Início » Pará » Curuçá


Curuçá - Pará



História da cidade - Curuçá

O atual município de Curuçá está localizado na zona fisiográfica do Salgado.

Sabe-se que seus fundamentos históricos foram lançados no século XVIII, quando à margem do Rio Curaçá, os jusuítas fundaram a fazenda do mesmo nome, com importante feitoria de pesca onde, mais tarde, formou-se o povoado sob o orago de Nossa Senhora do Rosário.

Em 1757, no governo de Francisco Xavier de Mendonça Furtado, logo após a expulsão daqueles religiosos do domínio português, a localidade adquiriu categoria de Vila com o nome de Vila Nova D′El-Rei. Entretanto, no período da Revolução da Cabanagem, em 1833, foi extinta, ficando o seu território incorporado ao do Município de Vigia, donde restabeleceu-se, em 1850, com a primitiva denominação.

Em 1895, após ter aderido à República, a Vila de Curuçá obtve foros de cidade. Porém, a partir de 1930, sofreu outras supressões, até que, em 1933, emancipou-se político-administrativamente, em definitivo, sendo desmembrado do território de Castanhal.

O topônimo é corruptela tupi do português cruz. Segundo o Professor José Coutinho de Oliveira, significa lugar em que há seixos ou cascalhos.

Gentílico: curuçaense

Formação Administrativa

Elevada à categoria de Vila com a denominação de Vila Nova Del Rei, em 1757. Sede na antiga missão de Curuçá.

Pela carta Régia de 06-06-1758, a vila foi extinta.

Elevada novamente à categoria de Vila com a denominação de Curuçá, pela Lei provincial nº 167, de 21-11-1850, reinstalada em 07-01-1853.

Distrito criado com a denominação de Curuçá, pela Lei provincial nº 271, de 16-10-1854.

Pela Lei provincial nº 610, de 21-10-1869, é criado o Distrito de Marapanim e anexado ao Município de Curuçá.

Pela Lei provincial nº 802, de 04-03-1874, foi desmembrado do Município de Curuçá o Distrito de Marapanim. Elevado à categoria de município.

Elevado à condição de cidade com a denominação de Curuçá, pela Lei provincial nº 236, de 14-05-1895.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o município é constituído do distrito sede.

Pelo Decreto estadual nº 6 de 04-11-1930, o Município de Curuçá é extinto, sendo seu território anexado aos municípios de São Caetano de Odivelas e Vigia.

Pelo Decreto estadual nº 111, de 21-01-1931, é criado Município de Marapanim, passando o Distrito de Curuçá a pertencer ao município de Marapanim desmembrado dos município de São Caetano de Odivelas e Vigia.

Pelo Decreto estadual nº 680, de 27-06-1932, transfere o distrito de Curuçá do município de Marapanim para o de Castanhal.

Elevado novamente à categoria de município com a denominação de Curuçá, pelo Decreto nº 1136, de 28-12-1933.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o município é constituído do distrito sede.

Em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937, o município aparece constituído de 4 distritos: Curuçá, Lauro Sodré, Ponta de Ramos e Terra Alta.

Pelo Decreto-lei estadual nº 2972, de 31-03-1938, é criado o distrito de Santa Luzia e com terras desmembradas do Distrito de Lauro Sodré e anexado ao Município de Curuçá. Sob o mesmo decreto é extinto o Distrito de Terra Alta, passando seu território anexado ao Distrito de Lauro Sodré.

Pelo Decreto-lei estadual nº 3131, de 31-10-1938, é criado novamente o Distrito de Terra Alta com terras desmembradas do distrito de Lauro Sodré e anexado ao Município de Curuçá.

No quadro fixado para vigorar no período de 1939-1943, o município aparece constituído de 6 distritos: Curuçá, Lauro Sodré, Monte Alegre, Ponta de Ramos, Santa Luzia e Terra Alta.

Pelo Decreto-lei estadual nº 4505, de 30-12-1943, o Distrito de Monte Alegre passou a denominar-se Maú e o Distrito de Santa Luzia a denominar-se Murujá. O mesmo decreto acima citado transfere o distrito de Maú ex-Monte Alegre do Município de Curuçá para o de Marapamim.

Em divisão territorial datada de 1-VII-1950, o município constituído de 5 distritos: Curuçá, Lauro Sodre, Ponta de Ramos, Murajá e Terra Alta.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VII-1960.

Pela Lei estadual nº 2460, de 29-12-1961, são criados os distritos de Araquaim, Boa Vista do Iririteua, Mutucal, Mazaré de Mocajuba e Vista Alegre e anexado ao Município de Curuça.

Em divisão territorial datada de 31-XII-1963, o município constituído de 10 distritos: Curuçá, Araquaim, Boa Vista do Iriritieua, Lauro Sodré, Murajá, Mutucal, Nazaré de Mocajuba, Ponta de Ramos, Terra Alta e Vista Alegre.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-I-1979.

Em divisão territorial datada de 18-VIII-1988, o município aparece constituído de 5 distritos: os mesmos da divisão de 1960.

Pela Lei estadual nº 5699, de 13-12-1991, desmembra do município de Curuçá o Distrito de Terra Alta. Elevado à categoria de município.

Em divisão territorial datada de 1-VI-1995, o município é constituído de 4 distritos: Curuçá, Lauro Sodré, Murajá e Ponta de Ramos.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.

Fonte: Prefeitura Municipal de Curuçá; IBGE

Ajude a divulgar a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco ou envie seu texto para gente.



Síntese das Informações
Área da unidade territorial - 2015: 672,675: km²
Estabelecimentos de Saúde SUS: 16: estabelecimentos
Matrícula - Ensino fundamental - 2015: 7.641: matrículas
Matrícula - Ensino médio - 2015: 1.751: matrículas
Número de unidades locais: 180: unidades
Pessoal ocupado total: 1.816: pessoas
PIB per capita a preços correntes - 2014: 5.928,52: reais
População residente : 34.294: pessoas
População residente - Homens: 17.568: pessoas
População residente - Mulheres: 16.726: pessoas
População residente alfabetizada: 26.273: pessoas
População residente que frequentava creche ou escola : 12.483: pessoas
População residente, religião católica apostólica romana: 24.148: pessoas
População residente, religião espírita: 12: pessoas
População residente, religião evangélicas: 7.799: pessoas
Valor do rendimento nominal médio mensal dos domicílios particulares permanentes com rendimento domiciliar, por situação do domicílio - Rural: 860,89: reais
Valor do rendimento nominal médio mensal dos domicílios particulares permanentes com rendimento domiciliar, por situação do domicílio - Urbana: 1.190,41: reais
Valor do rendimento nominal mediano mensal per capita dos domicílios particulares permanentes - Rural: 150,00: reais
Valor do rendimento nominal mediano mensal per capita dos domicílios particulares permanentes - Urbana: 158,25: reais
Índice de Desenvolvimento Humano Municipal - 2010 (IDHM 2010): 0,582:

Fonte:IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

Curuçá: Imagens da cidade e Região

As fotos fornecidas pelo Panoramio estão sobre direitos autorais de seus proprietários.

Você conhece a cidade de Curuçá? Então deixe seu comentário!


Comentários (0)

Ainda não há comentários, seja o primeiro!

Postar um comentário

     (Opcional)






Compartilhe Esta Página: