Início » Minas Gerais » Teófilo Otoni


Teófilo Otoni - Minas Gerais



Teófilo Otoni faz parte do estado de Minas Gerais. Localizado no nordeste do estado, conta com cerca de 135 mil habitantes numa área de mais de 3.242 quilômetros quadrados. Localizado no nordeste de Minas, na Mesorregião do Vale do Mucuri, é considerado o centro macro-regional. Com topografia montanhosa, a sede municipal está a 349 m de altitude. Dista da capital do estado 446km. e uma das maiores e principais cidades do estado mineiro.

Com as terras originalmente ligadas à antiga Comarca do Serro Frio e depois ao município de Minas Novas, a história do município liga-se à história de seu fundador, Theophilo Benedicto Ottoni, que, após renunciar ao seu mandato de deputado, em 1849, iniciou a colonização do Vale do Mucuri, a partir de 1852. Para marcar o encontro das duas grandes expedições que partiram em direções diversas, foi fundado, em 1853, o núcleo pioneiro, à margem do rio Todos os Santos, denominado Filadélfia, em homenagem à cidade homônima, considerada o berço da democracia nas Américas.

Teófilo Otoni possui uma diversificada etnia, além de negros e índios (nativos da região), é visivelmente marcada por descendentes de colonizadores europeus: portugueses, italianos, espanhóis (estes em menor número), e com maior predominância destacam-se famílias de descendência alemã. Pode-se constatar isto através da verificação de alguns traços e marcos deixados na cidade como: a Praça Germânica, a Igreja Evangélica Luterana, A Igreja de Confissão Luterana e o seu cemitério, festas típicas, dentre outros. Infelizmente devido à perseguição e discriminação sofridas durante a Segunda Guerra Mundial (1939-1945) muitas famílias alemãs,lamentavelmente, foram perdendo ao longo do tempo, muito da sua riquíssima cultura. Embora tenha ocorrido esse fato, existem ainda alguns descendentes alemães que falam o idioma, bem como organizaram a partir de 2008 a ACDATO, associação que congrega os descendentes de alemães em Teófilo Otoni, com o intuito de resgatar e perpetuar a cultura e memória dos seus antepassados. Há também, além dos imigrantes europeus, os imigrantes asiáticos como os chineses e sírio-libaneses que, assim como os judeus, se destacam por serem responsáveis pelos rumos e expansão do comércio local.

História da cidade de Teófilo Otoni

Os primeiros habitantes das terras do Município de Teófilo Otoni foram indígenas descendentes dos Tapuias. Em 1922 havia uma derradeira taba de índios Machacalis, localizada nas nascentes do Ribeirão Imburanas, habitada por quinze a dezoito famílias. Sua origem se deve à criação da Companhia de Comércio e Navegação do Rio Mucuri, fundada pelo grande brasileiro Teófilo Otoni, com o objetivo de estabelecer comunicação mais fácil entre o nordeste de Minas e o Rio de Janeiro, por via fluvial e terrestre, e, posteriormente, o estabelecimento de um porto de mar para o escoamento da produção da Provincial.

A abertura de estradas, o estabelecimento da navegabilidade do Rio Mucuri, em cuja rota a Campanhia estabelecia pontos de colonização, e a vinda de numerosos colonos portugueses, holandeses, belgas, franceses, chineses e alemães marcaram o início do desenvolvimento de Teófilo Otoni. Dos colonos que ali chegaram, somente os alemães se fixaram. Até fins de 1858 o número de colonos já ascendia a 2091 na localidade então denominada Filadéfia.

Gentílico: teofilo-otonense

Formação Administrativa

Freguesia criada com a denominação de Nossa Senhora da Conceição da Filadélfia, pela lei provincial n°. 808, de 03-06 ou 03-07-1857, confirmada sua criação pela lei estadual n°. 2, de 14-09-1891, subordinado ao município de Minas Novas.

Elevado à categoria de vila com a denominação de Teófilo Otoni, pela lei provincial n°. 2486, de 09-11-1878, desmembrado de Minas Novas. Sede na povoação de Nossa Senhora da Conceição de Filadélfia. Instalado em 25-03-1881.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o município de Teófilo Otoni é constituído de 10 distritos: Teófilo Otoni, Aimorés, Concórdia, Itambacuri, Itaipé, Pampan, Poté, Malacacheta, Setubinha e Urucu.

Nos quadros de apuração do Recenseamento Geral de 1-IX-1920, o município de Teófilo Otoni permanece constituído dos 10 distritos: os mesmos citados na divisão de 1911.

Pela lei estadual n°. 843, de 07-09-1923, desmembra do município de Teófilo Otoni o distrito de Itambacuri. Elevado à categoria de município. A mesma lei acima citada desmembra do município de Teófilo Otoni os distritos de Malacacheta e Setubinha. Para formar o novo município de Malacacheta. Ainda pela mesma lei o distrito de Pampan passou a denominar-se Águas Belas e o distrito de Aimorés a denominar-se Indiana.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o município é constituído de 7distritos: Teófilo Otonili, Indiana, ex-Aimorés, Concórdia, Itaipé, Águas Belas, ex-Pampan, Poté e Urucu.

Pelo decreto-lei estadual n°. 148, de 17-12-1938, desmembra do município de Teófilo Otoni os distritos de Poté e Ladainha, ex-Concórdia. Para formar o novo município de Poté, a mesma lei desmembra do município de Teófilo Otoni os distritos de CarlosChagas, ex-Urucu e Águas Belas. Para formar o novo Município de Carlos Chagas, ainda sob a mesma lei são criados os distritos de Jardinópolis, Marambainha e Pavão e anexados ao município de Teófilo Otoni.

No quadro fixado para vigorar no período de 1939-1943, o município é constituído de 5 distritos: Teófilo Otoni, Itaipé, Jardinópolis, Marambainha e Pavão.

Pelo decreto-lei estadual n°. 1058, de 31-12-1943, desmembra do município de Teófilo Otoni os distritos de Itaipé e Marambainha. Para formar o novo município de Novo Cruzeiro, no mesmo decreto acima são criados os distritos de Crispim Jaques, Frei Gonzaga e Pedro Versiani e anexados ao município de Teófilo Otoni. E ainda Sob este mesmo decreto, o distrito de Jardinópolis passou a denominar-se Topázio.

No quadro anexo para vigorar no período de 1944-1948, o município é constituído de 6 distritos: Teófilo Otoni, Crispim Jaques, Frei Gonzaga, Pedro Versiani, Pavão e Topázio ex-Jardinópolis.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VII-1960.

Pela lei estadual n°. 2764, de 30-12-1962, desmembra do município de Teófilo Otoni o distrito de Pavão. Elevado à categoria de município. Em divisão territorial datada de 31-XII-1963, o município é constituído de 5 distritos: Teófilo Otono, Crispim Jaques, Frei Gonzaga, Pedro Versiani e Topázio.

Pela lei estadual n°. 6769, de 13-05-1976, são criados os distritos de Mucuri e Rio Pretinho e anexado ao município de Teófilo Otoni.

Em divisão territorial datada de 1-I-1979, o município é constituído de 7 distritos: Teófilo Otoni, Crispim Jaques, Frei Gonzaga, Mucuri, Pedro Versiani, Rio Pretinho e Topázio.

Pela lei estadual n°. 10703, de 27-04-1992, desmembra do município de Teófilo Otoni o distrito de Novo Oriente ex-Frei Gonzaga. Elevado à categoria de município.

Em divisão territorial datada de 1-VI-1995, o município é constituído de 6 distritos: Teófilo Otoni, Crispim Jaques, Mucuri, Pedro Versiani, Rio Pretinho e Topázio.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007 .

Alteracão toponímica distrital

Nossa Senhora da Conceição da Filadélfia para Teófilo Otoni alterado, pela lei províncial n°. 2486, de 09-11-1878.

Fonte: IBGE

Ajude a divulgar a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco ou envie seu texto para gente.



Síntese das Informações
Área da unidade territorial - 2016: 3.242,270: km²
Estabelecimentos de Saúde SUS: 49: estabelecimentos
Matrícula - Ensino fundamental - 2015: 19.901: matrículas
Matrícula - Ensino médio - 2015: 5.741: matrículas
Número de unidades locais: 3.526: unidades
Pessoal ocupado total: 29.423: pessoas
PIB per capita a preços correntes - 2014: 15.379,33: reais
População residente : 134.745: pessoas
População residente - Homens: 64.466: pessoas
População residente - Mulheres: 70.279: pessoas
População residente alfabetizada: 108.776: pessoas
População residente que frequentava creche ou escola : 40.010: pessoas
População residente, religião católica apostólica romana: 82.560: pessoas
População residente, religião espírita: 1.608: pessoas
População residente, religião evangélicas: 39.994: pessoas
Valor do rendimento nominal médio mensal dos domicílios particulares permanentes com rendimento domiciliar, por situação do domicílio - Rural: 1.056,91: reais
Valor do rendimento nominal médio mensal dos domicílios particulares permanentes com rendimento domiciliar, por situação do domicílio - Urbana: 2.272,68: reais
Valor do rendimento nominal mediano mensal per capita dos domicílios particulares permanentes - Rural: 246,67: reais
Valor do rendimento nominal mediano mensal per capita dos domicílios particulares permanentes - Urbana: 446,25: reais
Índice de Desenvolvimento Humano Municipal - 2010 (IDHM 2010): 0,701:

Fonte:IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

Teófilo Otoni: Imagens da cidade e Região

As fotos fornecidas pelo Panoramio estão sobre direitos autorais de seus proprietários.

Você conhece a cidade de Teófilo Otoni? Então deixe seu comentário!


Comentários (1)

  1. noemia de moura's avatarnoemia de moura

    Não conheço ainda, pessoalmente, mas não vai me faltar oportunidade de conferir de perto as maravilhas e estrutura dessa tão falada cidade mineira, Amo nosso estado e não o trocaria por nenhum outro apesar de amar todo o nosso Brasil.

    #1 – 14/07/2016 - 23:14

Postar um comentário

     (Opcional)






Compartilhe Esta Página: