Início » Ceará » Paraipaba


Paraipaba - Ceará



Paraipaba faz parte do estado do Ceará. A população avaliada em 2010 era de 30048 habitantes.

Às margens do rio Curu, Paraipaba tem um dos maiores projetos irrigados do mundo, onde são encontrados diversas variedades de frutas, e entre estas, o cultivo do coco é a principal atividade agropecuária da região.

À 11 km do município. encontra-se a praia da Lagoinha, que é bastante conhecida por suas dunas e coqueirais. Paraipaba é a terra de gente bonita e hospitaleira, quem bebe de sua água jamais esquece.

História da cidade de Paraipaba Ceará - CE

Como Padroeira da Cidade temos a invocação de Santa Rita de Cássia (Festa acontece todo ano de 22 de outubro a 1º de novembro), com seu primeiro Templo construído entre 1565 e 1969. Inaugurado em 13 de maio de 1979.

Situando-se bem próximo à margem esquerda do rio Curu, e assim sujeito a constantes inundações o Templo foi mudado para lugar mais alto, que é o atual, a 3 km de distância.

Paraipaba em fase de desenvolvimento turístico (graças as suas potencialidades), sendo favorecido pelo seu Turismo Cultural - presente no diversificado artesanato, na comida típica, nas manifestações, crenças, costumes e tradições de seu povo; Turismo de Lazer - encontrado em suas belas praias: envolvendo barracas de praia, jangadas, pousadas, passeio de barco, bugres, cavalos e outras opções de lazer, Turismo Rural - oportuniza conhecer os produtos da região: a cana-de-açúcar, coco, feijão, milho, acerola, mamão, jerimum, graviola etc. além da possibilidade de passeios de carroças puxadas a boi e muito mais. Tudo isso encontrado sobretudo no Projeto de Irrigação; Turismo Comercial - identificado pelos principais suportes econômicos da região: Agricultura, Pesca, Pecuária e o Comércio, visando sempre mudança no perfil social de sua gente.

Gentílico: paraipabense

Formação Administrativa

Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, figura no município de Paracuru o distrito de Passagem do Tigre.

Pelo decreto estadual nº 64, de 07-08-1935, o município de Paracuru passou a denominar-se São Gonçalo, mudança de sede.

Em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937, o distrito de Passagem do Tigre, figura no município de São Gonçalo ex-Paracuru.

Pelo decreto estadual nº 448, de 20-12-1938, o distrito de Passagem do Tigre passou a denominar-se simplesmente Tigre.

No quadro fixado para vigorar no período de 1939-1943, o distrito de Tigre, figura no município de São Gonçalo.

Pelo decreto estadual nº 1114, de 30-12-1943, o distrito de Tigre passou a denominar-se Paraipaba e o município de São Gonçalo a denominar-se Anacetaba.

Em divisão territorial datada de 1-VII-1950, o distrito de Paraipaba ex-tigre, figura no município de Anacetaba ex-São Gonçalo.

Pela lei estadual nº 1153, de 22-11-1951, o município de Anacetaba. passou a denominar-se São Gonçalo do Amarante. Sob a mesma lei é criado o município de Paracuru, passando o distrito de Paraipaba a fazer parte do município de Paracuru.

Em divisão territorial datada de 1-VII-1955, o distrito de Paraipaba figura no município de Paracuru.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VII-1960.

Elevado à categoria de município com a denominação de Paraipaba, pela lei estadual nº 6351, de 01-07-1963, desmembrado de Paracuru. Sede no antigo distrito de Paraipaba. Constituído de 2 distritos: Paraipaba e Alagoinha. Criado pela mesma lei que criou o município.

Em divisão territorial datada de 31-XII-1963, o município é constituído de 2 distritos: Paraipaba e Alagoinha.

Pela lei estadual nº 8339, de 14-12-1965, é extinto o município de Paraipaba, sendo seu território anexado ao município de Paracuru, como simples distrito.

Em divisão territorial datada de 31-XII-1968, o distrito de Paraipaba é distrito de Paracuru.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VII-1983.

Elevado novamente à categoria de município com a denominação de Paraipaba, pela lei estadual nº 11009, de 05-02-1985, desmembrado de Paracuru. Sede no antigo distrito de Paraipaba. Constituído do distrito sede. Instalado em 01-01-1986.

Em divisão territorial datada de 18-VIII-1988, o município é constituído do distrito sede.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 15-VII-1999.

Pela lei de , , é criado o distrito de Boa Vista e anexado ao município de Paraipaba.

Pela lei de , , é criado o distrito de Camboas e anexado ao município de Paraipaba.

Em divisão territorial datada de 2003, o município é constituído de 4 distritos: Paraipaba, Boa Vista, Camboas e Lagoinha.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2005.

Alterações toponímicas distritais

Passagem do Tigre para simplesmente Tigre alterado, pelo decreto estadual nº 448, de 212-1938.Tigre para Paraipaba alterado pelo decreto lei estadual nº 1114, de 30-12-1943.

Fonte: IBGE

Ajude a divulgar a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco ou envie seu texto para gente.



Síntese das Informações
Área da unidade territorial - 2015: 300,922: km²
Estabelecimentos de Saúde SUS: 13: estabelecimentos
Matrícula - Ensino fundamental - 2015: 4.963: matrículas
Matrícula - Ensino médio - 2015: 1.702: matrículas
Número de unidades locais: 381: unidades
Pessoal ocupado total: 3.840: pessoas
PIB per capita a preços correntes - 2014: 10.396,66: reais
População residente : 30.041: pessoas
População residente - Homens: 15.291: pessoas
População residente - Mulheres: 14.750: pessoas
População residente alfabetizada: 22.317: pessoas
População residente que frequentava creche ou escola : 10.139: pessoas
População residente, religião católica apostólica romana: 22.441: pessoas
População residente, religião espírita: 17: pessoas
População residente, religião evangélicas: 6.161: pessoas
Valor do rendimento nominal médio mensal dos domicílios particulares permanentes com rendimento domiciliar, por situação do domicílio - Rural: 924,86: reais
Valor do rendimento nominal médio mensal dos domicílios particulares permanentes com rendimento domiciliar, por situação do domicílio - Urbana: 1.219,21: reais
Valor do rendimento nominal mediano mensal per capita dos domicílios particulares permanentes - Rural: 196,67: reais
Valor do rendimento nominal mediano mensal per capita dos domicílios particulares permanentes - Urbana: 244,00: reais
Índice de Desenvolvimento Humano Municipal - 2010 (IDHM 2010): 0,634:

Fonte:IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

Paraipaba: Imagens da cidade e Região

As fotos fornecidas pelo Panoramio estão sobre direitos autorais de seus proprietários.

Você conhece a cidade de Paraipaba? Então deixe seu comentário!


Comentários (0)

Ainda não há comentários, seja o primeiro!

Postar um comentário

     (Opcional)






Compartilhe Esta Página: