Início » Minas Gerais » Santo Antônio do Monte


Santo Antônio do Monte - Minas Gerais



Santo Antônio do Monte faz parte do estado de Minas Gerais. Sua população em 2007 era de 25,694 habitantes (estimativa do IBGE/2008). Está a 194km de Belo Horizonte. A cidade é mais conhecida como Samonte.

Santo Antônio do Monte, antigo distrito criado em 1854/1891 e subordinado ao município de Formiga, foi elevado à categoria de vila em 1859. Em 1865 a vila foi extinta para ser recriada em 1870. Pela Lei Provincial n.º 2.158 de 16 de novembro de 1875 a vila recebe o status de uma cidade e foi renomeado em 1885 para Inhaúma, mas voltou à denominação de Santo Antônio do Monte em 1899.

História da cidade de Santo Antônio do Monte

O primeiro registro histórico de Santo Antônio do Monte é uma escritura de doação da sesmaria Alto da Serra, no ano de 1782[1]. Esta escritura de doação foi passada aos herdeiros do senhor Vicente Francisco Oliveira Lopes e esta sesmaria possuía a capela do Alto do Santo Antônio do Monte. No início do século XIX já constava, conforme documentos no Arquivo Público Mineiro, a concessão da pia batismal a capela de Santo Antônio do Monte[2].

Segundo a historiadora Dilma Moraes, no ano de 1847 o povoado de Santo Antônio do Monte foi elevado a categoria de Distrito sob a influência do Tenente Coronel Joaquim Antônio da Silva[3]. No ano de 1854 o Curato foi elevado a categoria de Paróquia pela Lei Provincial de 693 de 24 de maio deste ano e teve como seu primeiro vigário o Padre Francisco Alexandrino dos Santos[4].

Em 3 de junho de 1859 o distrito foi elevado a categoria de Vila pela lei 981, mas a Vila só foi efetivamente implantada em 29 de julho de 1862. Em 1865, devido a disputas provinciais entre liberais, no poder, e conservadores, na oposição, a Assembléia Geral aprovou a supressão da Vila de Santo Antônio do Monte, que foi posteriormente restaurada em 1871 graças aos esforços dos deputados provinciais Revmo. Vigário Francisco Alexandrino da Silva e Dr. Antônio da Silva Canedo. Em 16 de novembro de 1875, após intensos esforços de toda a comunidade, a Vila de Santo Antônio do Monte foi elevada a categoria de cidade por meio da lei 2.158.

Formação administrativa

Distrito criado com a denominação de Santo Antônio do Monte, pela Lei Provincial n°. 693, de 24-05-1854, e Lei Estadual n°. 2, de 14-09-1891, subordinado ao município Formiga.

Elevado à categoria de vila com a denominação de Santo Antônio do Monte, pela Lei provincial n°. 981, ou 951, de 03-06-1859, desmembrado de Formiga.

Sede na antiga vila de Santo Antônio do Monte. Constituído do distrito sede. Instalada em 29-07-1862.

Pela Lei Provincial n°. 1248, de 17-11-1865, a vila é extinta, sendo seu território anexado ao município de Formiga, como simples distrito.

Elevado novamente à categoria de vila com a denominação de Santo Antônio do Monte, pela lei provincial n°. 1636, de 13-09-1870, desmembrado de Formiga.

Sede no antigo distrito de Santo Antônio do Monte. Constituído do distrito sede. Reinstalada em 21-10-1870.

Pela Lei Provincial n°. 2413, de 05-11-1877, e lei estadual é criado o distrito de Esteios e anexado a vila de Santo Antônio do Monte.

Elevado à condição de cidade com a denominação de Santo Antônio do Monte, pela Lei Provincial n°. 2158, de 16-11-1875.

Pela Lei Provincial n°. 3356, de 10-10-1885, o município de Santo Antônio do Monte tomou a denominação de Inhaúma.

Pela Lei Estadual n°. 260, de 18-04-1899, o município de Inhaúma voltou a chamar-se Santo Antônio do Monte.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o município Santo Antônio do Monte (ex-Inhaúma) é constituído de 3 distritos: Santo Antônio do Monte, Nossa Senhora de Nazaré dos Esteios (ex-Esteios) e Saúde desmembrado do município de Pitangui.

Nos quadros de apuração do recenseamento geral de 1-IX-1920, o município aparece constituído de 3 distritos: Santo Antônio do Monte, Nossa Senhora de Nazaré dos Esteios (ex-Esteios) e Nossa Senhora da Saúde (ex-Saude).

Pela Lei Estadual n°. 843, de 07-09-1923, é criado o distrito de Lagoa da Prata ex-povoado de São Carlos do Pântano. E, ainda pela mesma lei estadual acima citada o distrito de Nossa Senhora de Nazaré dos Esteios voltou a denominar-se Esteios e foi transferido do município de Santo Antônio do Monte para constituir o novo município de Luz.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o município é constituído de 3 distritos: Santo Antônio do Monte, Lagoa da Prata e Nossa Senhora da Saúde.

Assim permanecendo em divisãoes territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937.

Pelo Decreto-Lei Estadual n°. 148, de 17-12-1938, desmembra do município de Santo Antônio do Monte o distrito de Lagoa da Prata. Pelo mesmo decreto-lei estadual o distrito de Nossa Senhora da Saúde voltou a chamar-se Saúde.

No quadro fixado para vigorar no período de 1939-1943, o município é constituído de 2 distritos: Santo Antônio do Monte e Saúde (ex-Nossa Senhora da Saúde).

Pelo Decreto-Lei Estadual 1058, de 31-12-1943, o distrito de Saúde tomou a denominação de Perdigão.

No quadro fixado para vigorara no período de 1944-1948, o município é constituído de 2 distritos: Santo Antônio do Monte e Perdigão (ex-Saúde).

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VII-1950.

Pela Lei n°. 1039, de 12-12-1953, desmembra do município de Santo Antônio do Monte o distrito de Perdigão. Elevado à categoria de município.

Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o município é constituído do distrito sede.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.

Alteraçãoes toponímicas municipais

Santo Antônio do Monte para Inhaúma, alterado pela Lei Provincial n°. 3.356, de 10-10-1885.

Inhaúma para Santo Antônio do Monte, alterado pela Lei Estadual n°. 260, de 18-04-1899.

Fonte: [1] MORAES, Dilma, Santo Antônio do Monte: Doces namoradas, políticos famosos. Belo Horizonte, Minas Gráfica Editora, 1983, p.12-13. [2] A concessão da pia batismal se deu em 1802. BARBOSA, Waldemar de Almeida, Dicionário Histórico e Geográfico de Minas Gerais. Belo Horizonte: Ed. Saterb Ltda, 1971, p. 442-443. [3] MORAES, Dilma, p.56. [4] idem, p. 59.

Ajude a divulgar a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco ou envie seu texto para gente.



Síntese das Informações
Área da unidade territorial - 2015: 1.125,780: km²
Estabelecimentos de Saúde SUS: 21: estabelecimentos
Matrícula - Ensino fundamental - 2015: 3.548: matrículas
Matrícula - Ensino médio - 2015: 858: matrículas
Número de unidades locais: 813: unidades
Pessoal ocupado total: 6.468: pessoas
PIB per capita a preços correntes - 2014: 15.620,13: reais
População residente : 25.975: pessoas
População residente - Homens: 13.197: pessoas
População residente - Mulheres: 12.778: pessoas
População residente alfabetizada: 22.686: pessoas
População residente que frequentava creche ou escola : 6.038: pessoas
População residente, religião católica apostólica romana: 21.859: pessoas
População residente, religião espírita: 52: pessoas
População residente, religião evangélicas: 3.321: pessoas
Valor do rendimento nominal médio mensal dos domicílios particulares permanentes com rendimento domiciliar, por situação do domicílio - Rural: 1.477,74: reais
Valor do rendimento nominal médio mensal dos domicílios particulares permanentes com rendimento domiciliar, por situação do domicílio - Urbana: 2.601,89: reais
Valor do rendimento nominal mediano mensal per capita dos domicílios particulares permanentes - Rural: 510,00: reais
Valor do rendimento nominal mediano mensal per capita dos domicílios particulares permanentes - Urbana: 540,00: reais
Índice de Desenvolvimento Humano Municipal - 2010 (IDHM 2010): 0,724:

Fonte:IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

Santo Antônio do Monte: Imagens da cidade e Região

As fotos fornecidas pelo Panoramio estão sobre direitos autorais de seus proprietários.

Você conhece a cidade de Santo Antônio do Monte? Então deixe seu comentário!


Comentários (0)

Ainda não há comentários, seja o primeiro!

Postar um comentário

     (Opcional)






Compartilhe Esta Página: