concedida à Vila de São Fidélis, desmembrada de Campos, passou a fazer parte da referida vila, juntamente com freguesia de Santo Antônio de Pádua.

O topônimo Itaocara, é um vocábulo tupi formado dos termos: ita, que quer dizer "pedra" e ocara, "praça, terreiro".

Gentílico: itaocarense

Formação Administrativa

Distrito criado com a denominação de Itaocara, pela lei provincial nº 500, de 21-03- 1850 e por decretos estaduais nº 1 08-05-1892 e nº 1-A de 03-06-1892, subordinado ao município de São Fidélis.

Elevado à categoria de vila com a denominação de Itaocara, pelo decreto estadual nº 140, de 28-10-1890, desmembrado de São Fidélis. Sede na povoação de São José de Lenissa. Constituído de 3 distritos: Itaocara, Laranjeiras e Três Irmão.

Pelo decreto nº 191, de 13-04-1891, a vila de Itaocara adquiriu do município de Cantagalo o distrito de Laranjeiras.

Pelas deliberações estaduais de 10-09-1890 e 04-09-1891, é criado o distrito de Três Irmãos e anexado ao município de Itaocara.

Pela lei estadual nº 662, de 27-10-1904, é criado o distrito de Jaguarembé e anexado ao município de Itaocara.Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o município é constituído de 4 distritos: Itaocara, Laranjeiras, Três Irmãos e Jaguarembé.

Pela lei estadual nº 1888, de 22-11-1924, são criados os distritos de Estrada Nova e Estação Três Irmaõs e anexado ao município de Itaocara, sendo que o distrito de Estrada Nova formado com áreas desmembradas do distrito de Laranjeiras.

Pela lei estadual nº 1267, de 09-11-1915, o distrito de Três Irmãos passou a denominar-se Portela.

Elevado à categoria de cidade pela lei estadual nº 2335, de 27-12--1929. Distritos: Itaocara, Laranjeiras, Jaguarembé, Estrada Nova, Estação Três Irmãos e Portela ex-Três Irmãos.

Em divisão territorial de 31-XII-1936 e 31-Xll-1937, o município de Itaocara é constituído de 6 distritos: Itaocara, Laranjeiras, Portela, Jaguarembé, Estrada Nova e Estação de Três Irmãos.

Pelo decreto-lei estadual nº 1056, de 31-12-1943, o distrito de Laranjeiras passou a denominar-se Laranjais. Sob o mesmo decreto-lei o distrito de Três Irmãos deixa de pertencer ao município de Itaocara, sendo anexado ao município de Cambuci.

No quadro fixado para vigorar no período de 1944-1948, o município é constituído de 5 distritos: Itaocara, Estrada Nova, Jaguarembé, Laranjais ex-Laranjeiras e Portela, Em divisão territorial datada de I-VII-1960, o município é constituído de 5 distritos: Itaocara, Laranjais, Estrada Nova, Jaguarembé e Portela.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 17-1-1991.

Pela lei municipal nº 247, de 15-08-1991, é criado o distrito de Batatal e anexado ao município de Itaocara.

Em "Síntese" de 31-XII-1994, o município é constituído de 6 distritos: Itaocara, Batatal, Estrada Nova, Jaguarembé, Laranjais e Portela.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.

Fonte: IBGE

Ajude a divulgar a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco ou envie seu texto para gente.



Síntese das Informações
Área da unidade territorial - 2016: 431,335: km²
Estabelecimentos de Saúde SUS: 14: estabelecimentos
Matrícula - Ensino fundamental - 2015: 2.793: matrículas
Matrícula - Ensino médio - 2015: 811: matrículas
Número de unidades locais: 808: unidades
Pessoal ocupado total: 4.488: pessoas
PIB per capita a preços correntes - 2014: 43.529,67: reais
População residente : 22.899: pessoas
População residente - Homens: 11.192: pessoas
População residente - Mulheres: 11.707: pessoas
População residente alfabetizada: 19.278: pessoas
População residente que frequentava creche ou escola : 6.422: pessoas
População residente, religião católica apostólica romana: 12.767: pessoas
População residente, religião espírita: 275: pessoas
População residente, religião evangélicas: 7.507: pessoas
Valor do rendimento nominal médio mensal dos domicílios particulares permanentes com rendimento domiciliar, por situação do domicílio - Rural: 1.442,02: reais
Valor do rendimento nominal médio mensal dos domicílios particulares permanentes com rendimento domiciliar, por situação do domicílio - Urbana: 1.845,58: reais
Valor do rendimento nominal mediano mensal per capita dos domicílios particulares permanentes - Rural: 410,00: reais
Valor do rendimento nominal mediano mensal per capita dos domicílios particulares permanentes - Urbana: 510,00: reais
Índice de Desenvolvimento Humano Municipal - 2010 (IDHM 2010): 0,713:

Fonte:IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística


Itaocara: Imagens da cidade e Região

As fotos fornecidas pelo Panoramio estão sobre direitos autorais de seus proprietários.

Você conhece a cidade de Itaocara? Então deixe seu comentário!


Comentários (0)

Ainda não há comentários, seja o primeiro!

Postar um comentário

     (Opcional)






Compartilhe Esta Página: