Início » Rio de Janeiro » Itaguaí


Itaguaí - Rio de Janeiro



Itaguaí faz parte do estado do Rio de Janeiro. Encontra-se na Microrregião de Itaguaí, na Mesorregião Metropolitana do Rio de Janeiro, a 69 quilômetros da capital do estado, a cidade do Rio de Janeiro. Ocupa uma área de 271.563km², e sua população foi estimada no ano de 2011 em 111.171 habitantes, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, sendo então o 25º mais populoso do estado e o primeiro de sua microrregião.

O seu Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) é de 0,768, considerando como médio pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD).

A palavra "itaguaí" tem origem na antiga língua tupi e significa "água da enseada de pedra", através da junção dos termos itá ("itá"), kûá ("enseada") e y ("água")

História da cidade de Itaguaí

O início do desbravamento do atual território do Município de Itaguaí data de meados do século XVII. Segundo Monsenhor Pizarro, a colonização remonta à época em que os índios da Ilha do Jaguaramenom, atraídos pelo Governador Martim de Sá, se transferiram para outra ilha, situada mais para o sul e conhecida por Piaçavera - hoje Itacuruçá. Foi desse local que, mais tarde partiram os aborígenes para o continente fixando-se nas terras compreendidas entre os rios Tiguaçu e Itaguaí, às quais denominaram Y-tinga.

O Alvará, com força de lei, de 5 de julho de 1818, erigiu a Vila aldeia de Itaguaí, com a denominação de Vila de São Francisco Xavier do Itaguaí, cujo território e limites compreendiam a Freguesia de Itaguaí do alto da serra para a vargem, a Freguesia de Marapicu, do rio Guandu subindo a parte esquerda, todo o Ribeirão das Lajes e a Freguesia de Mangaratiba, ficando desde logo desmembrado do Termo da cidade do Rio de Janeiro e da Vila de Angra dos Reis, a que pertencia.

Com o correr dos anos, a localidade prosperou por ser o ponto de passagem preferido pelos viajantes, que se dirigiam às terras de Minas e São Paulo. O próprio D. Pedro I hospedou-se na localidade quando se dirigiu a São Paulo, onde proclamaria a Independência do Brasil.

Dotado de terras férteis, o Município de Itaguaí desfrutou, no século passado, até 1880, de importante atividade rural e comercial, exportando em grande escala cereais, café, farinha, açúcar e aguardente. A mão-de-obra escrava contribuiu acentuadamente para esse desenvolvimento.

O advento da Lei áurea ocasionou crise econômica, refletida no considerável êxodo dos antigos escravos. Esse fato, aliado à falta de transportes e à insalubridade da região, concorreu para o desaparecimento das grandes plantações que constituíam a riqueza principal da localidade.

A passagem da antiga rodovia Rio-São Paulo por seu território, a implantação de indústria, as obras de saneamento, contribuíram para o desenvolvimento econômico do Município.

Gentílico: itaquaiense

Formação Administrativa

Distrito criado com a denominação de São Francisco Xavier de Itaguaí, por ordem régia de 22-12-1795, referem-se também a criação do distrito os decretos estaduais nº 1, de 08-05-1892 e 1-A 03-06-1892, subordinado aos municípios do Rio de Janeiro e Angra dos Reis ex-Ilha Grande.

Elevado à categoria de vila com a denominação de São Francisco Xavier de Itaguaí, por alvará de 05-06-1818, desmembrado dos municípios do Rio de Janeiro e Angra dos Reis. Constituído de 3 distritos: Itaguaí, Bananal e Paracambi.

Aviso de 13-11-1818, a vila de São Francisco Xavier de Itaguaí é extinta, voltando à categoria de distrito. .

Reintegrado à categoria de vila com a denominação de São Francisco Xavier de Itaguaí, por provisão de 13-11-1819 desmembrado do município do Rio de Janeiro e Angra dos Reis. Sede na antiga vila de São Francisco Xavier de Itaguaí. Constituído de 3 distritos: Itaguaí, Bananal e Paracambi. Reinstalada em 11-02-1820.

Pela lei provincial nº 549, de 30-08-1851 e por decretos estaduais nº s 1, de 08-05-1892 e 1-A, de 03-06-1892, é criado o distrito de Bananal e anexado ao município de São Francisco Xavier de Itaguaí.

Elevado à condição de cidade com a denominação de Itaguaí, pelo decreto estadual nº 1-A, de 03-06-1892.

Pelos decretos estaduais nº s 1, de 08-05-1892 e 1-A, de 03-06-1892, é criado o distrito de São Pedro e São Paulo do Ribeirão das Lages e anexado ao município de Itaguaí.

Pela lei estadual nº 201, de 06-12-1895, o distrito de São Pedro e São Paulo do Ribeirão das Lages passou a denominar-se Macacos.

Pela lei estadual nº 536, de 19-12-1901, o distrito de Macacos ex-São Pedro e São Paulo do Ribeirão das Lages passou a denominar-se Paracambi.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o município é constituído de 3 distritos: Itaguaí, Bananal e Paracambi ex-Macacos.

Pela lei estadual nº 1801, de 08-01-1924, o distrito de Bananal passou a denominar-se Patioba.

Pela lei estadual nº 2069, de 29-11-1926, são criados os distritos de Caçador e Coroa Grande e anexados ao município de Itaguaí. Sob a mesma lei o distrito de Patioba ex-Macacos passou a denominar-se Seropédica.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o município é constituído de 5 dstritos: Itaguaí, Caçador, Coroa Grande, Paracambi e Seropédica ex-Patioba.Assim permanecendo em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937.

Pelo decreto-lei estadual nº 1056, de 31-12--1943, o distrito de Caçador passou a denominar-se Ibituporanga.

Em divisão territorial datada de I-XII-1955, o município é constituído de 5 distritos: Itaguaí, Coroa Grande, Ibituporanga, Paracambi e Seropédica.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de I-VII-1960.

Pela Lei Estadual nº 4426, de 08-08-1960, desmembra do município de Itaguaí o distrito de Paracambi. Elevado à categoria de município.

Em divisão territorial datada de 31-XII-1963, o município é constituído de 4 distritos: Itaguaí, Coroa Grande, Ibituporanga e Seropédica.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 17-1-1991.

Pela lei estadual nº 1586, de 18-11-1993, extingue do município de Itaguaí o distrito de Coroa Grande, sendo seu território voltando a fazer parte do distrito sede de Itaguaí.

Em "Síntese" de 31-XII-1994, o município é constituído de 3 distritos: Itaguaí, Ibituporanga e Seropédica.

Pela lei estadual nº 2446 , de 12-10-1995, desmembra de Itaguaí o distrito de Seropédica. Elevado à categoria de município.

Em divisão territorial datada de 2003, o município é constituído de 2 distritos: Itaguaí e Ibituporanga.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.

Alteração topinímica municipal

São Francisco Xavier de Itaguaí para simplesmente Itaguaí alterado, pelo decreto estadual 1-A, de 03-06-1892.

Fonte: IBGE

Ajude a divulgar a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco ou envie seu texto para gente.



Síntese das Informações
Área da unidade territorial - 2016: 274,401: km²
Estabelecimentos de Saúde SUS: 27: estabelecimentos
Matrícula - Ensino fundamental - 2015: 18.358: matrículas
Matrícula - Ensino médio - 2015: 5.373: matrículas
Número de unidades locais: 2.289: unidades
Pessoal ocupado total: 33.977: pessoas
PIB per capita a preços correntes - 2014: 67.963,97: reais
População residente : 109.091: pessoas
População residente - Homens: 54.409: pessoas
População residente - Mulheres: 54.682: pessoas
População residente alfabetizada: 94.451: pessoas
População residente que frequentava creche ou escola : 32.931: pessoas
População residente, religião católica apostólica romana: 35.487: pessoas
População residente, religião espírita: 1.558: pessoas
População residente, religião evangélicas: 45.127: pessoas
Valor do rendimento nominal médio mensal dos domicílios particulares permanentes com rendimento domiciliar, por situação do domicílio - Rural: 1.610,90: reais
Valor do rendimento nominal médio mensal dos domicílios particulares permanentes com rendimento domiciliar, por situação do domicílio - Urbana: 2.047,75: reais
Valor do rendimento nominal mediano mensal per capita dos domicílios particulares permanentes - Rural: 437,50: reais
Valor do rendimento nominal mediano mensal per capita dos domicílios particulares permanentes - Urbana: 500,00: reais
Índice de Desenvolvimento Humano Municipal - 2010 (IDHM 2010): 0,715:

Fonte:IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

Itaguaí: Imagens da cidade e Região

As fotos fornecidas pelo Panoramio estão sobre direitos autorais de seus proprietários.

Você conhece a cidade de Itaguaí? Então deixe seu comentário!


Comentários (0)

Ainda não há comentários, seja o primeiro!

Postar um comentário

     (Opcional)






Compartilhe Esta Página: