Início » Minas Gerais » Mateus Leme


Mateus Leme - Minas Gerais



Mateus Leme faz parte do estado de Minas Gerais. Pertence à Região Metropolitana de Belo Horizonte. Encontra-se à 61 km de Belo Horizonte e à 21 km de Itaúna.

Foi assim nomeado em homenagem bandeirante paulista Mateus Leme, que fundou em Minas Gerais o arraial de Itatiaiaçu. Seria o mesmo que, como capitão-mor, chegaria à Bahia, onde, de 1715 a 1717, combateu índios bravios.

É o local de instalação do 1º radar meteorológico de Minas Gerais.

Mateus Leme

Seu nome é o de um grande bandeirante paulista, Mateus Leme, que fundou em Minas Gerais o arraial de Itatiaiaçu. A denominação primitiva do município, Arraial do Morro de Mateus Leme, já aponta suas origens históricas. Mateus Leme, bandeirante de linguagem paulista cuja vida e trajetória pelas regiões mineradoras é ainda mal definida, foi o iniciador do povoamento local ao instalar-se próximo a uma serra que tornou o nome, presumivelmente nos primeiros anos do século XVIII.

Já em 1710, uma carta Sesmaria refere-se ao local (Morro do Mateus Leme), comprovando a sua origem bem remota; outras fontes documentais, dos anos 1739 e 1745, referem-se ao arraial.

Segundo o estudioso Teophilo de Almeida, encontram-se no Morro de Mateus Leme vestígios de antigos aquedutos e lavrados, iniciados um trabalho vultoso de mineração aurífera no local. Disso podemos deduzir que a mineração ali apresentava-se muito lucrativa, pois compensava os gastos com obras bastantes onerosas.

Apesar destes indícios de riquezas, o arraial do Morro de Mateus Leme atravessa todo o século XVIII sem alcançar foros de freguesia, sendo capela curada de freguesia de Nossa Senhora da Boa Viagem do Curral Del Rei. Em 1822, o arraial contava com 2.358 ´almas´, segundo visita pastoral realizada neste ano.

Presume-se que a população , com a decadência da exploração aurífera, tenha voltada para outras atividades econômicas como a agricultura e a pecuária.

A freguesia (povoação) foi criada em 1832, com a denominação do Santo Antônio do Morro de Mateus Leme, tendo como filiais, Itatiaiuçu e Patafufo.

Em termos administrativos, a população passou por diversas mudanças: tendo pertencido aos municípios de Sabará e Pintagui, foi posteriormente incorporado aos municípios de Pará de Minas, antigo Patafufo (1848), Bonfim (1850) e (1870) e novamente Pará de Minas (1877). A autonomia foi adquirida em 1938, quando foi criado o município.

O povoado que posteriormente, daria origem ao atual município de Mateus Leme, foi fundado ao início do século XVIII, na vaga que, buscando metais e pedras preciosas, levaria ao deslocamento de todo o eixo econômico brasileiro para Minas Gerais, formando inúmeras novas comunidades.

A denominação original da região, Arraial do Morro de Mateus Leme, já aponta suas origens históricas. Mateus Leme bandeirante de linguagem paulista, cuja vida e trajetória pelas regiões mineradoras é ainda mal definida, foi o pioneiro do povoamento na localidade, ao instalar-se nas proximidades de uma serra que, anos mais tarde, receberia o seu nome. Já no ano de 1710 uma carta de sesmaria refere-se ao local do Morro do Mateus Leme, comprovando sua origem bem remota.

Outras fontes documentais datadas dos anos de 1739 e 1745, referem-se ao arraial.

Existem no Morro de Mateus Leme vestígios de antigos aquedutos e lavrados, que

teriam da início a um vultuoso trabalho de mineração aurífera na região.

Formação Administrativa

Distrito criado com a denominação de Mateus Leme, pelo Decreto de 14-07-1832, e Lei Estadual nº 2, de 14-09-1891, subordinado ao município de Pará.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o distrito de Mateus Leme, figura no município de Pará.

Assim permanecendo nos quadros de apuração do Recenseamento Geral de 1-IX-1920.

Pela Lei Estadual nº 806, 22-09-1921, o município de Pará passou a denominar-se Pará de Minas.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o distrito de Mateus Leme, figura no município de Pará de Minas (ex-Pará).

Assim permanecendo em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937.

Elevado à categoria de município com a denominação de Mateus, pelo Decreto-Lei Estadual nº 148, de 17-12-1938, desmembrado de Pará de Minas.

Sede no antigo distrito de Mateus Leme. Constituído de 3 distritos: Mateus Leme, Igarape, desmembrado de Pará de Minas e Serra Azul desmembrado de Itaúna.

No quadro fixado para vigorar no período de 1939-1943, o município é constituído de 3 distritos: Mateus Leme, Igarapé e Serra Azul.

Pelo decreto-lei estadual nº 1058, de 31-12-1943, é criado o distrito de Azurita e anexado ao município de Mateus Leme. Pelo mesmo Decreto-Lei o distrito de Serra Azul tomou a denominação de Boturobi

No quadro fixado para vigorar no período de 1944-1948, o município é constituído de 4 distritos: Mateus Leme, Azurita, Boturobi (ex-Serra Azul) e Igarapé.

Pela Lei nº 336, de 27-12-1948, é criado o distrito de Juatuba ex-povoado e anexado ao município de Mateus Leme.

Em divisão territorial territorial datada de 1-VII-1950, o município é constituído de 5 distritos: . Mateus Leme, Azurita, Boturobi, Igarapé e Juatuba.

Pela Lei nº 1039, de 12-12-1953, é criado o distrito de São Joaquim de Bicas ex-povoado, criado com terras desmembradas do distrito de Igarapé e anexado ao município de Mateus Leme. Pela mesma lei o distrito de Boturobi voltou a chamar-se Serra Azul.

Em divisão territorial datada de 1-VII-1955, o município é constituído de 6 distritos: Mateus Leme, Azurita, Igarapé, Juatuba, São Joaquim de Bicas e Serra Azul (ex-Boturobi).

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VII-1960.

Pela Lei Estadual nº 2764, de 30-12-1962, desmembra do município de Matues Leme os distritos de Igarapé e São Joaquim de Bicas, para formar o novo município de Igarapé.

Em divisão territorial datada de 31-XII-1963, o município é constituído de 4 distritos: Mateus Leme, Azurita, Juatuba e Serra Azul.

Assim permanecendo em divisão territorial datada 1991.

Pela Lei Estadual nº 10.704, de 27-04-1992, desmembra do município de Mateus Leme o distrito de Juatuba. Elevado à categoria de município.

Em divisão territorial datada de 1999, o município é constituído de 3 distritos: Mateus Leme, Azurita e Serra Azul.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.

Fonte: www.mateusleme.mg.gov.br

Ajude a divulgar a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco ou envie seu texto para gente.



Síntese das Informações
Área da unidade territorial - 2015: 301,383: km²
Estabelecimentos de Saúde SUS: 15: estabelecimentos
Matrícula - Ensino fundamental - 2015: 4.866: matrículas
Matrícula - Ensino médio - 2015: 1.219: matrículas
Número de unidades locais: 662: unidades
Pessoal ocupado total: 7.132: pessoas
PIB per capita a preços correntes - 2014: 18.528,54: reais
População residente : 27.856: pessoas
População residente - Homens: 13.813: pessoas
População residente - Mulheres: 14.043: pessoas
População residente alfabetizada: 23.826: pessoas
População residente que frequentava creche ou escola : 9.038: pessoas
População residente, religião católica apostólica romana: 19.410: pessoas
População residente, religião espírita: 491: pessoas
População residente, religião evangélicas: 5.877: pessoas
Valor do rendimento nominal médio mensal dos domicílios particulares permanentes com rendimento domiciliar, por situação do domicílio - Rural: 1.292,33: reais
Valor do rendimento nominal médio mensal dos domicílios particulares permanentes com rendimento domiciliar, por situação do domicílio - Urbana: 1.978,73: reais
Valor do rendimento nominal mediano mensal per capita dos domicílios particulares permanentes - Rural: 333,33: reais
Valor do rendimento nominal mediano mensal per capita dos domicílios particulares permanentes - Urbana: 483,33: reais
Índice de Desenvolvimento Humano Municipal - 2010 (IDHM 2010): 0,704:

Fonte:IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

Mateus Leme: Imagens da cidade e Região

As fotos fornecidas pelo Panoramio estão sobre direitos autorais de seus proprietários.

Você conhece a cidade de Mateus Leme? Então deixe seu comentário!


Comentários (0)

Ainda não há comentários, seja o primeiro!

Postar um comentário

     (Opcional)






Compartilhe Esta Página: