Início » Bahia » Ubaitaba


Ubaitaba - Bahia



Ubaitaba faz parte do estado da Bahia. A população avaliada em 2004 era de 25.286 habitantes e em 2009 a estimativa era de 20.333 habitantes.

Ubaitaba formou-se a margem esquerda do rio das Contas, numa planície entre as colinas e o rio. Sua origem relaciona-se a criação do Arraial de Faisqueira (1783), então área destinada a extração de madeira, a cultura da cana de açúcar, dos cereais e do cacau. Com o tempo, surgiram estradas para conduzir os trabalhadores as roças e escoar os produtos das lavouras para o Arraial de Faisqueira.

Renato Laport - A autonomia política-administrativa de Ubaitaba é bastante inusitada. O município foi emancipado duas vezes. A primeira foi no mês de Julho de 1931, quando aconteceu a Reorganização Municipal da Bahia. A sub-prefeitura de Itapira foi considerada mais desenvolvida que Barra do Rio de Contas e por isso passou a ser a sede do município. Nesse ano era prefeito Renato Laport que ficou de 8 de Julho a novembro, quando foi afastado acusado de irregularidades administrativas e o capitão Joaquim Ribeiro Monteiro foi encarregado para ser interventor onde ficou por um mês, até que outra pessoa fosse nomeada para assumir o cargo. Mais tarde foi escolhido o coronel José Augusto Mendes para chefiar a prefeitura de Itapira, mas ele restabeleceu a sede do município para Barra do Rio Contas e outra vez Itapira voltou a ser dependente politicamente daquele município.

História da cidade de Ubaitaba Bahia - BA

A região era, primitivamente, habitada pelos índios tupiniquins.

No século XVIII, com o desenvolvimento da Capitania de São Jorge dos Ilhéus, estabeleceram-se fazendas no litoral da vasta região. Em virtude da resistência dos proprietários, ao desbravamento e à cultura de suas terras, os aventureiros dirigiram-se para

o interior, subindo pela estrada que partia da Vila da Barra do Rio das Contas. Surgiram várias povoações, entre as quais o arraial de Tabocas, formada na fazenda do mesmo nome, situada à margem esquerda do Rio das Contas.

Em 28 de janeiro de 1914, uma enchente do rio destruiu o "arraial de Tabocas", dispersando sua população. Coordenados pelo médico Francisco Xavier de Oliveira, residente no arraial, os flagelados reconstituíram a povoação, acima do nível atingido pelas águas. A denominação escolhida foi Itapira.

Criou-se a freguesia, em 20 de dezembro de 1912.

Em 1931, o arraial de Itapira foi elevado a vila.

O topônimo Ubaitaba, conferido em 1933, resulta da reunião dos vocábulos

indígena "ubá", que significa canoa pequena "y", rio, e "taba", aldeia, cidade. Segundo historiadores, significa "cidade", onde o transporte é feito por canoas pequenas. Os nativos de Ubaitaba são chamados ubaitabenses.

Gentílico: ubaitabense

Formação Administrativa

Elevada à categoria de vila com a denominação de Itapira, pelos decretos estaduais nºs 7455, de 23-06-1931 e 7479, de 08-07-1931.

Pelo decreto estadual nº 7850, de 16-12-1931, a sede do município de Itapira passou a denominar-se Itacaré.

Pelo decreto estadual nº 7050, de 16-12-1931, a vila de Itapira foi extinta, sendo seu território anexado ao município de Itacaré.

Elevado à categoria de município com a denominação de Itapira, pelo decreto nº 8567, de 27-07-1933, desmembrado de Itacaré. Sede no antigo distrito de Itapira. Reinstalada em 15-08-1933.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o município é constituído do distrito sede.

Em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937, o município aparece constituído de 3 distritos: Itapira, Destampina e Itajaí.

Pelo decreto-lei estadual nº 11089, de 30-11-1938, o distrito de Destampina deixa de pertencer a Itapira para ser anexado ao município de Boa Nova com a denominação de Itagibá.

No quadro fixado para vigorar no período de 1939-1943, o município é constituído de 2 distritos: Itapira e Itajaí.

Pelo decreto-lei estadual nº 141, de 31-12-1948, confirmado pelo decreto-lei estadual nº 12978, de 08-06-1944, o município de Itapira passou a denominar-se Ubaitaba e

o distrito de Itajaí a denominar-se Tapirama.

Em divisão territorial datada de 1-VII-1950, o município é constituído de 2 distritos: Ubaitaba ex-Itapira e Tapirama ex-Itajaí.Pela lei estadual nº 628, de 30-12-1953, é criado o distrito de Gongogi ex-povoado, criado com terras desmembradas do distrito Tapirama e anexado ao município de Ubaitaba.Em divisão territorial datada de 1-VII-1955, o município é constituído de 3 distritos:

Ubaitaba, Gongogi e Tapirama.Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VII-1960.Pela lei estadual nº 1668, de 12-04-1962, desmembra do município de Ubaitaba o

distrito de Gongogi e Tapirama, para formar o novo município de Gongogi.Em divisão territorial datada de 31-XII-1963, o município é constituído do distrito

sede.

Pela lei nº 961/99 , de 06/01/1999, são criados os distritos de Faisqueira e Piraúna, e anexados ao município de Ubaitaba.

Em divisão territorial datada de 2003, o município é constituído de 3 distritos: Ubaitaba, Faisqueira e Piraúna.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.

Fonte: IBGE

Ajude a divulgar a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco ou envie seu texto para gente.



Síntese das Informações
Área da unidade territorial - 2016: 181,102: km²
Estabelecimentos de Saúde SUS: 10: estabelecimentos
Matrícula - Ensino fundamental - 2015: 3.253: matrículas
Matrícula - Ensino médio - 2015: 688: matrículas
Número de unidades locais: 375: unidades
Pessoal ocupado total: 2.186: pessoas
PIB per capita a preços correntes - 2014: 9.204,39: reais
População residente : 20.691: pessoas
População residente - Homens: 10.100: pessoas
População residente - Mulheres: 10.591: pessoas
População residente alfabetizada: 14.969: pessoas
População residente que frequentava creche ou escola : 7.016: pessoas
População residente, religião católica apostólica romana: 12.377: pessoas
População residente, religião espírita: 177: pessoas
População residente, religião evangélicas: 3.792: pessoas
Valor do rendimento nominal médio mensal dos domicílios particulares permanentes com rendimento domiciliar, por situação do domicílio - Rural: 635,32: reais
Valor do rendimento nominal médio mensal dos domicílios particulares permanentes com rendimento domiciliar, por situação do domicílio - Urbana: 1.349,93: reais
Valor do rendimento nominal mediano mensal per capita dos domicílios particulares permanentes - Rural: 170,00: reais
Valor do rendimento nominal mediano mensal per capita dos domicílios particulares permanentes - Urbana: 261,00: reais
Índice de Desenvolvimento Humano Municipal - 2010 (IDHM 2010): 0,611:

Fonte:IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

Ubaitaba: Imagens da cidade e Região

As fotos fornecidas pelo Panoramio estão sobre direitos autorais de seus proprietários.

Você conhece a cidade de Ubaitaba? Então deixe seu comentário!


Comentários (0)

Ainda não há comentários, seja o primeiro!

Postar um comentário

     (Opcional)






Compartilhe Esta Página: